escada de madeira

Escada de madeira: como fazer vários formatos e materiais recomendados

A escada é um item obrigatório em qualquer projeto arquitetônico com mais de um pavimento, pois garante o deslocamento de um andar para outro. Além de toda a sua funcionalidade, ela também possui um papel essencial na decoração do ambiente. E neste quesito, a escada de madeira tem ganhado destaque, uma vez que combina com todos os estilos, desde o clássico ao moderno. 

Uma escada de madeira pode ser feita em diferentes formatos e com várias espécies de madeira, podendo combinar perfeitamente com chalés e principalmente sobrados de madeira.

Continue lendo este post e saiba como escolher o modelo que mais combina com o seu imóvel. 

Quais são os formatos mais usados em escada de madeira?

Existem inúmeros formatos de escada de madeira que podem servir de inspiração para o seu projeto. É possível até inovar e criar uma com forma mais diferente, desde que atenda às normas da ABNT.

Se você quiser saber como se adequar às normas vigentes e já calcular o tamanho correto para a sua escada, confira nosso tutorial sobre como fazer o cálculo de escada.

Os 6 formatos mais usados são:

Escada em “U” 

Tem este nome pois quando é vista na planta baixa, o seu formato assemelha-se à letra “U”. Ela pode ter um ou mais patamares e ser ou não fixa à parede. Tudo dependerá do espaço e do planejamento

Escada em “L”

Caracterizada por dar uma volta de 90º na altura existente para o próximo andar, este formato de escada lembra a letra “L”. É a mais versátil de todas, uma vez que permite ser construída em cômodos de todos os tamanhos. 

Escada reta

Como o próprio nome já diz, a escada reta possui uma única direção. Ela é a mais comum e funciona bem em ambientes pequenos e médios. E seu formato combina com cômodos retangulares. 

Escada circular

A escada circular possui uma leve curva ao longo da subida. Este formato fica perfeito em espaços maiores. E uma curiosidade  é que ela era bastante utilizada nos castelos medievais. 

Escada caracol

Também conhecida como espiral, a escada caracol é um dos formatos mais elegantes e sofisticados. Ela é composta por curvas que dão a volta diversas vezes ao seu redor. 

Escada cascata

Também conhecida como escada plissada ou zigue zague, a escada cascata tem a parte de baixo dos degraus acompanhando o formato superior. E este detalhe é capaz de dar um ar de leveza ao cômodo.

Quais são os tipos de estrutura para escada de madeira?

A estrutura de uma escada corresponde à parte inferior do objeto. Ou seja, aquela que fica abaixo dos degraus. Confira os 4 tipos de estruturas mais utilizadas em escada de madeira:

Inferior fechada

Como o próprio nome diz, este tipo de estrutura é totalmente fechada dos lados. 

Vigas laterais

Corresponde a duas colunas de ambos os lados na parte inferior da escada. 

Viga central

Segue o mesmo princípio da anterior, porém neste caso há apenas uma coluna centralizada ao meio dos degraus. 

Flutuante

Neste tipo de estrutura os degraus são fixados diretamente à parede. 

Quais corrimãos combinam com uma escada de madeira?

Ao construir uma escada de madeira você pode escolher utilizar o mesmo material no corrimão ou apostar em outra combinação. Conheça os 5 tipos de corrimãos mais usados e entenda como conversam com a madeira:

Corrimão de vidro

Combina perfeitamente com projetos modernos e sofisticados. O corrimão de vidro é ideal para ampliar o espaço, pois não cria uma barreira visual. Além disso é fácil de limpar e bastante versátil. 

Corrimão de inox

Moderno, prático e fácil de limpar, o corrimão de inox é cada vez mais encontrado em projetos arquitetônicos. Tem como principal vantagem a durabilidade, sendo indicado também para escadas externas. 

Corrimão de ferro

Harmônico e durável, o corrimão de ferro é uma ótima escolha para quem deseja combinar a escada com a decoração, pois conversa com qualquer tipo de design, basta escolher o modelo certo. 

Corrimão de madeira

O corrimão ou guarda-corpo de madeira é um dos mais comuns. Assim como a escada de madeira, ele é capaz de combinar com qualquer estilo, desde o clássico ao moderno. 

Corrimão de alumínio

O corrimão de alumínio também é bem prático, pois é fácil de limpar e não exige manutenção periódica. Combinado com uma escada de madeira ele provoca uma sensação de aconchego. 

Quais espécies de madeira são mais indicadas para a escada?

A escolha da madeira para a escada é uma das etapas mais importantes do planejamento. Não é todo o tipo de madeira que pode ser utilizado para a construção, por isso, é preciso atenção. Confira as 5 espécies mais indicadas:

Camaru

O Cumaru ganhou mais espaço na indústria brasileira nos últimos anos por sua versatilidade e funcionalidade tanto em ambientes internos, quanto externos. A espécie é considerada uma das mais duras, pesadas e resistentes ao ataque de cupins e fungos. Sua tonalidade vai do do castanho claro amarelado ao castanho avermelhado e combina perfeitamente com decorações rústicas. 

Ipê

Madeira de origem brasileira, o Ipê é considerado o mais resistente e durável, podendo chegar a vida útil de 30 anos em locais externos.  Ela possui um tom pardo-acastanhado com reflexos esverdeados, o que é perfeito para quem busca um ambiente clássico e elegante. 

Garapeira

Também conhecida como grápia, a Garapeira é amarela clara, mas sua coloração vai escurecendo ao longo dos anos. Por sua característica peculiar, é geralmente utilizada em projetos minimalistas e clean. 

Peroba-rosa

Uma das mais usadas na construção de escadas, a Peroba-rosa permite um acabamento impecável e é fácil de trabalhar. Rosada e com leve tom amarelo, é considerada firme e durável.  Sua cor e textura combinam bem com projetos que mesclam outros componentes, como o metal

Jatobá

O Jatobá é uma madeira nobre que também colabora para um acabamento impecável. A sua coloração vai do vermelho-alaranjado ao marrom-avermelhado, o que transmite certo aconchego ao ambiente. 

Espécies de madeira que não são indicadas para escada

Como comentamos, existem algumas madeiras que não são indicadas para a construção de escadas. Este é o caso das seguintes madeiras:

Apesar de serem utilizadas em outras aplicações, em escadas essas madeiras podem ser menos resistentes e não são seguras para áreas suspensas. 

Vantagens e desvantagens da escada de madeira

Mas por que escolher a madeira como matéria prima para a sua escada? Conheça as vantagens e as desvantagens deste material para esta finalidade: 

Vantagens: 

  • Esteticamente marcante;
  • Resistente a tração, torção, cisalhamento e compressão;
  • Promove conforto térmico aos ambientes;
  • Durável e versátil;
  •  Permite mais liberdade para planejar o projeto. 

Desvantagens:

  • Pode exigir mais manutenção;
  • O material desgasta com o tempo;
  • Necessita aplicar  verniz periodicamente;
  • Vulnerável a rachaduras;
  • Pode sofrer variação com a temperatura.

Quanto custa para construir uma escada de madeira?

O preço para construir uma escada de madeira pode variar entre R$4.000,00 e R$10.000,00. Vai depender muito de qual é o modelo, o tamanho necessário, a espécie da madeira e a mão de obra contratada. 

Por exemplo, escadas que terão a base de concreto e o revestimento em madeira, serão mais caras que as com degraus suspensos. Outro fator relevante no valor final é o material usado no corrimão. 

O mais indicado é conversar com o arquiteto responsável pelo projeto e fazer um levantamento de todo o material que será usado. Assim, fica mais fácil fazer um orçamento preciso. 

Como limpar a escada de madeira?

Realizar a limpeza da escada de madeira periodicamente da forma correta colabora para manter a beleza e não gerar danos ao material. Por isso, ao desenvolver essa tarefa, fique atento à estas dicas:

comece limpando de cima para baixo

1. Para facilitar o seu trabalho, comece limpando de cima para baixo. Caso esteja realizando a faxina em toda a residência, inicie pelo andar superior e vá descendo, assim você não corre o risco de sujar os degraus que já foram limpos. 

Retire todos os resíduos

2. Retire todos os resíduos com o auxílio de uma vassoura com cerdas macias. Apesar de mais eficiente, a vassoura com cerdas grossas pode acabar arranhando a madeira. 

passe o aspirador nos cantos

3. Após varrer, passe o aspirador nos cantos e dobras para que não fique nenhuma sujeira. 

Use um pano úmido para remover as manchas

4. Use um pano úmido para remover as manchas e pegadas. Mas cuidado para não passar o pano muito molhado, algumas madeiras são menos resistentes à água. 

faça uma solução de água morna e sabão neutro

5. Caso tenha dificuldade de limpar somente com água, faça uma solução de água morna e sabão neutro e aplique com um pano. Nunca tente retirar com uma esponja. 

Como manter a escada de madeira com boa aparência? 

Além da limpeza constante, a escada de madeira necessita de alguns cuidados para manter a boa aparência e não ter a sua funcionalidade comprometida com o passar dos anos. Saiba quais cuidados ter com o material: 

Raspe quando for preciso 

Com o passar dos anos, o verniz tende a começar a se desgastar e a limpeza convencional pode não ser mais o suficiente para deixar a escada de madeira com um visual bonito. Por isso, a raspagem é uma excelente alternativa para torná-la nova novamente. 

Tendo em vista que cada madeira tem suas características, na hora da escolha da lixa, o ideal é conversar com o vendedor sobre qual a mais indicada para a escada em questão. Para fazer a raspagem, o segredo é lixar de forma constante e sem colocar o peso do braço. O movimento deve ser  vai-e-vem, sempre no sentido do veio da madeira. 

Após lixar, a madeira estará livre dos arranhões e do verniz antigo, ou seja, com aspecto de nova. 

Envernize ou troque de cor

É recomendado envernizar a escada novamente após raspar, isto porque o verniz ajuda a conservar o material. Mas não é necessário usar o mesmo tom de antes, caso já esteja enjoado daquela tonalidade, vale investir em outras cores de verniz.

Atualmente existem outros produtos no mercado que conseguem alterar a cor da madeira e se você ficar com dúvida, pode conferir nosso tutorial ensinando a como envernizar madeira

Substitua alguns degraus

Mesmo com todos os cuidados e limpeza periódica, alguns degraus podem apresentar, arranhões e rachaduras mais severas. Nestes casos, é importante realizar a substituição, pois eles podem não só comprometer a beleza, quanto a segurança da escada. 

3 ideias para aproveitar a escada de madeira

Hoje em dia, cada centímetro faz a diferença. Não importa o quão grande for a casa ou quantos armários ela tem, no final, sempre vai achar que poderia ter incluído mais um.  Então, confira 3 ideias de como aproveitar o espaço da escada para coisas úteis:

Transforme os degraus em gavetas

Espaço para guardar objetos nunca é demais (especialmente se o seu quarto fica no mezanino e não tem espaço para um armário grande). Então, já imaginou se cada degrau da escada fosse uma gaveta? Daria para guardar muita coisa, não é? Alguns projetos de escada estão sendo pensados desta forma para otimizar o espaço e a madeira é o material ideal para isto. E os modelos são tão inovadores que nem dá para dizer que há uma gaveta ali. Mas uma dica importante: nada de colocar puxadores nos degraus, eles podem causar acidentes graves. 

Faça uma despensa na parte inferior

Quem tem escada em casa sabe que cabe muita coisa no espaço embaixo dela. Por isso, se a escada for planejada para ter a estrutura fechada, é possível incluir um design inovador para criar uma despensa ou até um mini cômodo na parte que ficaria sem uso. Dependendo do tamanho da escada, pode servir até de escritório

Inclua móveis sob medida na parte inferior 

Caso a escada tenha sido feita com estrutura lateral, central ou flutuante, o espaço embaixo da escada está totalmente livre. Ele pode ser usado de diferentes formas, com prateleiras, flores ou se ficar na sala, até mesmo a televisão. Mas se a ideia for otimizar, adquirir um móvel sob medida com diversos nichos, é a opção certa. 

Vale a pena investir em uma escada de madeira? 

Mas será que realmente vale a pena construir uma escada utilizando como matéria prima a madeira? Vale sim! Além da grande durabilidade que é possível ter, escolhendo a espécie mais indicada para o projeto e tendo os cuidados necessários, ela é uma das mais bonitas e versáteis, pois combina com todos os estilos de decoração. 

Por último, é importante destacar que ao incluir a escada de madeira no projeto, estará trabalhando com um material ambientalmente sustentável. Parece soar um pouco contraditório, mas é verdade. A madeira reflorestada e extraída de forma correta e sustentável é muito mais amigável ao planeta do que a maioria dos materiais comercializados. Saiba mais sobre a madeira de reflorestamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *