O sucesso de uma obra depende de diversos fatores para acontecer, sendo a qualidade e a resistência dos materiais que serão utilizados alguns dos principais. Na gama de produtos naturais, existem muitos tipos de madeiras que se tornam grandes protagonistas dos projetos civis, cada uma delas com suas especificidades e funcionalidades.

Entre elas, a madeira maciça se destaca como um subtipo que esbanja beleza, durabilidade e confiança, sendo usada há muitas gerações para a fabricação de móveis, portas e estruturas.

Amplamente utilizada na indústria da construção civil, a madeira maciça oferece uma série de vantagens e aplicações em projetos arquitetônicos. Neste artigo, vamos aprender as características, vantagens e tendências que você pode seguir ao optar por esse recurso no seu projeto. Vem ver!

O que diferencia a madeira maciça das outras madeiras?

O que diferencia a madeira maciça das outras madeiras
A madeira maciça não passa por nenhum processo de colagem ou reaproveitamento de lascas.

Você certamente já deve ter conhecido algumas famílias que têm móveis e peças de madeira maciça que são repassados de geração em geração. Até porque são artefatos de um valor um pouco mais alto do que outros do mercado, que carregam consigo muita história, qualidade e sofisticação.

Isso se deve ao fato desse material, também conhecido como “madeira de lei” ou “pura”, apresentar uma durabilidade significativamente maior do que outros que estão na mesma categoria, já que é proveniente de árvores nativas e não tem fibras e aglomerados sintéticos adicionados em sua composição.

E basta refletir: assim como as árvores nativas resistem aos efeitos do tempo e do clima, as peças e as estruturas fabricadas em madeira maciça também têm uma vantagem no quesito de resistência e estabilidade. 

A madeira maciça é mais densa – e pesada – do que as outras, o que dificulta o ataque de agentes indesejáveis, como cupins e outros insetos. Essa característica confere a ela um preço mais salgado do que as outras madeiras ultra processadas.

Em média, o preço do metro de um piso de madeira maciça varia entre R$200,00 a R$250,00. Já móveis como mesas e cadeiras podem variar entre R$300,00 a mais de R$2.000,00, dependendo do tamanho e das especificidades da peça.

Madeira maciça: beleza sólida que atravessa gerações

casa de madeira pré-fabricada durabilidade
Kirkjubøargarður (ou “Fazenda do Rei”) é considerada a casa de madeira ainda habitada mais antiga do mundo, com mais de 900 anos! Imagem: Wikimedia Commons.

A história de uso da madeira maciça no setor da construção civil data aos primórdios da humanidade. Basta observar os templos, embarcações e as ruínas de civilizações antigas, como os egípcios, gregos e romanos: todos apresentam, em menor ou maior escala, a utilização de madeira maciça em suas estruturas. Isso porque, já durante os tempos antigos, as comunidades perceberam que a madeira era um recurso abundante e muito fácil de manipular. Com isso, ela se consolidou como um dos materiais mais utilizados para a construção de abrigos e estruturas.

As primeiras edificações em madeira remontam a milhares de anos, mais especificamente no período pré-histórico, quando as comunidades utilizavam os troncos de árvores como pilares e vigas. Com o decorrer da história, inúmeras culturas e civilizações ao redor do mundo usaram a madeira maciça em seus projetos arquitetônicos. Na Ásia, podemos relembrar os templos japoneses, enquanto na Europa temos as grandes embarcações e construções vikings, por exemplo.

Ao longo dos anos, a madeira não deixou de ser um material essencial para a indústria da construção civil, com sua utilização sendo cada vez mais aprimorada através de técnicas de construção, tecnologias e estilos arquitetônicos. Mesmo com o surgimento de novos materiais no ramo, a madeira maciça se manteve relevante até os dias de hoje, graças às suas vantagens em termos de estética e durabilidade, além de ser um recurso altamente sustentável, que garante a conexão do projeto com a preservação da natureza.

Aplicações da madeira maciça na construção de móveis e estruturas arquitetônicas

A madeira é um material muito versátil e que agrega muitas propriedades positivas. Por isso, está sempre presente em quase todas as etapas da construção civil, desde a estruturação até os mínimos detalhes da decoração, possibilitando a criação de ambientes sofisticados e aconchegantes. Algumas das aplicações mais comuns da madeira maciça na construção civil são:

Casas de Madeira e outras estruturas arquitetônicas

Vigas, pilares, treliças e telhados são alguns dos exemplos de estruturas arquitetônicas que possibilitam a aplicação de madeira maciça em diferentes projetos. Isso porque essa matéria-prima é muito forte, sendo capaz de suportar grandes pesos e impactos.

Modelo Sorocaba CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo Sorocaba | 207 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo Sorocaba, com 207 m² de área construída, 3 quartos e 3 banheiros. Confira esta oferta! R$153.625,03
Modelo São Paulo CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo São Paulo | 164 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo São Paulo, com 164 m² de área construída, 3 quartos e 3 banheiros. Confira esta oferta! R$131.473,29
Modelo Chapecó CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo Chapecó | 134 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo Chapecó, com 134 m² de área construída, 3 quartos e 2 banheiros. Confira esta oferta! R$118.942,81
Modelo Rio de Janeiro CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo Rio de Janeiro | 178 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo Rio de Janeiro, com 178 m² de área construída, 3 quartos e 3 banheiros. Confira esta oferta! R$114.822,41
Modelo Camboriú CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo Camboriú | 106 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo Camboriú, com 106 m² de área construída, 3 quartos e 2 banheiros. Confira esta oferta! R$79.204,56
Modelo Porto Alegre CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo Porto Alegre | 86 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo Porto Alegre, com 86 m² de área construída, 3 quartos e 1 banheiro. Confira esta oferta! R$90.085,26
Modelo Curitibanos CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo Curitibanos | 110 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo Curitibanos, com 110 m² de área construída, 3 quartos e 1 banheiro. Confira esta oferta! R$77.537,05
Modelo Uberaba CAPA

Kit de Casa Pré-Fabricada Modelo Uberaba | 102 m²

Kit Pré-Fabricado Modelo Uberaba, com 102 m² de área construída, 3 quartos e 2 banheiros. Confira esta oferta! R$76.089,16

Mobília

Mobília em madeira maciça
Móveis de madeira maciça, além de belos, são extremamente duráveis e cobiçados.

A madeira pura é amplamente procurada para a fabricação de móveis resistentes, de alta qualidade e durabilidade, e que tenham o aspecto natural e elegante. Ela pode ser usada na produção de mesas, cadeiras, armários, estantes e camas, por exemplo.

Revestimento

Revestimento de madeira maciça
A madeira maciça é amplamente utilizada em revestimento, desde o piso até o teto.

Pisos, tetos e paredes revestidos com madeira maciça conferem ao ambiente um ar acolhedor e agradável, garantindo que tanto a temperatura quanto os ruídos externos sejam equilibrados. Outra boa forma de utilizar a madeira maciça é em áreas externas, que precisam de materiais mais resistentes e duradouros.

Portas e janelas

Portas e janelas de madeira maciça
Janelas de madeira maciça são uma tradição, especialmente em casas no estilo colonial.

A madeira maciça é tradicionalmente escolhida para portas e janelas de diferentes projetos arquitetônicos, justamente pela sua beleza, resistência e capacidade de isolamento térmico e acústico.

6 vantagens da madeira maciça para a construção civil

6 vantagens da madeira maciça para a construção civil
Na construção civil, a madeira maciça pode ser utilizada na construção de casas, telhados até prédios inteiros!

Com uma reputação historicamente sólida, que chama a atenção dos consumidores mais exigentes e que buscam móveis e peças sofisticadas e resistentes em seus projetos, a madeira maciça vai muito além da estética quando estamos falando de vantagens e benefícios.

Desde questões ambientais até a diversidade de estilos que pode fornecer, a madeira pura acumula uma gama de fatores positivos para os mais diversos tipos de obras de construção civil.

1. Resistência e durabilidade

Não há como negar que o investimento na madeira maciça pode chocar alguns de início, mas com o passar dos anos, é impossível não reconhecer o quanto ele vale a pena, já que ela traz os benefícios do material em seu estado bruto.

Sendo assim, ela pode ser usada em diferentes aplicações na construção civil, como estruturas, pisos, revestimentos e móveis, com a capacidade de suportar cargas maiores e resistir melhor aos impactos do tempo, elevando em muitos níveis sua confiabilidade.

A madeira maciça também requer baixa manutenção, já que sua limpeza, reparação e restauração não necessitam de passos extremamente específicos e difíceis, possibilitando a extensão da vida útil das peças feitas desse material.

2. Recurso renovável

Desde que seja proveniente de florestas de manejo sustentável, a madeira é uma matéria-prima renovável. Isso quer dizer que as árvores utilizadas para a produção correta da madeira maciça podem ser plantadas novamente ou regeneradas, o que garante a reposição do recurso.

3. Baixa emissão de carbono

Quando comparada à fabricação de outros materiais de construção civil, como o plástico ou o concreto, a produção de madeira maciça requer muito menos energia. Com isso, há uma dependência menor de combustíveis fósseis.

A madeira tem uma capacidade natural de armazenar carbono, o que contribui diretamente para a diminuição das emissões de gases de efeito estufa e, assim, para a preservação da natureza. 

4. Ciclo de vida sustentável

Como falamos, a madeira maciça é uma madeira pura, que não sofre grandes processos químicos como a adição de fibras e aglomerados sintéticos injetados em sua composição. Com isso, esse material pode ser reciclado, reutilizado, o que reduz a necessidade de extração de novos recursos e minimiza o desperdício.

A madeira pura tem a capacidade de ser decomposta naturalmente no fim de sua vida útil, tornando o seu ciclo de vida sustentável.

5. Menos resíduos e desperdício

A madeira maciça é historicamente conhecida como uma matéria-prima que garante resistência e durabilidade. Já na sua produção, os resíduos gerados são bem menores do que aqueles gerados na produção de outros materiais de construção. Somando-se a isso, a madeira não utilizada pode ser reaproveitada para outros fins, como combustível renovável ou materiais secundários.

Sem contar que, como falamos, não é incomum vermos móveis ou peças feitas desse recurso que são repassadas de geração em geração, se tornando verdadeiros tesouros da arquitetura e do setor de móveis. Isso quer dizer que a qualidade superior dos artefatos produzidos de madeira maciça têm uma longevidade e, assim, uma utilidade que atravessa décadas, reduzindo a necessidade de consumo e substituição das peças por outras e o desperdício.

6. Conforto térmico e acústico

A madeira é um isolante térmico natural, tanto que é por esse motivo que as casas construídas em países de temperaturas mais baixas são dessa matéria prima. Isso porque ela é capaz de regular a temperatura interna dos ambientes, o que diminui a dependência de sistemas de aquecimento ou resfriamento nas residências. O problema de ruídos indesejáveis também pode ser reduzido com o uso da madeira para a criação de estruturas, já que esse recurso pode absorver e dissipar ruídos.

Tipos de madeira maciça comuns no mercado

Além de ser extremamente versátil, outro benefício da madeira maciça está relacionado à grande variedade de opções que o mercado madeireiro disponibiliza para os diferentes projetos arquitetônicos.

Existem vários tipos de madeira que são extraídos e manejados de maneira especial para garantir que as propriedades da matéria-prima sejam conservadas e consigam resistir às ações do tempo e de uso, como a resistência e a cor.

Madeira Ipê

ipê

Com uma variação de tonalidades que vão desde o marrom-claro amarelado até o marrom-escuro avermelhado, a madeira do Ipê confere sofisticação e beleza estética aos ambientes em que é aplicada. A durabilidade desta madeira também a torna uma ótima opção para o revestimento e a mobília de áreas externas.

Madeira Jatobá

jatobá

Muito valorizada no ramo da construção civil e da arquitetura, a madeira do jatobá tem uma alta resistência contra fungos e agentes climáticos. É uma das queridinhas dos artesãos e dos fabricantes de móveis de luxo, por ter uma ótima maleabilidade e permitir a aplicação de muitos detalhes nas peças.

Madeira Cumaru

cumaru

Sua tonalidade vai do marrom-oliva ao marrom-avermelhado, mas seu traço mais marcante é a textura diferenciada, que agrega um ar rústico e bonito aos ambientes. É muito utilizada para decks, bancadas de espaços gourmet e churrasqueiras.

Madeira Garapeira

garapeira

Forte, bonita e resistente, a madeira maciça proveniente da garapeira tem tons amarelados e dourados, traz luminosidade e calor para os ambientes em que é aplicada. É muito utilizada para mobílias de áreas internas e para o revestimento de áreas externas, por sua alta durabilidade e resistência à ação de agentes climáticos.

Madeira Peroba-rosa

peroba-rosa

Uma madeira brasileira conhecida por sua beleza e longevidade, a peroba-rosa é frequentemente utilizada em pisos, portas, janelas, escadas e elementos estruturais dos mais diversos projetos.

Tendências e inovações no uso da madeira maciça na arquitetura moderna

Há quem pense que a madeira perdeu seu espaço no ramo da arquitetura e da construção civil. Mas, na verdade, é o contrário: cada vez mais pessoas estão considerando utilizar essa matéria-prima em seus projetos, certificando-se de que são provenientes de manejos sustentáveis e de baixo impacto ambiental, graças à conscientização acerca da importância da redução do uso de combustíveis fósseis e das implicações negativas do aquecimento global para o mundo e para as gerações futuras.

Além desses fatos, o avanço da tecnologia e das técnicas de processamento do recurso permitem a sua aplicação em diversas etapas da construção de um projeto. Por isso, tem sido cada vez mais comum ver casas e edifícios que usam a madeira em suas estruturas e revestimentos, além da sua aplicação em áreas externas. Isso só mostra que o espaço dessa matéria-prima no mundo da engenharia e da arquitetura é muito difícil de ser tomado por outro recurso.

A beleza e a estética da madeira também são fatores que atraem um número crescente de pessoas em busca de um bom recurso para suas obras e residências, já que a madeira é historicamente conhecida por trazer a sensação de aconchego, sofisticação e confiabilidade. 

Algumas tendências de design de interiores que estão com tudo nos últimos anos têm a madeira entre os elementos principais. É o caso do minimalismo natural, por exemplo, que usa a madeira maciça para trazer textura e calor aos ambientes de estilo mais ‘puro’ e simples, sem muitos detalhes.

madeira maciça no minimalismo natural
O minimalismo natural utiliza a madeira maciça para trazer calmaria e organicidade ao espaço.

Outro estilo que valoriza e muito a madeira dentro dos espaços é o escandinavo, que tem como base a simplicidade e a conexão com a natureza. A madeira maciça é um elemento chave dessa tendência, que geralmente usa tons claros em sua composição.

madeira maciça no estilo escandinavo
O estilo de decoração escandinavo também aproveita todas as vantagens e belezas das madeiras maciças.

Não há como pensar em madeira sem pensar na palavra ‘rústico’. O mais óbvio dos estilos que usam a madeira é baseado na simplicidade e no aconchego que só os tons de marrom encontrados neste recurso podem oferecer. A valorização das texturas e das diferentes formas que as árvores proporcionam agregam muito charme às composições rústicas, que são muito aplicadas em casas de campo e cabanas.

madeira maciça no estilo rústico
O estilo rústico é a decoração clássica quando se pensa em madeira maciça.

Como você pode ver, a madeira maciça realmente é um tipo diferenciado de madeira. Seu custo um pouco mais elevado compensa a durabilidade e qualidade das peças feitas nesse material, agregando atemporalidade a qualquer projeto em que for aplicada!

Confira outros tipos de madeira e suas características

Não encontrou nesta madeira as características ideias para sua obra ou projeto? Confira outros tipos de madeira que podem ser interessantes:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *