Construção civil: o que é? Quais conceitos e projetos ela engloba?

A construção civil, juntamente com o segmento de arquitetura, é um setor muito importante para a economia do Brasil e é capaz de promover toda a infraestrutura de uma cidade, estado e país. Segundo o IBGE, esse ramo cresceu 13,1% de 2020 a 2021.

Com a sua aplicabilidade, edificações são moldadas, reformadas e construídas com foco em garantir moradia e bem-estar aos cidadãos, de forma a melhorar a urbanização das cidades e garantir qualidade de vida – também por meio da sustentabilidade.

O setor de construção civil é amplo, possuindo diversas especificidades e áreas de trabalho. São nesses nichos de atuação que centenas de brasileiros estão inseridos e, por ser tão expressivo, não poderíamos deixar de falar sobre esse tema.

Quer entender mais sobre o que significa a construção civil, como são feitos os projetos e como está o mercado atual – caso você queira se inserir?

Então, continue lendo o artigo abaixo e aproveite as informações!

O que é construção civil?

Se fosse para resumir, é possível dizer que tudo e qualquer coisa que você olha enquanto está passeando pela sua cidade provém da construção civil. Esse segmento é bastante amplo e, por isso, abrange toda e qualquer atividade relacionada à obra. Os processos de planejamento, execução, manutenção, restauração, reformas, demolição, etc, estão presentes dentro dele.

Quais são as obras feitas pela construção civil?

Diante disso, toda e qualquer edificação é feita por meio da construção civil, seja estradas, aeroportos, túneis, prédios, obras de saneamento básico, fundação, canais de navegação, estações de tratamento de água, barragens, usinas e muitas outras.

Por ser um nicho de trabalho amplo e muito importante para o desenvolvimento das cidades, a construção civil tem diversas normas já prescritas: tudo para que todo o trabalho seja feito dentro das conformidades indicadas por lei.

Juntamente disso, toda obra em qualquer nível do solo deve ser aprovada por órgãos decisores municipais, com execução acompanhada por engenheiros ou arquitetos registrados.

Quais são as atividades da construção civil?

Quais são as atividades da construção civil

Todas as obras precisam passar por algumas etapas e os principais serviços da construção civil estão presentes nelas. 

Assim, as principais atividades desse setor são:

  • Processo de escavação e fundação: depois de limpar a área de trabalho e estudar o terreno, inclusive terrenos vizinhos, o processo é de criar aberturas na terra para as estruturas abaixo do nível do solo;
  • Processo de alvenaria de vedação e alvenaria estrutural: a primeira etapa consiste em preparar o terreno para sustentar o peso através de tijolo e concreto. No caso da alvenaria estrutural, o foco é deixar o solo resistente a cargas e ações do tempo;
  • Concretagem: no processo de concretagem, uma camada de material é colocado sobre o terreno para que a obra possa ter uma infraestrutura realmente firme;
  • Processo de acabamento e revestimento: ao fim da obra, depois da infraestrutura e superestrutura prontas, é o momento de incluir pisos, azulejos e qualquer outro material de acabamento, sempre com materiais que garantam qualidade e durabilidade.

Além dessas serviços da construção civil, também podemos considerar:

  • Manutenção de calhas e telhados;
  • Criação da base para saneamento básico e redes de água e esgoto;
  • Moldagem das estruturas de alvenaria, com alicerces, estacas ou baldrames;
  • Aplicação de plantas baixas em companhia do arquiteto da obra;
  • Criação de amarração, lajes, forro, etc.

E as ferramentas para construção civil?

Cada uma das atividades citadas acima são feitas através de ferramentas específicas da construção civil. São essas ferramentas que permitem que os colaboradores consigam realizar o seu trabalho da melhor forma.

Algumas das ferramentas mais encontradas em projetos da construção civil são:

  • Enxada;
  • Torquês;
  • Chave de fenda;
  • Serrotes;
  • Alicate de pressão;
  • Grosa;
  • Lima;
  • Espátula;
  • Grifo;
  • Fio traçante;
  • Picareta;
  • Desencapador de fios;
  • Alicate bomba;
  • Cortador de cerâmica;
  • Chave inglesa;
  • Esquadro;
  • Trena;
  • Martelo;
  • Pá;
  • Puncionador;
  • Carriola;
  • Etc.

Além disso, dentre as matérias primas mais utilizadas na construção civil, temos:

  • Gesso;
  • Madeira;
  • Aço;
  • Areia;
  • Concreto;
  • Cal;
  • Asfalto;
  • Cimento;
  • Etc.

Os papéis na construção civil

As ferramentas acima abordadas são manipuladas pelos pedreiros e assistentes de obra. Já as matérias primas são definidas por engenheiros civis ou arquitetos, em parceria com outras figuras da construção civil.

Mas, afinal, qual o papel de cada uma dessas pessoas no contexto da obra? Quem são os profissionais da construção civil? Acompanhe abaixo!

  • Arquiteto: responsável por criar o projeto de toda a construção e definir como o trabalho será feito, incluindo materiais a serem utilizados, acabamentos, etc. É essa figura que irá pensar na obra para que ela seja adequada para quem irá utilizá-la.
  • Engenheiro civil: responsável por colocar em prática o projeto feito pelo arquiteto, além disso, também atua supervisionando a obra, fornecendo dicas e orientações importantes e acompanhando toda a execução.
  • Mestre de obra: responsável pela fiscalização e supervisão da obra, junto do engenheiro. Essa figura deve ter conhecimento de todas as etapas da construção, para que distribua as frentes de serviço da melhor forma.
  • Pedreiro: o pedreiro pode ter diversas habilidades e é a figura responsável por executar o serviço. Dessa forma, pode atuar na parte de alvenaria, reboco, chapisco, assentamento de pisos e cerâmicas, lajes e etc.

Além desses profissionais, a construção civil também conta com:

  • Ajudante de obra;
  • Armador;
  • Pintor;
  • Gesseiro;
  • Encanador;
  • Etc.

Lembrando que, de acordo com as Normas Regulamentadoras, todos esses profissionais devem usar os equipamentos de proteção individuais e toda a obra também deve contar com os EPCs (Equipamento de Proteção Coletivo).

Qual é o salário de um construtor civil?

A construção civil pode ser uma grande oportunidade para pessoas que estão desempregadas e precisam de uma inserção no mercado. Depois de pesquisas breves, podemos dizer que o salário inicial de uma figura da construção civil é de R$ 1.900, chegando até R$ 7.000 de acordo com o cargo. 

Diferença entre a construção civil e a arquitetura

Diferença entre a construção civil e a arquitetura

Já é claro que os processos que permeiam a construção civil devem ser acompanhados por um arquiteto e engenheiro, não é mesmo? Para além disso, são esses profissionais que assinam a obra e levam a responsabilidade diante dela, bem como a construtora contratada.

Podemos dizer, então, que o projeto que é feito por profissionais da arquitetura são colocados em prática pelos profissionais da construção civil. 

Diferença entre arquitetura e engenharia civil

Uma outra dúvida que grande parte das pessoas têm é a diferença prática entre um profissional arquiteto e um engenheiro, já que ambos podem assinar as obras e atuam lado a lado na construção civil.

O grande diferencial entre essas duas figuras são os pontos de vista de cada uma. Inicialmente, o engenheiro civil acaba tendo uma posição muito relacionada à parte técnica da obra, com o conhecimento em relação à resistência de materiais e cálculos sobre a estrutura da construção.

O arquiteto, por sua vez, é bastante atrelado a parte estética da obra e em como tornar todo o espaço mais funcional para as pessoas que estarão ali no dia a dia.

Não necessariamente um profissional exclui o outro ou é mais relevante que o outro. No geral, ambos são importantes para o projeto e para a construção civil como um todo.

Qual o papel das construtoras?

Nesse contexto, as construtoras são as empresas responsáveis por contratar toda a mão de obra necessária, de acordo com as necessidades do projeto. Essa empresa fica com toda a parte de execução física e, por isso, está diretamente ligada à qualidade da construção final.

Além de contratar toda a mão de obra, a construtora também é responsável por adquirir todas as máquinas necessárias para o projeto, ter todas as ferramentas necessárias à disposição dos pedreiros e incluir tecnologias que facilitam o trabalho dentro de um canteiro de obra.

Etapas do projeto na construção civil

Agora que você já sabe o que é, as atividades, ferramentas e os papéis de cada pessoa dentro da construção civil, é o momento de falarmos sobre as etapas de um projeto.

Todas as atividades feitas pelos colaboradores devem ser pensadas racionalmente, através de planejamento, cronograma e organização e é por isso que a estruturação de um projeto acaba se tornando tão importante.

Acompanhe abaixo os detalhes sobre cada etapa do projeto!

Planejamento

Planejamento

Se a obra for grande, o ideal é que uma construtora seja contratada para facilitar os processos e burocracias – falaremos sobre algumas delas abaixo, inclusive.

Com isso em mãos, o momento é de planejar a execução da obra junto de um arquiteto (que ficará encarregado pelo projeto arquitetônico da obra, incluindo planta baixa e planta humanizada) e engenheiro civil.

Logística

O segundo passo é o da logística. Aqui é importante que itens como tipologia do local, construção vizinhas, tipo de solo, vias de acesso, nível de especialização e qualificação dos colaboradores, e etc, sejam analisados.

Cronograma

Depois desse momento inicial, é importante montar um cronograma para que não haja imprevistos e atrasos na execução da obra. O processo de criar um planejamento voltado para a construção civil não é tão difícil. Para isso, pense nos seguintes pontos:

  • Quais são as atividades necessárias para realizar a obra do início ao fim? Depois disso, faça uma sequência de todas as atividades que serão necessárias para o andamento do projeto e a interdependência entre elas;
  • Quanto tempo cada atividade vai demorar? Estabeleça prazos para a finalização de cada etapa do projeto. Para isso, você pode usar uma obra anterior como referência e não esqueça de contar com uma média de tempo a mais para imprevistos;
  • Tenho todas as informações, e agora? Organize tudo isso em uma planilha de sua preferência e compartilhe o cronograma com os supervisores da obra, incluindo engenheiro e mestre.

Com o cronograma ok, você pode finalizar todo o projeto da obra com as expectativas prévias do projeto, os objetivos que deverão ser atingidos ao final do período, o orçamento necessário, a quantidade de materiais estipulado, o tamanho da equipe e a estruturação do canteiro de obra também.

Documentação

Lembre-se que nesse momento o ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) deverá ser preenchido e assinado. Esse documento precisa conter:

  • Projeto da obra;
  • Nome do engenheiro, arquiteto e mestre responsável;
  • Critérios de responsabilidade;
  • Remuneração dos funcionários;
  • Entre outras informações.

Inclusive, se houver construtora, é provável que esse documento fique nas mãos dessa empresa antes da obra ser iniciada.

Segurança da obra

Um passo super importante para um projeto da construção civil é a segurança, tanto da obra para os colaboradores quanto da obra para terceiros. O uso de equipamentos, implantação de normas regulamentadoras, principalmente, a NR-04, NR-18 E NR-35 são super importantes.

Depois desses processos básicos, aí sim a execução do projeto da construção civil pode começar com mais segurança.

O futuro da construção civil no Brasil

A construção civil é um dos setores que mais cresce no país. Segundo o IBGE, o  PIB dessa área cresceu cerca de  2,7% em relação ao 1º trimestre do ano de 2021 e foi um dos setores com maior alta. Ao todo, se comparado ao ano de 2020, o segmento cresceu 13,1% em 2021.

Seguindo o cenário de alta, nada mais ideal que pensar no futuro e nas tendências para a construção civil no Brasil. Por isso, listamos abaixo as principais inovações relacionadas ao setor. Acompanhe!

Sustentabilidade

Quem contrata construtoras para projetos de construção civil está cada vez mais interessado em discutir sobre a sustentabilidade e sobre as aplicações desse conceito. 

Mesmo que por motivações que não sejam relacionadas somente ao meio ambiente, empresários buscam cada vez mais processos que sejam mais verdes e que trabalham com ações reparatórias. 

Dessa forma, as construções sustentáveis podem ser consideradas uma tendência para os próximos anos, juntamente com a economia de água e energia nas obras e uso de matérias-primas menos agressivas ao meio ambiente.

BIM

A tecnologia BIM, sigla em inglês para Modelagem da Informação da Construção, também pode seguir como tendência. Essa tecnologia reduz os custos e riscos durante o planejamento e gestão dos projetos da construção civil.

Durante a fase de planejamento, a tecnologia BIM consegue evidenciar os problemas e conflitos que a obra poderá enfrentar (momento esse chamado de pré-construção digital), o que otimiza o tempo e o resultado final.

Além dessas tecnologias, algumas outras que serão importantes de hoje em diante são:

  • Robótica no canteiro de obras;
  • Gestão de obra com ERPs;
  • Cidades inteligentes;
  • Internet das coisas (IoT);
  • Etc.

Esperamos que esse artigo sobre construção civil tenha deixado o tema mais claro para você. Se tiver dúvida, deixe nos comentários.

Aproveite o tempo e leia também sobre como fazer um orçamento de obras!

Qual é a sua avaliação?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhuma avaliação até agora! Seja o primeiro a avaliar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.