instalação de prateleira

Instalação de prateleiras: passo-a-passo completo

Em qualquer cômodo da casa, uma simples prateleira presa à parede pode resolver uma série de problemas de armazenagem, desde que ela esteja firmemente colocada. Conheça aqui os melhores métodos de instalação.

Para fixar uma prateleira no interior de armários ou em qualquer espaço disponível nas paredes de sua casa, você vai precisar de poucas ferramentas e de material facilmente encontrado no mercado. A instalação em caráter permanente é simples e pode ser feita tanto sobre apoios de sarrafos de madeira quanto sobre cantoneiras e braços metálicos.

O peso que uma prateleira pode suportar vai depender do material e da espessura da prancha, além da resistência dos apoios e da distância entre eles Obviamente, uma prateleira sobrecarregada sempre corre o risco de ceder e, eventualmente, provocar a queda dos apoios que a sustentam. Por isso, respeite o limite de carga permitida, mesmo quando há segurança.

Ao planejar a instalação de uma prateleira, leve em consideração o tamanho e o peso de tudo o que você pretende colocar sobre ela. Acrescente a esses cálculos uma porcentagem extra para objetos não previstos.

Levando em consideração o material e a espessura da prancha, a tabela a seguir dá uma ideia das distâncias máximas entre apoios:

Material da prateleiraEspessuraDistância máxima
entre os suportes
Aglomerado12 mm400 mm
 Aglomerado18 mm600 mm
Aglomerado25 mm750 mm
Compensado18 mm800 mm
 Compensado25 mm1.000 mm
Madeira16 mm500 mm
 Madeira22 mm900 mm
Madeira28 mm1.050 mm

Se pretende aumentar a distância, será preci­so reforçar o conjunto com suportes interme­diários. Em alguns casos, basta um sarrafo fixa­do no sentido longitudinal, sob a prancha.

Escolha do material para a instalação de prateleiras

foto de instalação de prateleiras com condimentos de cozinha
Foto 1: Quando as prateleiras ocupam toda a extensão da parede de fundo, apoie-as sobre sarrafos.

A madeira natural permite a construção de prateleiras muito bonitas, porém de custo geralmente elevado. Uma alternativa econômica seria recorrer a chapas de aglomerado ou compensado, que permitem recortar prateleiras mais largas do que as de madeira natural.

As chapas de aglomerado são relativamente leves e podem ser encontradas com revestimento de vários tipos. Quando bem aproveitadas, apresentam resultado estético satisfatório. Além disso, facilitam a limpeza e resistem melhor a pesos elevados.

A escolha dos suportes depende muito do local onde se pretende instalar a prateleira. Assim, os apoios feitos com sarrafos de madeira ou cantoneiras metálicas podem ser usados unicamente nos ângulos (veja fotos 1 e 2). Eles exigem fixação nas paredes laterais e se prestam para sustentar prateleiras que ocupam toda a extensão da parede de fundo. Já os braços de metal em forma de L (veja fotos 5 e 7) e os suportes triangulares chamados mão-francesa (veja ilustração 8 e foto 9) são práticos tanto nos cantos quanto em qualquer ponto da parede de fundo, desde que sejam bem distribuídos.

Ao escolher o lugar onde os suportes serão fixados, certifique-se de que ali não há passagem de condutores elétricos e hidráulicos. Para evitar acidentes, prefira posições afastadas de tomadas e interruptores.

Se você pretende instalar várias prateleiras na mesma parede, calcule a altura dos objetos que serão guardados sobre elas. Observe também se a última prateleira poderá ser facilmente alcançada.

Assinale, levemente, a posição de cada prateleira na parede. Oriente-se por essas marcas ao fazer a instalação. E nunca esqueça de verificar com o nível a correta posição horizontal de cada prancha.

foto de instalação de prateleiras utilizando cantoneiras invisíveis
Foto 2: Ou então use as quase imperceptíveis cantoneiras metálicas, bem aparafusadas nas paredes.

O uso de sarrafos como suportes é um dos mais simples meios que existem. Ao instalar uma prateleira de canto a canto, basta pregar os sarrafos nas paredes laterais. Se a distância for grande, torna-se necessário fixar um terceiro sarrafo na parede de fundo.

Para fazer esse tipo de suporte, use sarrafo de pinho ou, sobras do próprio material empregado nas prateleiras. Se estas são destinadas a objetos decorativos, utilize sarrafos aparelhados, medindo 25 mm de largura por 12 mm de espessura. Para livros pesados e utensílios domésticos, faça os suportes com sarrafos de 50 x 25 mm. Medidas intermediárias podem ser usadas quando as prateleiras se destinam a objetos não muito pesados.

Para instalar prateleiras leves use parafusos nº 6, com 50 mm de comprimento. Para prateleiras de peso médio, os parafusos devem ser nº 8, com 63 mm de comprimento. E nas prateleiras para peso elevado use parafusos nº 10, com 75 mm de comprimento.

Instalação de prateleiras passo-a-passo

ilustração de instalação de prateleiras no passo 3a
Instale o primeiro sarrafo sobre uma das paredes laterais.

Corte os suportes laterais um pouco mais cur­tos do que a largura das prateleiras.

Entre 25 e 50 mm das extremidades (de acor­do com o comprimento dos suportes) faça furos passantes, escareados para receber os parafu­sos correspondentes. Recorte as extremidades dianteiras em meia-esquadria para melhorar o aspecto do conjunto depois de montado.

Se for utilizar um suporte de fundo, corte-o no mesmo comprimento da prateleira, menos a espessura do segundo suporte lateral.

Neste caso, o segundo suporte lateral deve ter o comprimento reduzido de acordo com a espessura do suporte de fundo.

Com estas providências, o suporte de fundo poderá ser encaixado por trás do suporte lateral quando for montado o conjunto.

Perfure o suporte de fundo com intervalos não superiores a 300 mm.

Coloque o primeiro suporte lateral na altura certa, apoie sobre ele o nível e verifique a corre­ta horizontalidade (veja figura 3a).

Através dos furos passantes, marque com a sovela ou um prego a posição dos parafusos so­bre a parede.

Retire o suporte e faça na parede os furos necessários para as buchas de fixação.

Aparafuse o suporte no lugar e verifique novamente o seu nivelamento.

ilustração de instalação de prateleiras no passo 3b
Posicione o sarrafo maior na parede de fundo, com a extremidade rente ao lateral.

Se usar o suporte de fundo, coloque-o na altura correspondente, de forma que o topo fique nivelado com o topo do primeiro suporte lateral, já fixado (veja figura 3b).

Com auxílio de um ajudante, segure o suporte de fundo na posição e marque, através dos fu­ros passantes, o local dos parafusos sobre a pa­rede; em seguida, proceda da mesma forma co­mo foi feito com o suporte lateral.

ilustração de instalação de prateleiras no passo 3c
Se não for usado o sarrafo de fundo, com auxílio de régua e lápis risque sobre a parede de fundo a exata altura da prateleira; isso lhe dará o nível correto do segundo sarrafo lateral.

Se não houver necessidade de suporte de fundo, o alinhamento entre os dois suportes la­terais pode ser feito com auxílio de uma régua. Firme-a contra a parede de fundo, bem nivelada com o topo do suporte lateral já fixado, e faça um leve traço a lápis por toda a extensão da pa­rede (veja figura 3c).

ilustração de instalação de prateleiras no passo 3d
Quando o sarrafo de fundo é utilizado, junto a ele deve ser encostada a extremidade do segundo sarrafo lateral.

Coloque o segundo suporte lateral com o topo em nível com a marca feita na parede ou com o suporte de fundo, e fixe-o do mesmo modo que o primeiro (veja figura 3d).

Instalação de prateleiras em paredes irregulares

ilustração de instalação de prateleiras no passo 4a
Se a superfície das paredes for irregular, fixe um gabarito de cartolina sobre os sarrafos e trace o perfil da parede de fundo; para riscar, use o lápis preso a um taco de madeira.

Se a superfície das paredes apresentar muitas irregularidades, convém recortar a prateleira de acordo com as ondulações, a fim de possibilitar um encaixe sem folgas.

ilustração de instalação de prateleiras no passo 4b
Proceda da mesma forma para traçar o perfil das paredes laterais.

Prenda sobre os suportes pedaços de cartoli­na no comprimento (veja figura 4a) e na largura (veja figura 4b) da prateleira planejada.

ilustração de instalação de prateleiras no passo 4c
Meça as diagonais do espaço que receberá a prateleira.

Passe contra a parede um taco de madeira, em cuja face externa deve ser fixado um lápis, transferindo para a cartolina as ondulações.

ilustração de instalação de prateleiras no passo 4d
Prenda os gabaritos na chapa da prateleira.

Meça diagonalmente o espaço destinado às prateleiras (veja figura 4c) e transfira essas me­didas para a chapa que servirá de base. Posicio­ne os gabaritos na chapa sobre a área determi­nada (veja figura 4d). Risque o contorno irregu­lar dos gabaritos e, finalmente, serre a pratelei­ra (veja figura 4e).

ilustração de instalação de prateleiras no passo 4e
Transfira o contorno das paredes para a chapa e corte.

Cantoneiras metálicas como suporte de prateleiras

foto de instalação de prateleiras utilizando mão francesa de metal
Este suporte metálico em forma de L pode ser utilizado também no meio da prateleira.

Em geral, as cantoneiras de metal já são providas de furos. Para determinar a posição dos parafusos nas paredes laterais, segure-as completamente niveladas.

Se você preferir, recorte recessos nas extremidades da prateleira (veja figura 6). Tal recorte pode ser feito com o formão, a plaina de canto ou a tupia elétrica portátil. Deixe a parte frontal da prateleira intacta, para esconder a ponta da cantoneira.

foto de instalação de prateleiras utilizando cantoneira de metal invisível
Para melhor camuflar as cantoneiras de metal, podem-se recortar rebaixos nas extremidades da prateleira.

Fixe as cantoneiras nas paredes laterais por meio de buchas e parafusos apropriados. Depois, encaixe sobre elas a prateleira.

foto de instalação de prateleiras utilizando mão francesa de metal ornamentada
Suporte decorativo.

Os suportes de metal em forma de L podem ser adquiridos em vários tipos e tamanhos (veja fotos 5 e 7). O braço horizontal deve ser proporcional à largura da prateleira, para lhe dar máximo apoio. O braço mais longo deve sempre ser fixado à parede.

foto de instalação de prateleiras utilizando mão francesa de madeira
Apoio triangular, feito de madeira, também chamado de mão-francesa.

Para fixá-los, risque na parede de fundo a altura da prateleira. Sobre o traço, meça e marque a posição de cada suporte. Para maior segurança, o primeiro e o último devem ser colocados com alguma distância das extremidades, principalmente se a prateleira estiver sendo instalada em parede aberta.

Depois de fixar os suportes na parede, faça os furos de guia na face inferior da prateleira. Coloque-a sobre os suportes e prenda-a no lugar com parafusos apropriados.

Mão-francesa para instalação de prateleira

foto de instalação de prateleiras utilizando mão francesa de madeira para livros com compensado
Este tipo de apoio é ideal para suportar peso elevado.

Os suportes conhecidos como mão-francesa são ideais para prateleiras que devem sustentar muito peso. Podem ser feitos com dois pedaços de madeira, montados no esquadro, e um terceiro, encaixado entre eles, formando assim um triângulo (veja figura 8 e foto 9). O braço horizontal deve ser pouco mais curto do que a largura da prateleira; o outro, a ser fixado na parede, 50 mm mais comprido. Ambos são unidos por junta de meia-madeira e um terceiro braço, devidamente aparafusado, conforme a ilustração (veja figura 8).

Faça três furos passantes, escareados, sobre o braço vertical e dois sobre o horizontal. Prenda o conjunto na parede, com buchas e parafusos adequados.

Através dos furos abertos no braço horizontal, marque a posição dos furos de guia na face inferior da prateleira. Passe cola e aparafuse a prateleira sobre os suportes.

Confira mais tutorias sobre marcenaria abaixo:

Aprenda a como construir um chalé de madeira do zero

Curso de Marcenaria Online

Avalie este post!
[Total: 1 Média: 5]

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *