furadeiras elétricas

Furadeiras elétricas: qual escolher e por quê?

Aparentemente, todas as furadeiras se assemelham. Mas entre elas existem grandes diferenças de desempenho e preço. Ao comprar, certifique-se de que o modelo dispõe de bons acessórios, com fácil adaptação ao mandril. Não esqueça também de verificar se a garantia oferecida pode realmente ser solicitada através de rede de serviços autorizados idônea.

Capacidade do mandril das furadeiras elétricas

foto de um mandril de furadeira elétrica

Em geral, a capacidade do mandril é proporcional à potência. Quanto mais potente, maior o diâmetro para encaixe de brocas e acessórios. No entanto, existem brocas especiais que permitem fazer furos duas vezes maior que o diâmetro da haste, em madeiras, e até 50% maiores em alvenaria.

Quanto maior o furo ou mais duro o material a ser furado, menor, sem dúvida, será a velocidade dos rolamentos.

Furadeiras com velocidade variável

gif animado ilustrando as multiplas velocidades de uma furadeira elétrica

Quando a furadeira é provida de chave eletrônica, sua velocidade pode ser controlada de zero ao máximo, por meio de pressão sobre o gatilho. Para fazer furos e outros serviços, como lixar e polir, é preciso velocidade de 2000 a 2400 rotações por minuto. Mas a perfuração de materiais mais resistentes, como, por exemplo, aço ou concreto acima de 1/4 de polegada, exige cerca de 900 rotações por minuto.

Baixas velocidades são utilizadas também para começar furos em outras superfícies duras, a fim de evitar que a broca pule fora da marca puncionada. São usadas ainda na perfuração de lajotas e azulejos, quando se quer evitar trincamentos.

Furadeiras com 2 velocidades ou velocidade progressiva

Furadeiras elétricas de duas velocidades são providas de caixa de redução. Tal dispositivo permite abaixar a velocidade e aumentar o torque, simultaneamente. Atualmente essa opção é comum até mesmo em furadeiras de entrada, mais simples (mas existem exceções).

Também existem furadeiras com velocidade progressiva controlada diretamente pela intensidade de pressão do gatilho. Essa opção é muito comum em furadeiras multifunção (furadeira + parafusadeira).

Furadeira comum

furadeiras elétricas comuns em fotografia

Os modelos mais comuns costumam desenvolver velocidade em torno de 2.800 rotações por minuto. Eventualmente, podem ser usados em serviços de alvenaria, mas devem ser retirados do furo com alguma freqüência, para possibilitar a remoção de detritos e o resfriamento do motor e da própria broca.

É preciso tomar cuidado para não aplicar pressão excessiva ou forçar a furadeira com brocas mal afiadas ou inadequadas. Isto pode superaquecer ou queimar o motor.

Para evitar danos, retire a broca do furo a intervalos regulares e deixe a furadeira funcionar para que o ventilador interno resfrie o motor. Esta precaução deve ser tomada principalmente em serviços prolongados a baixa velocidade. Existem modelos com interruptor de sobrecarga que desliga o motor, automaticamente, quando este fica muito aquecido.

Furadeira de Impacto

fotografia de uma furadeira elétrica de impacto da bosch

Geralmente as chamadas furadeiras de impacto possuem dispositivo especial que permite perfuração de materiais difíceis, como concreto, pedra ou tijolos prensados.

O impacto é produzido por mecanismo do tipo catraca que chega a atingir até 40.000 golpes por minuto. Estas furadeiras exigem a utilização de brocas especiais para percussão.

Segurança no manuseio das furadeiras elétricas

foto de homem utilizando todos os EPIs necessários para manusear furadeiras elétricas

Com um mínimo de cuidados, a furadeira se torna ferramenta segura e eficiente. Assim, nunca exerça pressão excessiva, pois a broca pode travar, com risco de curto-circuito e outros acidentes.

Não use mandris defeituosos ou gastos, incapazes de manter a broca centralizada e firme.

Amarre a chave do mandril no cordão da furadeira para que não se extravie e use-a apenas para colocar ou retirar as brocas; não tente parar o mandril enquanto estiver girando.

Não faça pressão com o corpo sobre a furadeira se a estiver usando verticalmente.

Não deixe que o cordão, panos ou suas roupas fiquem perto da área de trabalho.

De acordo com o tipo de serviço, use óculos de proteção para evitar que partículas atinjam seus olhos.

Nunca improvise cabos de extensão com fios comuns. Se for necessário, compre cabo idêntico, com plugues apropriados nas extremidades.

Nunca utilize brocas ou acessórios com haste inadequada à capacidade do mandril.

A utilização de acessórios como serra, serra de copo e esmeril exige cuidados especiais. Lembre-se de que esses acessórios não possuem proteção periférica, como os apropriados.

Não permita que pessoas não habilitadas façam uso da furadeira, nem deixe que crianças fiquem nas imediações da área de trabalho.

Ao comprar uma furadeira, examine cuidadosamente o folheto ou manual que acompanha a ferramenta. Para esclarecer dúvidas, peça explicações detalhadas ao revendedor.

Confira mais tutorias sobre marcenaria abaixo:

Aprenda a como construir um chalé de madeira do zero

Curso de Marcenaria Online

Avalie este post!
[Total: 1 Média: 5]

Comments

  1. Bom artigo sou a Helena, e gostei muito deste artigo em seu site, tem muita qualidade parabéns vou acompanhar seus artigos, para saber mais dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *