Closet de gesso: preço, vantagens e + 20 dicas de organização

Quem nunca sonhou em ter um espaço amplo e separado dentro do quarto para guardar as roupas, sapatos e acessórios? O closet de gesso é a melhor alternativa para quem procura funcionalidade e beleza. 

O closet de gesso permite muitas combinações, pode ser feito em um espaço pequeno e é uma ótima forma de organizar seus pertences de forma elegante e prática. Além disso, há vários modelos, possibilitando que você escolha um que realmente combine com sua necessidade. 

Ficou interessado em ter um closet de gesso na sua casa? Então, continue lendo este conteúdo que nele iremos trazer as vantagens, desvantagens, modelos, preço e muitas outras informações sobre este espaço. 

O que é closet no quarto?

O closet é semelhante a uma dispensa de alimentos, só que no quarto e com a função de armazenar roupas, sapatos, bolsas e acessórios. Nele, os objetos ficam expostos, sem portas, ou seja, qualquer pessoa que entrar verá, o que exige um pouco de organização.

Closet de gesso é bom? 

Closet de gesso é bom
Imagem: Pinterest.

Uma das principais dúvidas de quem sonha em ter um closet, mas não decidiu de qual matéria-prima fazer é: closet de gesso é bom?

A resposta é: Sim. O closet de gesso é bom! No próximo tópico iremos falar sobre as vantagens de desvantagens deste modelo e você verá que ele é a opção mais em conta, além de ser versátil, durável e resistente. 

Closet de gesso: vantagens e desvantagens

Apostar em um closet de gesso tem vantagens e desvantagens que devem ser levadas em consideração no momento da escolha. Por isso, separamos as principais vantagens e desvantagens do closet de gesso. Confira: 

Vantagens do closet de gesso

  • Projeto feito sob medida: nem todo mundo tem um grande espaço disponível para criar um local para guardar as roupas. E o closet de gesso permite que você personalize e crie o projeto dentro o espaço disponível;
  • Durável: o gesso é um material durável e resistente, o que possibilita uma vida longa ao closet;
  • Econômico: o closet de gesso tem um excelente custo-benefício, pois costuma ser o modelo mais barato. Ele pode chegar a ser de 30% a 40% mais econômico do que as opções em madeira;
  • Versátil: além da possibilidade de personalização dos nichos internos, o closet de gesso permite a aplicação de diferentes cores. Dando mais autonomia para combiná-lo com o estilo decorativo do cômodo. 

Desvantagens do closet de gesso

  • É fixo: o closet de gesso não pode ser removido ou alterado após a sua construção. Ou seja, caso pretenda se mudar, o espaço terá que ficar na casa, sem a possibilidade de reutilização em outro imóvel;
  • Processo de instalação: a instalação e montagem do closet de gesso costuma produzir bastante sujeira. A poeira e pó são tão intensos que é recomendada a remoção de todos os móveis do espaço;

Closet de gesso: valor

Mas você deve estar se perguntando: Qual o valor de um closet de gesso? 

O preço médio do closet de gesso é de R$ 1.500. Contudo, o valor pode variar de acordo com o tamanho e as divisórias previstas no projeto. 

Modelos de closet de gesso

É possível criar muitos modelos de closet de gesso e adaptá-los para a sua necessidade. Conheça algumas ideias de closet de gesso para se inspirar:

Projeto de closet de gesso para quartos pequenos

Projeto de closet de gesso para quartos pequenos
Imagem: Casa & Festa.

Para quem tem pouco espaço disponível no quarto, o ideal é pensar em um projeto de closet de gesso para quartos pequenos. Mas calma, pequeno não significa sem espaço para as suas coisas. Neste modelo o segredo está em otimizar cada centímetro, para isso, algumas dicas são: 

  • Aposte em prateleiras verticais para aproveitar cada cantinho;
  • Faça apenas um corredor central que te permita acesso a todas as gavetas e prateleiras;
  • Use a parede até o final, mesmo que tenha subir em um banquinho para alcançar a parte mais alta;
  • Abuse das gavetas, principalmente nas partes inferiores. 

Projeto de closet de gesso para casal

Projeto de closet de gesso para casal
Imagem: Pinterest.

Se houver bastante espaço no quarto, vale a pena investir em um closet para casal. A divisão já deve ser pensada no momento do projeto, assim cada um pode montar o espaço de acordo com as suas necessidades. Geralmente os casais gostam de dividir por lado, ficando cada um com uma parede do closet. 

É importante considerar que nem sempre quanto maior melhor. Neste caso, o que influencia na qualidade é a organização das prateleiras, cabides e gavetas. Pense bem no que faz sentido para as suas roupas e maneira de se organizar. 

Projeto closet de gesso infantil

Projeto closet de gesso infantil
Imagem: Decor e Salteado.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o closet de gesso infantil não precisa ser apenas da altura da criança. Afinal, ela vai crescer, e fazer um closet normal é muito mais prático do que ter que adaptar. 

Portanto, a dica para fazer o closet de gesso infantil perfeito é seguir a linha de um closet de gesso pequeno ou até um closet de gesso simples. Assim, ele será aproveitado em todas as etapas. 

E caso queira dar mais autonomia para o (a) pequeno (a) decidir o que vestir, basta utilizar apenas os nichos que ele (a) alcança e ir subindo conforme cresce. 

Projeto closet de gesso com porta de correr

Projeto closet de gesso com porta de correr
Imagem: The DIY Playbook.

O modelo clássico de closet de gesso é aberto, o que permite a visão de todas as roupas e acessórios. Mas uma nova tendência nesta área é o closet de gesso com porta de correr ou cortina. Esse modelo acaba tendo certas vantagens, como evitar que as roupas acumulem pelinhos e que os acessórios peguem poeira. 

Além disso, o closet com porta de correr ou cortina ajuda a esconder a bagunça, caso haja. E também dá um visual mais harmônico para o quarto. 

20 dicas de como organizar o closet de gesso

20 dicas de como organizar o closet de gesso

Não existe uma forma única de organizar o closet de gesso. Mas algumas dicas podem ajudar na hora de pensar a distribuição das peças no novo espaço. Confira 20 dicas de como organizar o closet de gesso:

  1. Antes de organizar as peças dentro do closet, analise uma por uma. Separe as peças que não vão voltar para o armário em três montes: as que necessitam de ajustes, as que vão para doação e as que vão para o lixo;
  2. Limite as roupas que irá guardar de recordação. Todo mundo tem um casaco que não serve mais, mas existe uma quantidade aceitável para isso. Portanto, não exagere;
  3. Após decidir quais looks realmente irão ficar, separe-os em: calças, blusas, vestidos, saias, casacos, etc. Assim fica mais fácil visualizar o que há;
  4. Se houver espaço sobrando, o ideal é pendurar quase todas as peças, exceto as blusas de malha, peças de tricô, vestidos de bandagem e outras roupas pesadas devem ser dobradas;
  5. Utilizar um molde pode facilitar a dobragem das peças e padronizar;
  6. Evite esconder as peças colocando uma atrás da outra ou,pois na hora de pegar a que está atrás, poderá acabar bagunçando;
  7. Não faça pilhas muito grandes também. Já que elas são difíceis de manter organizadas;
  8. Coloque as peças mais finas e que são frequentemente usadas bem ao alcance dos olhos. Assim evita ter que procurar e acabar bagunçando tudo;
  9. Lembre-se sempre de lavar as roupas antes de guardá-las para evitar que mofem ou manchem;
  10. Mas caso tenha usado e não tenha sujado, apenas deixe a peça ventilando por 24h e depois coloque-a no lugar;
  11. Invista em cabides iguais. Desta forma você não desviará o foco do que realmente importa: encontrar a roupa que deseja;
  12. Coloque nas gavetas, em ordem de prioridade, os pijamas, roupas de ginástica e camisetas;
  13. Aposte em colmeias para guardar as peças pequenas, como lingerie, cuecas, meias, entre outras;
  14. Caso divida o seu closet, evite compartilhar o mesmo espaço. Caso o armário seja em duas paredes, separe uma para cada um. Senão defina bem os nichos de cada um;
  15. Coloque os sapatos na sapateira um ao lado do outro, um pé na frente do outro ou um pé virado para frente e outro para trás. Essa é uma ótima forma de otimizar o espaço disponível;
  16. Não guarde os sapatos logo que chegar em casa. Deixe-os respirar um pouco para evitar a umidade;
  17. Nos sapatos que têm formato definido, coloque enchimentos para manter o visual;
  18. Não armazene as bolsas com objetos dentro. Se ainda tiver, vale guardá-la com o enchimento original dela;
  19. Acomode as jóias sempre em um espaço forrado com camurça ou veludo. Pode ser um porta-jóias, uma caixa organizadora ou até mesmo uma gaveta feita para essa finalidade;
  20. Para os relógios a regra é a mesma. Procure armazená-los na própria caixinha em que foi comprado.

Qual a diferença entre closet de gesso acartonado e closet de drywall?

O drywall nada mais é do que o gesso revestido pelo papel acartonado.  O gesso acartonado é formado por chapas parafusadas em estruturas metálicas. Por causa deste processo, ele consegue ser moldado em forros diferentes e não ter trincas. Ou seja, o drywall e o gesso acartonado são a mesma coisa.

O drywall surgiu em 1898 nos Estados Unidos. A invenção de Augustine Sackett transformou a construção civil norte-americana. Quando o processo foi trazido para o Brasil, o nome acartonado foi adotado em referência a forma que a técnica é aplicada. 

Qual o melhor: gesso comum ou drywall?

Qual o melhor_ gesso comum ou drywall

Tanto o gesso comum quanto o drywall levam a mesma matéria-prima: o gesso. Apesar disso, os dois são muito diferentes entre si. 

O gesso comum, é o gesso tradicional, utilizado na construção civil a bastante tempo, muito antes do drywall. Já o drywall é uma placa composta por um núcleo de gesso natural e aditivos, revestido com duas lâminas de cartão duplex. 

Ao realizar essa união, o gesso dá resistência à compressão e o cartão oferece resistência à tração, fazendo com que o material seja resistente mecanicamente.

Comparando os dois, a única vantagem que o gesso comum tem sobre o drywall é o custo mais baixo, o que não pesa tanto se observarmos as suas desvantagens. Portanto, pode-se dizer que o drywall é mais vantajoso que o gesso comum. Tendo entre elas:

  • Proporciona menor desperdício: o sistema drywall gera um desperdício menor que 5%, o que comparado com 25% dos outros materiais, resulta em quase nada;
  • Construção rápida: com dois instaladores é possível produzir cerca de 30m² de drywall em apenas um dia. Ou seja, em duas horas a parede está pronta para receber o acabamento;
  • Material mais leve: o sistema drywall pode ser até 6 vezes mais leve do que a construção tradicional, o que oferece uma redução significativa de carga na estrutura;
  • Manutenção simples: a manutenção de uma parede ou closet de drywall é muito simples e rápida de fazer.

É possível fazer um closet totalmente de gesso?

Apesar do gesso ser um material versátil e que permite diversas aplicações, não é possível fazer um closet totalmente de gesso. Isso porque, não há como construir gavetas e portas com essa matéria- prima. Portanto, somente as paredes e divisórias do closet serão de gesso. 

Como limpar um closet de gesso?

A limpeza do closet de gesso é um processo simples e que chega a ser mais fácil do que a do closet de madeira. Para remover a poeira que acumula na superfície com o tempo, uma opção é:

Utilizar uma flanela macia ou espanador para tirar o excesso de poeira e para os cantos o ideal é usar um pincel. Não é recomendado usar nenhum produto líquido ou material pesado. Os materiais secos são o suficiente para retirar a sujeira.

Essa limpeza pode ser feita uma vez por mês, sem retirar as roupas e outros objetos. E a cada 6 meses recomenda-se a higienização completa, seguida da reorganização de todos os nichos do closet. 

Outra dica é manter o local sempre fresco e arejado, assim você evita o surgimento de manchas e umidade. Mas se mesmo assim ocorrer, é importante estudar a origem e repará-la o quanto antes para evitar que as peças sejam danificadas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.