Crema marfil: preços, características, vantagens e modos de usá-lo

Se você é uma pessoa que tem um gosto mais sofisticado e, ao mesmo tempo, também tem recursos para investir em artigos de luxo, então, é muito provável que você já tenha ouvido falar do mármore crema marfil.

Normalmente, elementos em pedra são usados na decoração para deixar as estruturas mais requintadas. Na história da arquitetura, por exemplo, esses materiais eram usados em locais como templos e palácios, trazendo grande valor e sofisticação para ambientes como esses.

Com muita beleza, cores e texturas, as pedras (nesse caso, o mármore) também são resistentes e apresentam uma ótima durabilidade para as construções – o que garante também seu selo de qualidade.

Conhecendo ou não o mármore crema marfil, esse conteúdo poderá ser muito rico para você. Para quem não conhece, falaremos a respeito de suas principais características, vantagens e as diferenças entre os tipos de mármores mais conhecidos.

Por outro lado, se você já conhece e vem buscar por referências de aplicação, logo ao final do conteúdo traremos diversos exemplos para você se inspirar. Então, continue lendo o artigo e aproveite nossas dicas!

O que é crema marfil?

O que é crema marfil

Crema marfil é o nome dado para um revestimento luxuoso e bastante popular no que diz respeito ao mármore. Sua origem é espanhola e o seu nome quer dizer “creme de marfim”, em tradução literal.

Esse revestimento nada mais é que uma rocha com grandes quantidades de carbonato de cálcio e diversos outros minerais, como o quartzo, tremolita, talco, diopsídio ou olivina.

Ao saber sobre os componentes no mármore, é possível entender mais a fundo sobre o nível de temperatura e pressão em que a pedra foi exposta, o que também está diretamente atrelado a sua rigidez e durabilidade. Esses componentes, inclusive, também são responsáveis pela tonalidade das pedras e por sua textura.

Características do crema marfil

Características do creme marfil
Imagem: IntMarble.

O crema marfil é considerado um dos mais lisos entre os principais tipos de mármore, nesse caso, apresenta menos textura que o mármore travertino (que também é muito usado), por exemplo. Além disso, as suas características de tonalidade na cor bege e seu brilho colaboram para que o crema marfil ganhe muitos fãs ao redor do mundo.

Sobre limpeza e cuidados

Além de sua coloração incrível, esse tipo de mármore também apresenta cuidados específicos em relação aos cuidados e limpeza. Tal qual outros tipos de mármore, essa pedra costuma ter porosidade e, por isso, absorve qualquer líquido em contato direto (normalmente, água) – o que pode causar manchas com uma boa frequência.

Para evitar esse tipo de acontecimento, o ideal é tomar bastante cuidado com o tempo em que você deixa a água em contato direto com o crema marfil. O ideal é enxugar ou limpar o local assim que o líquido for derrubado. 

Nesse momento, você pode estar pensando “mas se o ideal é não deixar o crema marfil em contato com a água por muito tempo, então, como a limpeza deve ser feita?”.

No caso dessa pedra, o ideal é limpar de forma frequente e com produtos que sejam apropriados para suas características. Esses produtos precisam ser à base de ácido muriático e não abrasivos. Amônia, álcool, vinagre ou qualquer outro derivado não são recomendados.

Sobre sua resistência e durabilidade

Uma outra característica importante em relação ao mármore crema marfil é a sua resistência. Apesar de ser uma pedra bastante nobre e com ótima durabilidade, existem outros tipos de revestimentos que possuem essa característica de forma ainda mais forte como, por exemplo, o porcelanato e o granito

Então, se você pretende colocar o mármore crema marfil em um local com um alto fluxo de passagem de pessoas por um longo período de tempo, pode ser que seja melhor repensar sua aplicação.

Uma outra opção pode ser aplicar uma boa e generosa camada de resina para pedra ou fazer um processo de impermeabilização, o que pode evitar o aparecimento de manchas e danos a longo prazo.

Vantagens do mármore crema marfil

Vantagens do mármore crema marfil
Imagem: Pinterest.

Acima, abordamos um pouco sobre características do mármore crema marfil e algumas delas, inclusive, já se encaixam como vantagens ou desvantagens do seu uso. No entanto, existem outros tópicos que são importantes e que podem ser decisivos quando pensamos em sua aquisição.

Falando inicialmente a respeito dos benefícios desse mármore, podemos destacar os seguintes pontos:

  • Tonalidade bege: sua tonalidade é um dos principais diferenciais. Apesar de terem revestimentos que se aproximam da cor do crema marfil, sua mescla de cores e tom de fundo são inconfundíveis.
  • Utilidades variadas: o crema marfil é um tipo de mármore que pode ser tranquilamente usado em pisos como também em balcões, por exemplo. Falaremos melhor sobre isso ao final do artigo.
  • Resistência: apesar de terem opções de revestimentos ainda mais duráveis que o crema marfil, o mármore por si só já é um material com conservação excelente. Então, se você adquirir um revestimento desse tipo, não estará levando para casa algo ruim ou pouco duradouro.
  • Estética e acabamento: quando falamos de uma aplicação profissional do mármore crema marfil, é praticamente impossível ver o rejunte que fixa uma placa em outra – como se uma peça única de mármore fosse instalada. Isso faz com o que o acabamento seja incrível e considerado um dos mais bonitos.
  • Temperatura: o crema marfil é considerado um tipo de piso frio. No caso de regiões com temperaturas mais elevadas e de clima tropical, como o nosso do Brasil, é uma ótima opção – já que ajuda a diminuir a sensação de calor dentro do cômodo.
  • Combinação e decoração: retomando o ponto de sua tonalidade, a cor bege do crema marfil é ótima para combinações em ambientes interiores, devido a facilidade em usar texturas e cores junto dele. Além disso, pode ser considerado um revestimento atemporal, o que possibilita seu uso em todo e qualquer estilo decorativo.

Desvantagens do crema marfil

Sobre os pontos mais negativos do mármore crema marfil, podemos destacar os seguintes:

  • Preço: como mencionado logo no início desse conteúdo, o mármore crema marfil é considerado como um revestimento luxuoso e de requinte. Nesse caso, o preço acaba entrando como um fator de desvantagem, pois o público que adquire esse tipo de mármore acaba sendo mais nichado. Abaixo, nos próximos tópicos, falaremos com mais detalhes a respeito do seu preço.
  • Manutenção e limpeza: também já mencionado no tópico sobre características desse mármore, a manutenção e a limpeza do crema marfil podem ser entendidos como uma desvantagem, já que é necessário bastante cuidado – tanto com os produtos de limpeza quanto em relação ao contato com a água.
  • Fluxo de pessoas: também não é um tipo de mármore ideal para locais em que haverá um fluxo de pessoas alto e em todas as horas do dia. Para evitar manutenções mais caras, o ideal é fazer aplicação de resina e produtos que protegem o mármore.

Diferença entre os mármores de tonalidade bege

Comentamos no início do conteúdo a respeito da formação da tonalidade dos mármores, certo? Cada coloração, então, é proveniente da mistura de minerais relacionadas à pressão e temperatura. Isso faz com que cada tipo seja único, pois essa coloração depende de diversas circunstâncias naturais. 

Devido a esses processos, existem diversas tonalidades de mármore disponíveis no mercado como, por exemplo, o amarelo ornamental, branco marfim, cinza corumbá, ouro Brasil, preto indiano e muitos outros.

No caso dos mármores de tonalidade bege, temos três tipos que mais são procurados: o crema marfil, o travertino romano e o bege bahia. Todos eles apresentam uma tonalidade parecida, mas existem características que podem diferenciá-los entre si. Acompanhe abaixo!

Travertino romano

Travertino romano
Imagem: Pinterest.

O mármore travertino romano tem origem na Itália que, até hoje em dia, continua sendo o maior exportador dessa pedra, apesar de também existirem na Turquia, Peru e no México.

É um tipo de mármore bastante versátil e com várias utilidades, assim como o crema marfil, e também é um pouco mais caro quando comparado a outros tipos de revestimento – apesar de existirem imitações no mercado.

Sua resistência e durabilidade são excelentes e apresenta tonalidades palha até um bege um pouco mais amarelado – também por isso o travertino romano foi utilizado em construções históricas como o Coliseu e a Basílica de São Pedro.

Em relação a sua aparência, o mármore travertino romano tem detalhes em forma de risca chamados de “veios”, que são mais longos e todos para um mesmo sentido. Visto de longe, esse mármore também pode parecer um tipo de tábua devido a essa característica.

Bege Bahia

Bege Bahia

O mármore bege Bahia, como o próprio nome indica, é um tipo de mármore encontrado aqui no Brasil. É uma rocha calcária encontrada na região do rio Salitre, localizado na Bahia.

Devido a sua origem nacional, é um tipo de mármore bastante encontrado em construções mais requintadas do país, levando um tom charmoso e sofisticado aos ambientes.

Sobre sua resistência, tudo irá depender do local no qual esse mármore será aplicado, assim como o crema marfil. 

Em relação a sua aparência, diferentemente do crema marfil e do travertino romano, o mármore bege bahia aparenta ter manchas de cores distintas, podendo ser brancas ou em outros tons de bege. Esse tipo também tem “veios”, porém, eles são mais espaçados entre si e menores. Além disso, tem uma tonalidade de bege um pouco mais clara que as demais.

Em resumo

De forma resumida, temos as seguintes diferenças entre esses 3 tipos de mármores beges:

  • Travertino Romano: origem italiana com “veios” longos e, geralmente, em uma única direção.
  • Bege Bahia: origem nacional, tonalidade mais clara, com “veios” mais menores e mais espaçados.
  • Crema Marfil: origem espanhola, aparência mais lisa e uniforme devido aos “veios” mais suaves.

Dúvidas frequentes sobre o mármore crema marfil

Certo! Nessa altura do nosso conteúdo você, provavelmente, já conseguiu entender claramente o que é o crema marfil, suas características e as diferenças entre os revestimentos em mármore que tem a mesma tonalidade.

No entanto, as curiosidades e dúvidas frequentes sobre o crema marfil não acabam por aí. É muito comum que as pessoas tenham dúvidas sobre como utilizá-lo e com o que combinar no momento da decoração (muitas vezes, por medo de dar pouco destaque para esse revestimento tão incrível).

Outro ponto de dúvida que também é muito comum é sobre o preço. É por isso que, abaixo, vamos falar exatamente sobre esses tópicos. 

Onde usar o crema marfil? 4 exemplos!

Em uma das vantagens do mármore crema marfil, abordamos sobre suas utilidades diversas. Nesse sentido, esse tipo de revestimento pode ser aplicado em vários lugares e com funções distintas, por exemplo:

  • Áreas internas e externas: devido a sua boa resistência, é um revestimento tranquilamente aplicável em áreas internas e externas. O acabamento pode variar de acordo com o ambiente, então, no caso de áreas internas o ideal é usar o crema marfil mais liso e uniforme. Para áreas externas, o melhor é optar por um acabamento jateado ou flameado (antiderrapante).
Onde usar o crema marfil 4 exemplos
Imagem: Pinterest.
Onde usar o crema marfil 4 exemplos (2)
Imagem: Dokar.
  • Lavabo e banheiro: o crema marfil pode ser usado nos lavabos, principalmente, como pedra das pias.  O ponto de atenção, nesse caso, é só em relação a manter a pia seca para evitar manchas.
Onde usar o crema marfil 4 exemplos (3)
Imagem: Estação Pedra Bella Mármores & Granitos.
  • Paredes: a aplicação do crema marfil em paredes também é uma ótima opção. Nesses casos, você consegue encontrar peças pequenas em crema marfil para dar detalhes a alguma parede em específico ou usar, inclusive, nos painéis de TV.
Onde usar o crema marfil 4 exemplos (4)
Imagem: MRJ Mármores.
  • Escadas: o crema marfil usado em escadas é uma das opções mais comumente vistas. Isso porque ele dá um toque especial devido a sua tonalidade bege e contrasta muito bem com uma parede da cor branca, por exemplo.
Onde usar o crema marfil 4 exemplos (5)
Imagem: HP Mármores.

O que combina com crema marfil?

O crema marfil, por ter uma tonalidade bege (considerada uma cor básica), é facilmente combinada com diversos elementos quando falamos de decoração. Nesses casos, você pode trabalhar tanto com cores quanto com texturas diferentes.

Você pode mesclar a cor bege do crema marfil com tons de marrom de outras pedras de mármore, como a carrara e marrom imperial, por exemplo. Também é possível combinar com tons de verdes de plantas e com detalhes dourados, principalmente, pensando em locais internos como uma sala de estar.

Qual o preço do crema marfil?

O mármore crema marfil é considerado um revestimento luxuoso, porém, também não o mais caro. O preço do metro quadrado de uma placa de mármore como essa pode custar em torno de R$ 700,00.

Esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para você e que tenha tirado as suas dúvidas sobre o crema marfil. Aproveite o tempo e leia também sobre outro tipo de revestimento: o granito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.