Telha sanduíche: vantagens que aliam isolamento e custo x benefício!

Um dos momentos mais importantes na construção ou reforma de uma casa é decidir qual telha será usada na cobertura da obra. O material do telhado é super importante para o conforto termo acústico do ambiente, além de ser importante visualmente, para fins de escoamento e na proteção da estrutura da obra.

Existem diversos tipos de telhas disponíveis no mercado e uma delas é a chamada telha sanduíche – que será o foco do conteúdo de hoje. Essa telha pode ser considerada a melhor quando se trata de isolamento acústico e pode ser ótima no controle de incêndios ou acidentes com fiação.

Se você deseja entender mais sobre a telha sanduíche, suas características, vantagens e valores também, continue lendo o artigo abaixo e aproveite as dicas!

O que é uma telha sanduíche?

Esse tipo de telha é formada por chapas de metal juntamente com algum tipo de isolante térmico – que pode ser o poliuretano (com rocha, lã e vidro), poliestireno, polisocianurato ou o isopor, por exemplo.

O nome “telha sanduíche” vem justamente devido ao seu formato, já que as duas chapas de metal separam esse material isolante, formando uma espécie de “sanduíche”.

No caso das chapas de metal, o material pode variar. No mercado, a telha sanduíche é bastante encontrada com base de alumínio ou alumínio + aço também.

Os benefícios da telha sanduíche!

Os benefícios da telha sanduíche
Imagem: Pinterest.

Como mencionado no começo do conteúdo, a telha de sanduíche pode ser considerada uma referência quando o assunto é isolamento acústico, com foco em reduzir barulhos. Além desse benefício, também podemos contar com:

  • Isolamento térmico: além de também fazer um isolamento de som, a telha sanduíche preserva o clima dos ambientes e evita que grandes oscilações de temperatura cheguem no interior da obra.
  • Eficácia: falando ainda sobre o isolamento acústico, existem alguns tipos de telhas sanduíche que chegam a isolar cerca de 90% do ambiente. Por isso, é um ótimo tipo de cobertura para casas de show ou estúdios de música, por exemplo.
  • Sustentabilidade: por ser feita de materiais recicláveis, a telha sanduíche é uma opção mais ecológica para as casas. Isso também acontece devido a sua vida útil e capacidade de segurar a temperatura nos ambientes – garantindo uma maior economia de energia.
  • Controle de acidentes: acidentes com fogo na cobertura da casa, principalmente, provenientes de fiação podem ser comuns em casas mais antigas ou com baixa manutenção da parte elétrica. A telha sanduíche pode ser ótima também nesse quesito, tornando-se uma opção de cobertura mais segura.
  • Não absorve água: a telha sanduíche também tem a vantagem de não absorver água, devido ao componente localizado entre as chapas de metal. Dessa forma, é um tipo de cobertura que evita o aparecimento de goteiras ou vazamentos.
  • Economia de energia: a longo prazo, uma grande vantagem da telha sanduíche é a sua ajuda na economia de energia elétrica, principalmente, devido ao conforto térmico que apresenta. Dessa forma, a instalação de ventiladores ou ar condicionado não é tão necessária.
  • Visual da estrutura: uma outra vantagem é na parte visual. A telha sanduíche pode ficar exposta e se unir à decoração com bastante facilidade, principalmente se sua base for de alumínio.
  • Personalização: a telha sanduíche também pode ser super personalizável no que diz respeito a formato, cores, tamanho e espessura – de acordo com a obra. Por ter várias opções disponíveis, é possível abusar da criatividade em construções que levam esse tipo de cobertura.

E as desvantagens?

Em relação às desvantagens da telha sanduíche, podemos considerar algumas bem importantes. Acompanhe a seguir.

  • Preço: a telha sanduíche costuma ser um pouco mais cara que outros tipos de telha, já que carrega mais materiais em sua composição. No entanto, apesar disso, tem uma ótima qualidade e o resultado é muito positivo – o que faz com que o preço seja compreensível.
  • Aplicação: no caso, essa telha só pode ser aplicada por profissionais especializados, já que nem todas as casas têm estruturas projetadas para receber telhas termoacústicas.

    Se uma telha sanduiche for instalada em local inapropriado, o bom resultado esperado pode ser completamente diferente, com aparecimento de goteiras, falhas na proteção térmica e riscos de destelhamento também.

Quais são os tipos de telha sanduíche?

A telha do tipo sanduíche pode ter diversas variações relacionadas aos seus componentes, tanto em relação às chapas de metal quanto ao seu “recheio” com diversos tipos de isolamento.

No entanto, existem 2 tipos disponíveis no mercado que variam conforme estrutura: a telha dupla e a telha simples.

Quais são os tipos de telha sanduíche
Imagem: TermoMix.

Telha sanduíche dupla

A telha sanduíche dupla conta com duas camadas de chapas de metal. A estrutura fica da seguinte forma:

  • Parte de cima: 1ª chapa de metal;
  • Meio: revestimentos que sejam isolantes térmicos;
  • Parte de baixo: 2ª chapa de metal.

Dê uma olhada no exemplo abaixo!

Telha sanduíche dupla
Imagem: Soluções Industriais.

Telha sanduíche simples

Já a telha sanduíche simples, como o próprio nome já presume, conta com apenas 1 chapa de metal – que fica voltada para a área externa da casa.

Assim, ela é composta por apenas 1 chapa, depois é revestida por um isolante térmico e, por fim, vem uma folha de alumínio na parte de baixo (no caso, a folha de alumínio é colocada na “parte de baixo” por ficar virada para a área interna da obra). 

Qual delas é a mais ideal para minha obra?

Depende muito! Para escolher entre as duas você deve levar em consideração as suas necessidades e o valor disponível que você tem para a compra.

Muitas vezes, o que costuma valer mais a pena é ficar de olho no isolante térmico usado, assim…

  • Se você prioriza conforto térmico, o revestimento com poliuretano é o mais ideal;
  • Se você prioriza conforto acústico, o revestimento em isopor é mais indicado.

Então, se você tem um dinheiro maior reservado para a construção do seu estúdio de música, por exemplo, considere para a compra uma telha sanduiche dupla com isopor como isolante. 

Importante ressaltar que, além do isolamento, as características da sua cobertura são fatores determinantes para o uso da telha sanduíche. Não faz sentido, por exemplo, investir muito dinheiro em vários metros desse tipo de telha (e evitar que o calor entre de forma direta) se você tem uma área grande de iluminação natural.

Além disso, atente-se ao formato do seu telhado: se a sua cobertura for mais curva, o ideal é que use um modelo de telha mais ondulado. No caso de coberturas em formato de arco, prefira as telhas trapezoidais.

Preço da telha sanduíche

Indicado como uma das desvantagens desse tipo de telha, o preço pode ser um ponto de atenção ao comprar uma do tipo sanduíche. No entanto, o custo-benefício é muito bom e os valores mais salgados podem valer a pena.

Confira algumas variações de preço!

  • 1 metro de telha sanduíche simples com aço, poliisocianurato (PIR) e folha de alumínio (30mm): varia entre R$115 a 130,00.
  • 1 metro de telha sanduíche dupla com aço branco, PIR e aço branco (30mm): varia entre R$150 a 175,00.
  • 1 metro de telha sanduíche dupla com aço branco, PIR e aço inferior amadeirado (30mm): varia entre R$180 a 202,00.
  • 1 metro de telha sanduíche dupla com aço branco, PIR, aço branco (50mm): varia entre R$180 a 200,00.

Como exemplo, no caso de 1 metro de telha de alumínio sem revestimento, o valor fica em torno de R$65 a 120,00.

Por isso, compare preços e busque a opção que mais faça sentido para sua construção. Além disso, considere também o custo de instalação.

Instalação de uma telha sanduíche

Falando em instalação… como já dito, ela só pode ser feita por profissionais especializados, já que a telha sanduíche é comportada por estruturas bem específicas de obra.

Esse processo depende de alguns fatores e análises prévias que devem ser feitas por um profissional. Acompanhe abaixo para entender melhor.

Etapa 1: a pré-instalação

Para que sua cobertura comporte uma telha sanduíche, ela precisa ter um tamanho ideal – já que a telha deve ser instalada com um distanciamento máximo entre os apoios da obra para que suporte cargas de vento, chuva e, inclusive, de circulação de pessoas para manutenção.

Além disso, a geometria do telhado e o tamanho da folha da telha também devem ser levadas em consideração. Já em relação ao distanciamento entre as telhas sanduíches, você pode seguir a seguinte tabela:

Etapa 1_ a pré-instalação telha sanduíche
Imagem: Calculista de Aço.

Outro ponto super importante para ser observado é o material escolhido para o isolamento da telha sanduíche e o seu peso. No mercado, o isopor pode ser encontrado com duas densidades diferentes: de 13kg por m³ e 20kg por m³, por exemplo.

A proteção anticorrosiva da telha, bem como seu comprimento devem ser avaliados igualmente. No caso da proteção, são encontradas 2 tipos mais comuns para a compra:

  • Telha galvanizada: essa primeira recebe um banho de zinco para evitar corrosão na peça e é uma das anticorrosivas mais em conta.
  • Telha galvalume: no caso desse segundo tipo, além de uma barreira de proteção de zinco, ela também recebe uma camada de alumínio, aumentando 4 vezes sua resistência – até por isso tende a ser mais cara.

Em relação ao comprimento das folhas, é importante estar atento às emendas entre uma e outra, já que são nesses espaços que vazamentos costumam acontecer se não forem seguidas as melhores práticas de instalação.

Etapa 2: instalação

A instalação da telha sanduíche deve ser feita com bastante cautela e deve-se pensar até no tipo de parafuso utilizado. Para deixar essas telhas super bem colocadas, é preciso usar parafusos do tipo auto perfurantes ou autobrocantes, como também são chamados.

Esses parafusos devem ter um tamanho mínimo para que atravessem o revestimento isolante da telha e anéis de vedação também são bem-vindos.

Para fixá-las, os seguintes passos devem ser seguidos:

Etapa 2_ instalação da telha sanduíche
Imagem: Metalpar.
  • Fixe primeiro as ondas baixas da telha sanduiche;
  • Depois disso, faça a costura (indica na imagem acima) em todas as bordas da telha;
  • O próximo passo é fazer a fixação alternada com parafuso autoperfurante;
  • Por fim, certifique-se que as telhas estejam firmes.

Importante lembrar que a telha sanduíche deve atender as normas técnicas da ABNT NBR 16.373:2015 – Telhas e painéis termoacústicos – Requisitos de desempenho, elaborada pelo Comitê Brasileiro de Siderurgia (ABNT/CB-28). 

Essa norma garante que haja uma classificação no desempenho da telha, com especificações na fabricação, encomenda e fornecimento em geral. Essa norma pode ser aplicada em telhas de aço galvanizado, galvalume, aço, alumínio, zipadas e painéis metálicos também.

Depois do processo de instalação da telha sanduíche, é necessário fazer a manutenção seguindo alguns cuidados específicos para que as telhas tenham o maior tempo de vida útil possível.

Cuidados e manutenção da telha sanduíche!

Cuidados e manutenção da telha sanduíche
Imagem: Açofer.

Normalmente, a manutenção de uma telha sanduíche é bastante simples. É interessante fazer uma limpeza nas calhas e verificar com mais frequência a vedação das emendas.

Esse processo de checagem pode ser feito em períodos mais longos – a cada 3 anos, por exemplo. No caso da limpeza, o ideal é que seja feita com mais frequência – a cada 6 meses. Esse processo pode ser feito com o uso de água e sabão.

Com uma boa prevenção, problemas de vazamento e desgastes maiores são evitados, além de gastos extras também.

Além dos cuidados mencionados, atente-se também aos seguintes pontos:

  • Verifique com mais frequência se há objetos que possam impedir o escoamento da água da chuva – causando pontos de oxidação em telhas que não tenham proteção anticorrosiva.
  • Se você tem telha sanduíche em fachadas, pode ser interessante fazer uma limpeza com máquinas de pressão para remover resíduos mais grossos.
  • Fique de olho também na descoloração da telha. Normalmente, devido à exposição constante ao clima, a telha pode sofrer desgastes e um deles é a saída da tinta.

    A pintura, nesses casos, também serve como proteção. Caso isso aconteça, procure reaplicar a tinta seguindo as instruções do fabricante.  

Esperamos que esse conteúdo sobre telha sanduíche tenha sido útil para você e para a sua obra. Se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários!

Aproveite o tempo e leia também sobre as telhas de zinco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.