Madeira resistente à água: confira as melhores opções para seu projeto

A madeira é um dos materiais de construção mais usados no mundo. A sua versatilidade permite que ela seja aplicada em diferentes espaços e para as mais diversas finalidades. No entanto, quando é pensada para áreas externas, o ideal é optar por uma madeira resistente à água. 

Casas, sobrados, kitnets, salões de festa, decks para piscina, pergolados: essas são apenas algumas das aplicações da madeira em locais com incidência de água. 

Quer descobrir quais as opções de madeira resistente à água são indicadas para a sua obra? Então, continue com a gente neste conteúdo e confira os tipos de madeira mais recomendados para ter contato com a água.

Qual a madeira resistente à água?

Existem diversos tipos de madeira, cada uma possui as suas características. Algumas delas são mais resistentes à água do que outras. Para quem quer saber qual a madeira resistente à água ou qual tipo de madeira pode molhar, trouxemos algumas opções:

Madeira Ipê 

ipê

A madeira Ipê é a primeira da lista, pois é referência quando se trata de resistência à umidade. Além de possuir alta resistência à intempéries e uma excelente durabilidade. 

O seu próprio nome faz referência a suas características: Ipê em Tupi significa “casca dura”. O tempo estimado de vida útil da madeira Ipê é de 8 a 9 anos. 

A sua versatilidade faz com que possa ser aplicada em diferentes tipos de projetos e ambientes. É pouco lustrosa, o que a torna uma boa opção para cômodos internos também. 

Características básicas da madeira Ipê:

  • Resulta em um bom acabamento;
  • Não tem brilho;
  • Sua cor é parda ou castanha com reflexos amarelados ou esverdeados, com alburno branco-amarelado;
  • Possui densidade elevada;
  • É dura ao corte.

Aplicações da madeira Ipê em áreas suscetíveis à água:

  • Pontes;
  • Dormentes;
  • Cruzetas;
  • Defensas;
  • Portas;
  • Decks;
  • Janelas.

Qual o preço da madeira Ipê?

O preço médio da madeira Ipê é de R$315,00 por m².

Madeira Peroba-rosa

peroba-rosa

A madeira Peroba-rosa é outra que responde bem a ambientes com umidade. A sua tonalidade clara é única e proporciona um tom mais clean ao espaço em que é aplicada. 

É bastante resistente à intempéries, ou seja, locais com alta exposição às diferentes condições climáticas, e tem uma durabilidade excelente. A sua textura é fina, apesar disso, é bem dura. 

A sua superfície lisa permite que seja trabalhada em todos os estilos, desde o rústico ao luxuoso. Sendo escolhida como matéria-prima para móveis externos, como mesas, bancos e cadeiras. 

Características básicas da madeira Peroba-rosa:

  • Resulta em um bom acabamento;
  • Não tem brilho;
  • Sua cor é cerne róseo quando recém cortado passando a amarelo-rosado com o tempo, uniforme ou com veios mais escuros;
  • Possui densidade média;
  • É dura ao corte.

Aplicações da madeira Peroba-rosa em áreas suscetíveis à água:

  • Dormentes;
  • Cruzetas;
  • Portas;
  • Janelas;
  • Bancos;
  • Mesas;
  • Cadeiras.

Qual o preço da madeira Peroba-rosa?

O preço médio da madeira Peroba-rosa é de R$1.100,00 por m².

Madeira Cumaru

cumaru

As características da madeira Cumaru que mais se destacam são a sua grande durabilidade e sua resistência às intempéries. Ela também é muito semelhante à madeira Ipê.

Mesmo sem tratamento, é considerada uma boa alternativa para espaços úmidos ou que têm contato direto com a água. A sua densidade é elevada e possui um formato padronizado, sem muitas variações de cores entre as peças. Geralmente tem coloração mais escura que se intensifica depois de aplicado o verniz.

A sua utilização é indicada especialmente para decks, assoalhos, pergolados e escadas. Mas por ser muito resistente, pode ser um pouco complicada para manusear, lixar e cortar. 

Características básicas da madeira Cumaru:

  • Resulta em um bom acabamento;
  • Tem brilho moderado;
  • Sua cor é castanho-claro-amarelado;
  • Possui densidade alta;
  • É dura ao corte.

Aplicações da madeira Cumaru em áreas suscetíveis à água:

  • Pontes;
  • Assoalhos;
  • Pergolado;
  • Escadas;
  • Postes;
  • Mourões;
  • Estacas;
  • Esteios;
  • Dormentes;
  • Decks;
  • Embarcações.

Qual o preço da madeira Cumaru?

O preço médio da madeira Cumaru é de R$50,00 por m².

Madeira Tatajuba

mogno

A madeira Tatajuba é proveniente da árvore Bagassa guianensis, que pode chegar de 15 a 25 metros de altura. A sua densidade é pesada, chegando a cerca de 830 kg/m³. Por causa disso, é utilizada normalmente em ambientes exteriores.

A sua durabilidade natural é elevada e é possível potencializá-la ainda mais com  o contato com a umidade. Também é indicada para quem se incomoda com cheiros fortes, pois não possui aroma. 

Apesar de ser dura, é fácil trabalhá-la tanto com ferramentas mecânicas, quanto manuais. Possui um alto brilho nas superfícies e uma textura média. É comum na fabricação de assoalhos, decks, rodapés, vigas e estacas. 

Características básicas da madeira Tatajuba:

  • Resulta em um bom acabamento;
  • Tem brilho alto;
  • A sua cor é amarela logo após o corte da madeira, muitas vezes com faixas mais escuras depois da secagem a cor se torna amarela oliva e após a exposição à luz, transforma-se em marrom dourado;
  • Possui densidade alta;
  • É dura ao corte.

Aplicações da madeira Tatajuba em áreas suscetíveis à água:

  • Vigas;
  • Rodapés;
  • Assoalhos;
  • Decks;
  • Estacas.

Qual o preço da madeira Tatajuba?

O preço médio da madeira Tatajuba é de R$160,00 por m².

Madeira Teca

pinho

A madeira Teca não é tão procurada no mercado, mas também é uma solução resistente à água. Ela é estável e reage bem à ação do sol e a variação térmica, da água de chuva e do mar e até mesmo ao ataque de pragas.

Além disso, é conhecida por sua versatilidade, sendo possível aplicá-la em diferentes projetos. 

Características básicas da madeira Teca:

  • Resulta em um bom acabamento;
  • Tem brilho moderado;
  • Sua cor é castanho-dourado ou médio, escurecendo com o tempo;
  • Possui densidade alta;
  • É dura ao corte.

Aplicações da madeira Teca em áreas suscetíveis à água:

  • Assoalhos;
  • Rodapés;
  • Pergolado;
  • Escadas;
  • Decks.

Qual o preço da madeira Teca?

O preço cúbico da madeira Teca varia entre US$ 400 e US$ 3.000 dependendo da sua qualidade. 

Madeira Jatobá

jatobá

A madeira Jatobá é muito resistente à umidade e ao apodrecimento, é completamente impermeável. Serve inclusive de matéria-prima para a construção de casas. 

A sua vida média é de 9 anos, sendo considerada durável. É moderadamente fácil de trabalhar e aceita diferentes acabamentos e coberturas. 

Características básicas da madeira Jatobá:

  • Resulta em bom acabamento;
  • Tem brilho moderado;
  • Sua cor vai do castanho-amarelado ao castanho-avermelhado;
  • Possui densidade alta;
  • É dura ao corte.

Aplicações da madeira Jatobá em áreas suscetíveis à água:

  • Dormentes;
  • Vigas;
  • Janelas;
  • Rodapés;
  • Cruzetas;
  • Casas.

Qual o preço da madeira Jatobá?

O preço médio da madeira Jatobá é de R$95,00 por m².

Pinus é uma madeira resistente à água?

pinus

A madeira Pinus é um dos tipos de madeira mais versáteis que existem. Ela não é a mais indicada para áreas externas, mas certamente pode molhar madeira de Pinus. Principalmente se ela tiver o acabamento adequado. 

Inclusive por seu bom custo benefício, é o tipo de madeira mais utilizado na construção de casas. Outro ponto positivo do Pinus é a sustentabilidade, uma vez que é uma madeira de reflorestamento.

Características básicas da madeira do Pinus:

  • Resulta em um bom acabamento;
  • Tem brilho moderado;
  • Sua cor é branco-amarelado;
  • Possui densidade baixa;
  • Macia ao corte.

Aplicações da madeira Jatobá em áreas suscetíveis à água:

  • Vigas;
  • Casas;
  • Decks.

Confira também estas incríveis casas de pinus pré-fabricadas!

Qual o preço da madeira Pinus?

O preço médio da madeira Pinus é de R$20,00 por m².

Madeira resistente à água: preço

O preço da madeira resistente à água varia consideravelmente. Apesar da característica em comum, o valor dos tipos de madeiras que apresentamos oscilam bastante. Isso acontece por diversos fatores, como: oferta do material, região em que está, durabilidade, características particulares, tratamento, entre outros. 

Portanto, se a sua pergunta é: Madeira resistente à água é barata? 

A resposta é: Depende!

Vamos conferir uma comparação entre as opções de madeira resistente à água preço:

Madeira Cumaru: R$50,00 por m²;

Madeira jatobá: R$95,00 por m².

Madeira Tatajuba: preço médio de R$160,00 por m²;

Madeira Ipê: preço médio de R$315,00 por m²;

Madeira Peroba-rosa: preço médio de R$1.100,00 por m²;

Madeira Teca: entre US$ 400 e US$ 3.000 por m³.

Madeira resistente à chuva e sol

Geralmente quem procura uma madeira resistente à água, pensa em aplicá-la em um projeto externo. Ou seja, além da água da chuva, ela será exposta às mudanças climáticas. Então, qual é a madeira resistente à chuva e sol? Qual é a porta de madeira resistente à água? Qual é a porta de madeira resistente à chuva e sol?

Todos os tipos que citamos são madeira resistente à chuva e sol. As características de cada uma respondem bem a ambientes externos. Apesar disso, uma delas se destaca: a Teca. Ela é bem resistente às mudanças climáticas e ao sol forte. 

Já a porta de madeira resistente à água e a porta de madeira resistente à chuva e sol podem ser fabricadas com o Ipê e a Peroba-rosa, que são mais usadas para esta finalidade. 

Madeira resistente à água salgada

Agora, quando se trata de madeira resistente à água salgada, a madeira Cumaru é a escolha ideal. Ela era frequentemente usada na fabricação das embarcações algumas décadas atrás. 

O compensado naval também é uma espécie de madeira resistente à água salgada. Ele é uma placa composta por vários tipos de madeira sobrepostas e que são coladas umas às outras. A forma como estas lâminas torneadas são colocadas originam uma resistência mecânica à flexão superior.

Apesar de ser criado originalmente para aplicação em projetos de marcenaria de iates e barcos, também é usado em espaços como cozinhas, banheiros, lavanderias e ambientes externos cobertos.

Madeira resistente a água para banheiro

Mas não é apenas em ambientes externos que a madeira está sujeita à água. Em cômodos mais úmidos, como o banheiro, também deve-se ter este cuidado ao escolher. 

A madeira resistente à água para banheiro são basicamente as mesmas indicadas para o uso externo: Ipê, Cumaru, Peroba-rosa, Teca, Jatobá e Tatajuba. Podendo utilizar também: Itaúba e Sucupira.

Essas mesmas indicações servem para quem busca por madeira resistente à água para pia. 

Outra opção para quem quer adicionar madeira ao banheiro, porém sem se preocupar com a umidade são os revestimentos que imitam madeira. Alguns são tão realistas que podem ser confundidos com madeira de verdade. 

Além da madeira em seu estado natural, que serve para a pia e prateleiras, há revestimentos que são fabricados a partir da madeira. Eles acabam exigindo mais cuidado do que a alternativa anterior, mas ainda devem ser considerados dependendo da vontade do proprietário. 

Cuidado para garantir a durabilidade da madeira

É possível potencializar a característica da madeira resistente à água ao oferecer o acabamento ideal. Ao aplicar o acabamento adequado, pode-se garantir que a madeira demore ainda mais para sofrer danos e começar a apresentar deformidades por causa da exposição à água. 

Para oferecer este cuidado a mais para a madeira, os acabamentos com ceras, vernizes e óleos ou acabamentos à base de água são boas opções. Eles oferecem diferentes tipos de proteção, aumentando a durabilidade e dando um toque natural e decorativo à peça de madeira. 

Esta proteção é importante até mesmo em madeiras que não foram feitas para entrar em contato direto com a água, como as pias e os decks cobertos. Isso porque, acidentes podem acontecer, e é sempre bom estar preparado. Por isso, todas as matérias-primas de madeira merecem atenção. 

Apesar de haver muitos tipos de acabamento, o mais recomendado, e que dependendo da escolha, pode ser o mais em conta também, é o acabamento para madeira em verniz à base de óleo. Uma vez que este material assegura maior impermeabilidade e maior durabilidade à madeira. No entanto, o verniz necessita ser aplicado novamente ao menos uma vez a cada ano.

Outra forma de impermeabilizar a madeira é aplicando o verniz stain. Essa solução penetra alguns milímetros na madeira e a torna totalmente impermeável.  E um ponto positivo do stain em relação ao verniz é o de que ele não necessita ser reaplicado. Ou seja, acaba sendo mais prático e eficiente. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.