Tipos de revestimento: conheça todas as opções em paredes, pisos e +

O acabamento é a etapa que dá singularidade e beleza à construção. Os detalhes são essenciais para transformar uma casa em lar. Escolher os tipos de revestimento que será colocado em cada cômodo é uma decisão importante, pois afeta toda a energia do ambiente.

No mercado existem diversos tipos de revestimento, alguns são mais indicados para áreas internas, outros para as internas. O estilo decorativo também deve ser levado em conta no momento da escolha. 

Mas com tantas opções, fica difícil decidir em qual investir apenas olhando. Por isso, neste conteúdo apresentaremos os tipos de revestimento e as características de cada um. Além de apresentar a lista completa dos indicados para cada finalidade e área da casa. Continue lendo e aprenda tudo sobre o assunto! 

O que são revestimentos?

A palavra revestimento é utilizada para nomear os acabamentos de pisos e paredes. São itens colocados por cima do chão e das divisórias a fim de protegê-los e dar um visual mais bonito ao cômodo. Ou seja, todos os materiais que revestem a alvenaria.

Alguns exemplos de revestimento para parede e piso são: azulejos, porcelanatos, cerâmicas, pisos cimentícios, pastilhas e pedras.

Mas ao escolher um dos tipos de revestimento é importante não ater-se apenas ao quesito estético, a funcionalidade também é essencial. Por isso, leve em consideração se o acabamento será aplicado em um local interno ou externo, se estará exposto ao calor e qual será sua função. 

Quais são os tipos de revestimentos?

Conheça quais são os tipos de revestimentos na construção civil mais utilizados e suas principais características: 

Cerâmicos

Cerâmicos

Um dos revestimentos mais utilizados no Brasil é o cerâmico. Existem tipos de revestimentos cerâmicos com versões para piso e parede. 

Antigamente sua produção era feita de maneira artesanal. Atualmente a fabricação passou a ser por meio de processos industriais. 

A principal vantagem do revestimento cerâmico é a facilidade de limpeza. Além da sua versatilidade, há opções para todas as áreas da casa e também para todos os estilos. Os modelos são infinitos e certamente tem um que combina com a sua decoração.

Os tamanhos mais comuns de azulejos (para parede) são: 15×15, 30×30, 35×35, 30×60, 40×90, 45×45 e 50×50.

Também há uma variedade de acabamento. Os mais utilizados são: 

  • Acetinados: o azulejo acetinado é um modelo esmaltado, mas com o brilho menos intenso;
  • Brilhantes: azulejo brilhante também é  esmaltado, porém diferentemente do primeiro, tem alto brilho;
  • Estampados: o azulejo estampado é esmaltado com diferentes estampas e desenhos.

Porcelanato 

Porcelanato 

O porcelanato é visualmente semelhante a cerâmica. Contudo, é fabricado a partir de um processo mais tecnológico e moderno que o torna mais resistente e homogêneo do que a primeira opção. 

O porcelanato é produzido a partir da mistura de porcelana com diversos minerais que é queimada em uma alta temperatura. Este processo dá mais resistência, menos porosidade, e aumenta a durabilidade do revestimento.

A facilidade de limpeza e a possibilidade de aplicação em ambientes residenciais e comerciais são outras vantagens do porcelanato. 

No mercado é possível encontrar uma variedade de tamanhos e cores, sendo que existem modelos para chão e parede. 

Quais são os tipos de azulejos?

O revestimento de porcelanato possui diversos tipos de acabamentos. Os mais comuns são:

  • Acetinado: o porcelanato acetinado tem finalização fosca, não é escorregadio e é mais resistente a manchas e arranhões;
  • Polido: o porcelanato polido tem acabamento brilhante, não absorve água e é fácil de limpar, porém é escorregadio; 
  • Natural: o porcelanato natural não recebe acabamento, o que dá um design rústico para a peça;
  • Externo: o porcelanato externo possui uma conta com superfície rugosa e pouco escorregadia.

Também há diferença na borda do porcelanato, tendo versões retificadas ou bold:

Bold: a versão bold da borda do porcelanato apresenta um leve arredondamento. Sendo indicado deixar em torno de 3mm entre as peças ao fixá-las;

Retificadas: as versões retificadas da borda do porcelanato são totalmente retas. O detalhe entrega um tom mais clean ao projeto.

Piso vinílico

Piso vinílico

O piso vinílico é um revestimento composto por PVC, um produto feito com material reciclável e de baixo impacto ambiental. É bastante resistente a riscos, manchas e a água. Possui tecnologia hipoalergênica e absorção de ruídos. 

Tem boa durabilidade e é considerado um piso quente, pois transmite uma sensação de calor e conforto, ideal para todos os cômodos.

Apesar da boa resistência à água, sua utilização em áreas externas deve ser evitada, uma vez que o contato frequente com ela pode ocasionar no descolamento. 

A instalação do piso vinílico é bem simples, podendo ser feita no sistema cola ou click. 

Piso e laminados de madeira

Piso e laminados de madeira

A madeira é uma das matérias-primas mais procuradas para revestir paredes e chão. O seu design combina com todos os estilos de decoração, além de deixar o ambiente mais aconchegante e convidativo. 

A busca é tanta que são muitas as possibilidades de incluir a madeira na composição do cômodo, existem: pisos, laminados e até alguns revestimentos que imitam madeira. As opções mais utilizadas são:

  • Piso laminado: o piso laminado é composto por peças prontas que são colocadas por cima de uma manta de polietileno. A sua aplicação é fácil e o material tem um bom custo-benefício, pois é feito com madeira aglomerada.  
  • Taco: o taco foi um revestimento bastante usado no Brasil entre as décadas de 1950 e 1960. São pequenos pedaços de madeira colocados por cima do contrapiso, formando desenhos geométricos. Apesar da estética agradável, a sua instalação é trabalhosa e necessita de lixamento e aplicação de verniz; 
  • Tábua ou assoalho: o revestimento feito com tábua ou assoalho tem um preço mais elevado do que o lamido, pois é feito com madeira natural. A sua instalação precisa de um contrapiso nivelado e de lixamento e verniz após colocado; 
  • Madeira de demolição: a madeira de demolição é um revestimento resistente e que pode durar anos se for tratada corretamente. A sua aplicação dá um visual mais rústico para a decoração. 

As melhores madeiras para piso são: Carvalho, Cumaru, Ipê, Jatobá, Marfim, Peroba e Teca.

Pedra Natural

Pedra Natural

As pedras naturais são retiradas da natureza, portanto não é possível controlar sua aparência ou formato. Este tipo de revestimento pode ser usado no chão, paredes e bancadas. 

Para escolher a pedra ideal para o seu projeto, é interessante conhecer as características de cada uma. Confira as pedras naturais mais usadas como revestimento:

  • Granito: o granito é uma rocha magmática conhecida pela sua dureza. Além disso, é bastante resistente a riscos, como manchas e a elementos químicos;
  • Ardósia: a ardósia é uma rocha metamórfica de grau muito baixo que possui uma  granulação muito fina, pouco brilho, cristalinidade baixa, clivagem ardosiana;
  • Mármore: há uma grande diversidade de mármore. É uma pedra resistente e durável, mas que absorve com facilidade água e gordura;
  • Quartzito: o quartzito é uma pedra antiderrapante e absorve água sem perder a boa aparência e propagar calor.

Pastilhas

Pastilhas

As pastilhas são versões menores dos azulejos. É um revestimento exclusivo para as paredes. Além dos modelos clássicos, feitos de cerâmica, também é possível encontrar em vidro e em porcelana, madeira, inox, pedra e até casca de coco.

A variedade de cores e desenhos impressiona, inovando inclusive no formato, podendo ser fabricada no formato quadrado clássico, em hexágonos e retângulos.

As pastilhas têm boa duração e podem ser usadas em locais úmidos. A única desvantagem deste revestimento é que sua limpeza tende demandar mais tempo. Uma vez que a área de rejunte é menor e mais trabalhosa. 

Massa texturizada

massa texturizada

A massa texturizada também é um revestimento exclusivo para paredes. Sua aplicação dispensa o reboco e a tinta, podendo ser colocado com um rolo, compressor ou desempenadeira.

A textura é um composto de base acrílica e de consistência parecida com uma massa e é aplicada em apenas uma demão. O material permite criar diferentes texturas de variadas cores na parede e deixar a casa com um visual único. 

Tipos de revestimento texturizados

O revestimento texturizado está bastante em alta nos últimos anos. Uma de suas vantagens é a versatilidade, pois está incluído na categoria tipos de revestimento fachada e também na tipos de revestimento 3d. 

Sendo a última consequência da inovação dentro do campo de revestimentos texturizados: a lastra com relevo. As lastras são superfícies contínuas de porcelanato com medidas superiores às dos porcelanatos de grandes formatos, geralmente acima de 90×180 cm.

Os tipos de revestimento texturizados variam de acordo com a linha da massa escolhida. Caso tenha optado por este tipo de revestimento para parede e chão, a dica é conversar com o vendedor da loja para saber qual a mais indicada para o seu projeto. 

Ladrilho Hidráulico

Ladrilho Hidráulico

O ladrilho hidráulico é um revestimento produzido artesanalmente a partir do cimento. Por sua matéria-prima, é considerado poroso e necessita ser impermeabilizado, visando mais proteção e durabilidade. 

Este tipo de revestimento é bastante antigo e voltou à moda nos últimos anos. Conhecido por seus desenhos, a sua aplicação em paredes é mais comum, mas alguns modelos também conversam bem com o chão.

A produção artesanal do ladrilho hidráulico faz com que o seu custo seja bem mais elevado que outros revestimentos, como por exemplo o de cerâmica. 

Papel de parede

Papel de parede

O papel de parede é a opção mais em conta para quem deseja mudar o visual das divisórias sem gastar muito. Como o próprio nome diz, este é um revestimento exclusivo para paredes. 

Existe uma infinidade de cores, desenhos, tamanhos e formatos de papel de parede. Literalmente tem um para cada gosto. A aplicação do material é bem simples e não causa sujeira. 

O único ponto de atenção é a sua fragilidade à água e as mudanças climáticas, devendo ser usado somente nas paredes internas. 

Quais são os melhores revestimentos?

Como vimos, há muitas opções de revestimentos para paredes e chão. Não se pode dizer qual é melhor ou pior, pois tudo depende da finalidade que se tem. A dica para acertar na escolha é: leve em consideração todas as características de cada um e reflita sobre para qual área pretende usar. 

Desta forma, você entrará o melhor revestimento para o seu projeto. 

Qual o melhor tipo de revestimento para parede?

Para te ajudar na escolha dos tipos de revestimento para parede, fizemos um apanhado das opções apresentadas que são mais indicadas para paredes internas e externas. Confira: 

Tipos de revestimento parede

Os tipos de revestimento mais indicados para parede são:

  • Cerâmico (azulejo);
  • Porcelanato acetinado;
  • Porcelanato polido;
  • Porcelanato natural;
  • Tábua;
  • Madeira de demolição;
  • Granito;
  • Ardósia;
  • Mármore;
  • Pastilhas
  • Massa texturizada;
  • Papel de parede;
  • Ladrilho Hidráulico.

Tipos de revestimento de parede externa

Os tipos de revestimento mais indicados para parede externa são:

  • Cerâmico (azulejo);
  • Porcelanato natural;
  • Porcelanato externo;
  • Tábua;
  • Madeira de demolição;
  • Granito;
  • Ardósia;
  • Quartzito;
  • Pastilhas;
  • Massa texturizada;
  • Ladrilho Hidráulico.

Qual o melhor tipo de revestimento para o chão?

Também separamos os tipos de revestimento mais indicados para o chão de áreas internas e externas:

Tipos de revestimento para piso

Os tipos de revestimento mais indicados para chão são:

  • Cerâmico;
  • Porcelanato acetinado;
  • Porcelanato polido;
  • Porcelanato natural;
  • Piso laminado;
  • Taco;
  • Tábua ou assoalho;
  • Madeira de demolição;
  • Granito;
  • Mármore;

Tipos de revestimento externo

Os tipos de revestimento mais indicados para chão externo são:

  • Cerâmico;
  • Porcelanato natural;
  • Porcelanato externo;
  • Tábua ou assoalho;
  • Madeira de demolição;
  • Granito;
  • Quartzito;

Estes tipos de revestimentos também são recomendados para quem busca:

  • Tipos de revestimento para piscina;
  • Tipos de revestimento para calçada no pátio;
  • Tipos de revestimento para garagem;
  • Tipos de revestimento para varanda;
  • Tipos de revestimento para churrasqueira.

Qual o melhor tipo de revestimento para cozinha e banheiro?

A cozinha e o banheiro são os dois cômodos internos da casa que geralmente são úmidos. Portanto, alguns revestimentos podem não ser tão indicados para revesti-los. Confira qual o melhor tipo de revestimento para cozinha e banheiro:

Tipos de revestimento para cozinha e banheiro

Os tipos de revestimento mais indicados para cozinha e banheiro são:

  • Cerâmico – chão;
  • Cerâmico (azulejo) – parede;
  • Porcelanato acetinado – ambos;
  • Porcelanato polido – ambos;
  • Porcelanato natural – ambos;
  • Piso laminado – chão;
  • Madeira de demolição- ambos;
  • Granito – ambos;
  • Mármore – ambos;
  • Pastilhas – parede;
  • Massa texturizada – parede;
  • Papel de parede – parede;
  • Ladrilho Hidráulico – parede.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *