pinho

Pinho: conheça todas as características deste tipo de madeira

O Pinho é um tipo de madeira muito versátil e leve, bastante utilizado na construção de móveis e artigos de decoração/artesanato. Parecido com o pinus, essa espécie é nativa do Brasil e costuma se diferenciar um pouco na cor, já que algumas espécies podem apresentar manchas e nós mais proeminentes que o pinus.

Dados técnicos sobre o Pinho

Confira todos os dados técnicos sobre o Pinho, como seu nome científico, suas ocorrências territoriais mais comuns, características gerais de durabilidade, processamento e aplicação.

Nome científico/técnico:

Araucaria angustifolia.

Nomes populares:

Pinheiro-do-paraná, pinho-do-paraná, pinho-brasileiro.

Principais ocorrências:

Características gerais do Pinho

pinho face tangencial
Zoom na face tangencial.
pinho face radial
Zoom na face radial.
pinho Fotomacrografia
Fotomacrografia (10x)

Alburno e cerne pouco distintos pela cor, cerne branco-amarelado, frequentemente com manchas largas róseo-avermelhadas (em árvores mais velhas, o cerne pode apresentar coloração amarronzada); brilho moderado; cheiro e gosto pouco acentuados, característicos de resina, agradável; densidade baixa; macia ao corte; grã direita; textura fina.

Tratamento e durabilidade do Pinho

Durabilidade: a Madeira de pinho, em ensaio de laboratório, demonstrou ter baixa resistência ao apodrecimento e ao ataque de cupins-de-Madeira-seca. A Madeira é muito suscetível aos fungos causadores da mancha azul, cupins e perfuradores marinhos. Ocasionalmente podem ocorrer danos causados por brocas do grupo dos curculionídeos. O alburno não é susceptível às brocas de Madeiras do gênero Lyctus.

Tratamento: a Madeira de pinho, em ensaios de laboratório, quando submetida à impregnação sob pressão, demonstrou ter alta permeabilidade às soluções preservantes.

Processamento do Pinho

A Madeira de pinho é fácil de ser trabalhada com ferramentas manuais ou máquinas. Se ocorrer Madeira de compressão, pode haver distorção durante o aplainamento. Fácil de colar e aceita bem acabamentos superficiais. É fácil de desdobrar, aplainar e colar permitindo bom acabamento.

Secagem: a secagem ao ar é difícil por apresentar tendência à torção e rachaduras. O processo de secagem em estufa deve ser controlado cuidadosamente, para que se possa obter Madeira de qualidade.

Principais aplicações do Pinho

  • Aplicações externas
  • Aplicações internas
    • Ripas
    • Cordões
    • Guarnições
    • Forros
    • Prateleiras
    • Móveis
    • Artesanato em madeira

Preço médio do Pinho

O Pinho pode ser encontrado no mercado por um preço médio de:

R$300,00

por m².

Fontes utilizadas: Instituto de Pesquisas Tecnológicas.

Veja também outros tipos de madeira:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *