Cobertura de garagem: modelos, preços e como fazer de forma simples

Onde você guarda o seu carro ou moto? Deixar o veículo em um lugar protegido das adversidades do clima é a preocupação da maioria dos proprietários. A cobertura de garagem é uma estrutura ideal para evitar o desgaste dos veículos que ficam em áreas externas. 

Então, se você mora em uma casa, e se faz parte dos 49,2% domicílios brasileiros que possuem ao menos um automóvel ou dos 22,9% que têm ao menos uma motocicleta, precisa ler este conteúdo.

Nele vamos trazer os principais tipos de cobertura de garagem, as opções mais baratas e algumas inspirações. Continue lendo! 

Principais tipos de cobertura de garagem

No mercado há diversas opções de cobertura de garagem. É possível encontrar modelos de diferentes estilos, formatos e preços. Conheça quais são os principais tipos de cobertura de garagem:

Cobertura de garagem policarbonato

Cobertura de garagem policarbonato
Imagem: Pinterest.

A cobertura para garagem feita de policarbonato é a mais comum atualmente. A sua aparência é semelhante a de vidro, pois por causa de sua transparência.  Justamente por essa característica, algumas pessoas acreditam que o material seja frágil. O que não é não verdade, tendo em vista que é muito resistente, leve e versátil.

O policarbonato pode ser instalado em estruturas como alumínio e madeira. Contudo, exige uma mão de obra profissional para a instalação para evitar o surgimento de fungos no material.

Vantagens do policarbonato na cobertura de garagem

  • Permite a entrada de luz natural no terreno;
  • É 250 vezes mais resistente e mais leve do que o vidro;
  • Pode receber um tratamento específico refletivo ou de retenção de infravermelho;
  • Material sustentável;
  • Instalação e manutenção simples;
  • Excelente custo-benefício em relação a outros materiais. 

Desvantagens do policarbonato na cobertura de garagem

  • Exige cuidados específicos no momento da limpeza, pois a superfície é fácil de riscar. 

Mas, policarbonato ou acrílico? 

O policarbonato e o acrílico possuem duas características em comum: são transparentes e mais leves que o vidro. Essas semelhanças deixam algumas pessoas com dúvida na hora de adquirir. 

No entanto, o que muitos não sabem, é que o acrílico é menos resistente e durável que o policarbonato. Além de ser altamente inflamável e propagar o fogo rapidamente. Portanto, ao decidir comprar um material transparente para a cobertura, deve-se optar pelo policarbonato. 

Cobertura de garagem de madeira

Cobertura de garagem de madeira
Imagem: Pinterest.

A cobertura para garagem de madeira é uma ótima opção para quem busca um modelo mais rústico e ao mesmo tempo moderno. Ela pode ser construída em formato de pergolado, apenas com madeira, ou em conjunto com policarbonato. 

O segredo da cobertura para garagem de madeira está na escolha do material. No mercado existem muitas opções de madeira, mas no momento da compra, é necessário saber se a espécie adquirida é indicada para áreas externas

Vantagens da cobertura de garagem de madeira

  • Proteção térmica e acústica;
  • Material sustentável e que não polui o meio ambiente;
  • Visual marcante e elegante para a construção.

Desvantagens da cobertura de garagem de madeira

  • Necessita de manutenção periódica.

Cobertura de garagem com lona

Cobertura de garagem com lona
Imagem: Pinterest.

A cobertura de garagem com lona é uma das opções com maior custo-benefício. É indicada especialmente para famílias que moram em casas ou condomínios de aluguel e não querem gastar muito. 

No mercado é possível encontrar diferentes modelos, tamanhos e cores de lona para garagem. 

Vantagens da cobertura de garagem com lona

  • Fácil limpeza;
  • Melhor custo-benefício.

Desvantagens da cobertura de garagem com lona

  • Não é esteticamente agradável.

Cobertura de garagem com telha cerâmica

Cobertura de garagem com telha cerâmica
Imagem: Pinterest.

A telha de cerâmica é o modelo mais tradicional no Brasil. Apesar de não ser tão utilizada atualmente, muitas casas mais antigas possuem este modelo compondo todo seu o telhado. Por isso, a cobertura de garagem com telha cerâmica também é uma das alternativas mais procuradas. 

Vantagens da cobertura de garagem com telha cerâmica

  • Visualmente atrativa;
  • Não propaga o fogo;
  • Não necessita de muita manutenção;
  • Oferece conforto térmico.

Desvantagens da cobertura de garagem com telha cerâmica

  • Material frágil e pouco resistente à granizo e ventos fortes;
  • Peças pesadas.

Cobertura de ferro para garagem

Cobertura de ferro para garagem
Imagem: Pinterest.

A cobertura de ferro para garagem, tão usada no setor industrial, vem ganhando espaço também nas construções residenciais. Isso porque, o material possui uma série de vantagens, além de um excelente custo-benefício. 

Vantagens da cobertura de ferro para garagem

  • Resistente;
  • Durável;
  • Leve;
  • Inoxidável;
  • Bom padrão de acabamento em menor tempo;
  • Bom custo-benefício.

Desvantagens da cobertura de ferro para garagem

  • Comparada com outras estruturas possui menos estabilidade e provoca mais ruídos;
  • Necessita de mão de obra especializada para instalação.

Cobertura de garagem sombrite 

Cobertura de garagem sombrite
Imagem: Pinterest.

A cobertura de garagem sombrite é semelhante à cobertura de garagem com lona. O sombrite é uma tela utilizada para as mais diferentes finalidades. Inclusive como cobertura para carros. 

A cobertura de sombrite tem entre suas composições a tela feita em polietileno de alta densidade, conhecido por sua alta resistência. Para a sua fixação é utilizada uma estrutura, geralmente feita de ferro ou material semelhante. O tamanho pode ser definido no momento da compra. 

Vantagens da cobertura de garagem sombrite

  • Protege contra os raios UV;
  • Reduz a temperatura interna;
  • Tem alta durabilidade;
  • Fácil montagem.

Desvantagens da cobertura de garagem sombrite

  • Não é esteticamente agradável.

Cobertura de garagem com telha galvanizada

Cobertura de garagem com telha galvanizada
Imagem: Pinterest.

A telha galvanizada é outra opção que deixou de ser utilizada apenas no setor industrial. O modelo, usado desde 1950 em galpões e pavilhões, nos dias de hoje também é visto nas residências. 

A cobertura de garagem com telha galvanizada é encontrada especialmente em garagens que comportam mais de um carro e nos estacionamentos pagos. 

Vantagens da cobertura de garagem com telha galvanizada

  • Bom custo-benefício;
  • Resistente às mudanças climáticas;
  • Material reciclável;
  • Flexível;
  • Fácil de transportar.

Desvantagens cobertura de garagem com telha galvanizada

  • Não é esteticamente agradável;
  • Pode ocasionar ruídos.

Cobertura de garagem com placa solar

Cobertura de garagem com placa solar
Imagem: Pinterest.

Os painéis solares ou placas fotovoltaicas estão se tornando cada vez mais populares por serem soluções mais econômicas e sustentáveis. A cobertura de garagem com placa solar, além de proteger o carro, gera energia elétrica.

Os painéis solares captam a luz do sol para convertê-la em energia elétrica. A carga gerada pode abastecer a residência em questão, diminuindo assim, a conta de energia. Por essa função, apesar do preço de aquisição mais elevado, as placas solares possuem um ótimo custo-benefício. 

Vantagens da cobertura de garagem com placa solar 

  • Transforma luz solar em energia;
  • É feita de material sustentável e colabora com o meio ambiente;
  • Gera o retorno do investimento a longo prazo;

Desvantagens da cobertura de garagem com placa solar

  • Valor de aquisição elevado;
  • Não é esteticamente agradável.

Qual a forma mais barata de cobrir uma garagem?

Como vimos, existem muitas formas de cobrir a garagem. Alguns modelos de cobertura de garagem são mais acessíveis e outros nem tanto. Os preços variam de acordo com a região e com o fornecedor, mas podemos dizer que a forma mais barata de cobrir uma garagem é com a cobertura de lona. 

A cobertura para garagem feita de lona é fixada em uma estrutura de ferro, que serve como base. Tanto o ferro, quanto a lona em si, são materiais acessíveis e fáceis de encontrar no mercado. 

A segunda opção mais em conta é o telhado de garagem com telha galvanizada. 

Quanto custa para cobrir uma garagem?

Os valores de cobertura de garagem variam muito. Isto porque, o custo depende do modelo, material e extensão do espaço. Você encontra a lona para cobertura, a partir de R$ 80,00. Já a cobertura de policarbonato pode custar entre R$280,00 e R$800,00. 

Confira a média de preço de mais alguns tipos de cobertura:

  • Cobertura de garagem com telha de cerâmica – a partir de R$60,00 m²;
  • Cobertura de garagem com madeira – a partir de R$ 67,00 m²;
  • Cobertura de garagem com com ferro – a partir de R$ 70,00 m²;
  • Cobertura de garagem com telha galvanizada – a partir de R$ 35 m²;
  • Cobertura de garagem com sombrite – a partir de R$ 80,00 m²;
  • Cobertura de garagem com placas solares – a partir de R$ 750,00 uma placa.

Qual a melhor cobertura para garagem?

Não há uma resposta certa para qual é a melhor cobertura para garagem. Todas as alternativas possuem vantagens e desvantagens. Cabe a você avaliar quais características se encaixam melhor com o seu projeto. 

O telhado de madeira e o telhado de telha de cerâmica são os mais bonitos. A madeira dá um visual rústico e moderno para a construção, principalmente se investir em um pergolado. Já a telha de cerâmica traz elegância e sofisticação à casa, lembrando os imóveis históricos.  

O ferro, quando aplicado em um projeto arquitetônico bem planejado, pode ajudar na composição de um astral mais moderno. 

Mas caso a sua procura seja por cobertura de garagem barata ou cobertura de garagem simples, invista em um modelo feito de lona ou sombrite.  

Cobertura de garagem em condomínio

A principal dúvida de quem mudou-se recentemente para um condomínio residencial e não tem vaga de estacionamento coberta é: Posso cobrir a vaga de garagem no meu condomínio?

O artigo 1.342 esclarece bem o assunto: “A realização de obras, em partes comuns, em acréscimo às já existentes, a fim de lhes facilitar ou aumentar a utilização, depende da aprovação de dois terços dos votos dos condôminos, não sendo permitidas construções, nas partes comuns, suscetíveis de prejudicar a utilização, por qualquer dos condôminos, das partes próprias, ou comuns”.

Portanto, caso a construção seja autorizada pelo condomínio, é permitido cobrir a vaga de garagem no condomínio. 

Mas é necessário fazer um projeto?

Sim. É recomendado que ao ter o intuito de construir uma garagem, seja feito um planejamento arquitetônico em conformidade com as regras do condomínio. Isto porque, geralmente existem normas e modelos padrão para a execução. 

A maioria dos condomínios exige que todos os proprietários cubram a vaga com uma opção padrão. Geralmente, a cobertura utilizada é a de lona. Mas isso é uma decisão de cada local.  

Como fazer uma cobertura simples para garagem?

Sem dúvidas, a forma mais simples de fazer uma cobertura para garagem é com sombrite 80%. O material é tão versátil que permite ser fixado, pregado e até mesmo amarrado a qualquer tipo de estrutura.  

Se o espaço em que a garagem for construída tiver duas paredes de lados opostos, como por exemplo a da casa e do muro, é bem fácil o processo:

Materiais:

  • Sombrite 80% suficiente para cobrir todo o espaço desejado;
  • Arame suficiente para a estrutura desejada;
  • Furadeira;
  • 4 buchas para parede;
  • 4 ganchos para a parede.

1 – Com a furadeira, fure as duas pontas de cada parede na altura em que deseja que a cobertura fique. O ideal é que o telhado da garagem não fique a menos que um metro e meio do chão;

2 – Após furar,  coloque as 4 buchas e os 4 ganchos;

3 – Passe o arame por cada um dos ganchos, fazendo com que a estrutura forme um quadrado que liga todas as pontas;

4 – Passe novamente o arame, desta vez no meio, formando um x no centro do quadrado;

5 – Enganche o sombrite em ambos os ganchos de uma parede;

6 – Coloque o sombrite entre os arames que formam o x, de modo que um fique por cima e outro por baixo;

7 – Enganche o outro lado do sombrite na outra parede.

Caso a garagem seja muito extensa ou o local em questão vente bastante, estude a possibilidade de colocar mais um gancho em cada parede e passar o arame mais vezes pelo centro. 

Por outro lado, se não tiver a estrutura de duas paredes, pode-se utilizar estacas de madeira para fixar o sombrite. O ideal é que elas tenham cerca de 2 metros e que pelo menos meio metro seja enterrado. 

Outra possibilidade é estender o sombrite com o arame até uma base sólida. 

Apesar de não ser a opção mais bonita, a cobertura de garagem com sombrite é boa para quem necessita de um espaço provisório, como por exemplo, em uma viagem de férias. Ou também pode ser uma segunda alternativa para famílias que moram em casas alugadas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *