Tipos de Janelas: aprenda escolher o modelo ideal para seu projeto

Se você está escolhendo os itens da sua reforma e ainda não entende muito bem quais são os tipos de janelas que existem e qual modelo ficaria bem no seu espaço, chegou ao conteúdo certo!

Neste artigo, além de aprender as particularidades dos tipos de janelas que existem, vamos responder algumas dúvidas que podem surgir na hora dessa escolha, bem como dar dicas de práticas sobre o tema.

Para aprender mais, continue a leitura!

Projetos de Casas
Projetos de Casas

Tipos de janelas: conheça 15 modelos mais recomendados

Primeiramente, iremos te apresentar os tipos de janelas, comentar as diferenças entre cada modelo e falar dos prós e contras. Confira, a seguir!

1. Janela de correr

O primeiro dos tipos de janelas que mostraremos aqui é a de correr. Esse modelo concede um aspecto mais contemporâneo e pode ajudar a inserir o conceito minimalista ou o clean em um ambiente. Isso porque esse tipo, normalmente, é feito todo em vidro com uma estrutura em metal, então, é bem discreto.

A janela de correr pode ser encontrada em diversos tamanhos e ela tem, pelo menos, duas folhas. Um ponto muito positivo desse tipo é que ele permite a circulação do ar dentro do espaço.

Esse modelo pode ser inserido em projetos de cômodos grandes ou pequenos e são bastante usados em quartos, cozinhas e salas. Um ponto de atenção dele é que, geralmente, a abertura é limitada, já que pelo menos metade do vão fica comprometido com o recolhimento das folhas.

A seguir, confira alguns exemplos desse modelo:

Janelas de correr
Imagem: Pinterest.
Janelas de correr (2)
Imagem: Pinterest.

2. Janela de abrir

Já o segundo na nossa lista de tipos de janelas é a de abrir. Esse modelo é bem parecido com as portas residenciais e, regularmente, ela abre para o lado de fora. Porém, existem alguns que abrem para dentro. 

Esse tipo é bastante comum e está presente em muitos lares do mundo todo. Alguns dos materiais mais comuns são a madeira (normalmente pintada de branca) e o vidro blindex.

Abaixo, você pode ver alguns exemplos de janelas de abrir:

Janelas de abrir
Imagem: Pinterest.
Janelas de abrir (2)
Imagem: Pinterest.
Janelas de abrir (3)
Imagem: Pinterest.

3. Janela Colonial

A colonial é um dos tipos de janelas para quem gosta do estilo retrô e/ ou vintage. Esse tipo tem uma presença marcante e pode, inclusive, ser implementada no ambiente como um ponto focal da decoração.

Em grande parte das vezes, a janela colonial é feita de ferro ou madeira e apresenta um visual rústico. Ela também permite uma boa circulação de ar e ampla iluminação, por conta do formato.

Olha só algumas inspirações desse modelo:

Janela Colonial
Imagem: Pinterest.
Janela Colonial (2)
Imagem: Pinterest.

4. Janela Basculante

Entre os tipos de janelas, a basculante é um dos mais comuns feitos de vidro e ela costuma ser usada em banheiros, cozinhas e áreas de serviço. O tipo de abertura possibilita a entrada contínua de ventilação no cômodo.

A janela basculante tem um sistema simples que atua através de uma alavanca que fica posicionada na lateral e, isso, permite que você regule o quanto quer abrir o item.

Se você deseja um espaço com uma maior circulação de ar e bem iluminado, esse não é o modelo correto para isso. Ele funciona melhor em espaços menores e os que não são de convivência, como sala e quarto, onde a entrada de luz natural e ar se fazem mais necessários.

A seguir, veja alguns exemplos desse quarto modelo:

Janela Basculante
Imagem: Pinterest.

5. Janela Maxim-ar

A maxim-ar é um dos tipos de janelas semelhante ao basculante, mas a diferença mais notável é que toda sua folha se projeta para fora do ambiente e é possível chegar em uma abertura de 90°.

Seu mecanismo permite essa super abertura, a fim de que o espaço tenha uma maior entrada de ar e, consequentemente, que ele seja melhor ventilado e bem iluminado. 

Esse tipo de ser colocado em qualquer espaço da casa, mas um ponto de atenção é que a limpeza pode não ser tão simples, ainda mais se a janela for colocada em locais mais altos.

Veja abaixo como ela é:

Janela Maxim-ar
Imagem: Pinterest.
Janela Maxim-ar (2)
Imagem: Pinterest.

6. Janela Projetante

A janela projetante também é bem parecida com a basculante. Ela tem uma folha única, é fixada na parte superior ou em uma das laterais e a abertura é feita para fora ou para dentro. Esse tipo é ideal para escritórios, áreas de serviços, lavanderias, banheiros e muito mais.

Se você possui um ambiente de tamanho limitado, esse tipo pode ser uma ótima escolha, porque ele ocupa pouco espaço.

Confira abaixo como a janela projetante é:

Janela Projetante
Imagem: Pinterest.
Janela Projetante (2)
Imagem: Pinterest.

7. Venezianas

O sétimo modelo na nossa lista de tipos de janelas é uma muito conhecida: a veneziana. Ela se destaca por apresentar folhas que possibilitam a entrada de ventilação e luminosidade mesmo com a janela fechada.

Ou seja, a janela veneziana, além de proporcionar privacidade e segurança, ainda permite o controle da iluminação do cômodo. Esse modelo é muito usado em apartamentos, mas também é inserido em ambientes de casas, como quartos e salas.

A seguir, acompanhe alguns exemplos de utilização:

Venezianas
Imagem: Pinterest.
Venezianas (2)
Imagem: Pinterest.
Venezianas (3)
Imagem: Pinterest.

8. Janelas Pivotantes

Os tipos de janelas conhecidos como pivotantes possuem dois pivôs na parte superior e inferior, possibilitando que a folha seja movimentada em torno do próprio eixo.

Por conta dessa movimentação, com esse modelo, é possível direcionar o fluxo de ar para algum lado específico e controlar a quantidade que entrará no ambiente, através do tamanho da fresta que você abrirá.

Aqui, é necessário pensar que, por conta do design e estrutura, ela não combina com cortinas, grades ou telas, então, ela é bastante usada em banheiros, cozinhas, hall de entrada e área de serviço.

Em uma sala de estar, por exemplo, sem uma cortina pode atrapalhar a utilização do espaço, já que assistir televisão durante o dia poderia não ser possível. A mesma coisa em um quarto, a entrada de luz não seria barrada, então, isso pode atrapalhar seu sono ou outra atividade em que a baixa luminosidade se faz necessária.

Confira alguns exemplos:

Janelas Pivotantes
Imagem: Pinterest.
Janelas Pivotantes (2)
Imagem: Pinterest.

9. Janela Guilhotina

O nono modelo presente na nossa lista de tipos de janelas é a guilhotina. Ela possui duas folhas sobrepostas, onde uma é fixada e a outra é móvel e o sistema de abertura é vertical, sendo necessário empurrar a folha móvel para cima.

A janela guilhotina é outro modelo mais clássico e, normalmente, está presente em construções mais antigas, mas se você gosta de artigos clássicos, pode ser uma ótima opção para a sua casa.

Esse é outro exemplo que permite uma boa ventilação e iluminação, devido a sua ampla abertura. Olha só algumas utilizações dela abaixo:

Janela Guilhotina
Imagem: Pinterest.

10. Janela Camarão

A janela camarão é projetada na vertical e as folhas dela correm e se dobram ao mesmo tempo, ocasionando uma abertura quase que total do vão. Por conta desse abrimento, esse modelo concede um espaço com bastante luz natural e ótima ventilação.

Esse é um dos tipos de janelas mais atrativos, por conta do design muito bonito e, por isso, ela complementa a decoração de vários espaços, mas é necessário manter a manutenção em dia, pois ela pode emperrar com facilidade.

A seguir, confira exemplos de utilização da janela camarão:

Janela Camarão
Imagem: Pinterest.
Janela Camarão (2)
Imagem: Pinterest.

11. Janela Sanfonada

Também conhecida como pantográfica, a janela sanfonada (nome popular) é semelhante ao modelo anterior. Ela possui folhas articuladas que se dobram uma sobre a outra.

Esse modelo é perfeito para cômodos mais espaçosos, pois quando as folhas são abertas elas ocupam um espaço maior. A janela sanfonada pode ser semi aberta ou aberta por completo, o que garante um grande acesso à luz natural.

Esse estilo é muito elegante, então, se quiser isso para a sua casa, converse com o responsável pelo seu projeto e peça para ele incluir essa peça. Para isso, é legal já chegar com alguns exemplos de utilização e trouxemos eles para você. Confira abaixo:

Janela Sanfonada
Imagem: Pinterest.

12. Janela Bay Window

Um dos tipos de janelas muito usadas em construções americanas e inglesas é a bay window. Esse modelo tem 3 folhas ou mais e costuma ser usado em salas e quartos bem grandes.

A janela bay window permite que o ambiente receba uma quantidade de luminosidade bem grande e, em vários casos, são construídos um banco ou adicionado um sofá no recuo da janela, o que permite que as pessoas se sentem e tomem sol nesse espaço.

Se você ficou interessado em conhecer esse tipo, acompanhe algumas inspirações a seguir:

Janela Bay Window
Imagem: Pinterest.
Janela Bay Window (2)
Imagem: Pinterest.

13. Janela Fixa

A fixa é o décimo terceiro modelo da nossa lista de tipos de janelas. Não é possível abri-la e o seu principal objetivo é iluminar o ambiente, mas existem alguns designs bem diferentões e que complementam muito bem a decoração dos espaços.

É um ótimo aliado dos projetos decorativos, então, se você quer dar uma iluminada no ambiente, sem deixar de lado a estética, essa é uma opção muito boa. Acompanhe alguns exemplos:

Janela Fixa
Imagem: Pinterest.
Janela Fixa (2)
Imagem: Pinterest.
Janela Fixa (3)
Imagem: Pinterest.
Janela Fixa (4)
Imagem: Pinterest.

14. Janela com abertura oscilo-batente

Nosso próximo exemplo na lista de tipos de janelas é a com abertura oscilo-batente. Ela possui uma ótima vedação e filtra muitos ruídos de fora, além disso, esse item permite duas aberturas, podendo ser tombada ou aberta, dependendo da necessidade.

Com isso, indicamos que, se o seu espaço precisa impedir a entrada de ruídos e ele tiver um tamanho limitado, você opte por esse modelo, pois esse tipo contempla esses dois quesitos.

Além de ser usado em imóveis residenciais, também são bastante encontrados em quartos de hotéis e prédios comerciais. Veja um exemplo abaixo:

Janela com abertura oscilo-batente
Imagem: Pinterest.

15. Janela de Tombar

Por fim, a última da nossa lista de tipos de janelas é a de tombar e, como o próprio nome já diz, quando alguém abre esse modelo, temos a impressão de que ela tombou.

Esse tipo é movimentado na parte superior e a base inferior é fixa, então, ela abre para dentro. Para ilustrar isso, confira as fotos a seguir:

Janela de Tombar
Imagem: Pinterest.

Agora que você já sabe quais tipos de janelas existem, que tal conferir quais são os materiais mais comuns para produzir essas peças? Continue a leitura!

Quais são os materiais mais comuns nesses tipos de janelas?

Os materiais mais comuns na composição dos diferentes tipos de janelas são:

  • Madeira;
  • PVC;
  • Plástico reforçado;
  • Vidro comum;
  • Blindex;
  • Aço;
  • Alumínio;
  • etc.

Quais os tipos de janelas mais baratas?

Os tipos de janelas mais em conta, normalmente, são as que têm a estrutura de ferro e, por conta do preço atrativo, elas também estão presentes em vários projetos.

Além disso, se você gosta do estilo retrô, é possível encontrar alguns modelos de venezianas, janela colonial, as de abrir e outros para serem restauradas em antiquários e lojas de móveis e itens usados. 

Atualmente, é fácil de achar diversos tutoriais de como restaurar itens de madeira e de ferro, que são os materiais mais comuns de janelas antigas, então aproveite o que você já tem à sua disposição.

Qual o tipo de janela mais segura?

Dos tipos de janelas mostradas ao longo desse post, uma das opções mais seguras é a veneziana e a fixa, já que a primeira pode ficar fechada e, mesmo assim, manter a ventilação e luminosidade presentes. E a segunda, não possui abertura, consequentemente, não existe a possibilidade de entrarem por ela.

Caso você opte por uma janela de vidro, uma alternativa para torná-la mais segura é adicionar insulfilm, já que esse processo torna o material muito mais resistente.

Qual o melhor tipo de janela para ventilação?

Isso vai depender muito do tamanho da peça, mas um dos tipos de janelas que mais ventilam o espaço é a de correr, caso seu cômodo seja bem espaçoso, e a maxim-ar, se a área for mais limitada.

Essas foram as principais dúvidas que levantamos sobre o tema. Vimos vários modelos e inspirações de como usar cada um dos tipos de janelas, então agora você já deve estar mais confiante para escolher a sua, né?

Caso ainda tenha dúvidas sobre algum dos modelos, vale a pena estudar mais e ver tutoriais e explicações sobre decoração e como aplicar cada tipo no seu espaço, a fim de não fazer a escolha errada e depois se arrepender.

Se você conhece alguém que também está buscando uma janela nova para a casa, compartilhe este guia com ele, pois o conhecimento é o melhor aliado nessa hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *