O rodapé embutido tem se destacado cada vez mais como um tipo de acabamento na decoração de ambientes, conquistando espaço devido à sua combinação de beleza e versatilidade.

Esse tipo de acabamento adiciona um toque estético único e ainda proporciona funcionalidade ao espaço onde é instalado. Sua estrutura versátil possibilita a utilização em diversos cômodos, indo desde a sala de estar e sala de jantar até a cozinha e o banheiro.

Neste post, preparamos um guia completo sobre os rodapés embutidos e vamos explicar em detalhes sobre os diferentes tipos e modelos, quais os preços e como realizar a instalação de um rodapé embutido sem complicação. Confira!

O que é um rodapé embutido?

O que é um rodapé embutido
Elemento de acabamento integrado ao piso, o rodapé embutido proporciona modernidade, elegância e continuidade visual ao ambiente. Imagem: Canva.

O rodapé embutido é um refinado acabamento confeccionado a partir de piso. Ele tem esse nome por ser integrado à parede durante a instalação. Nesse processo, o rodapé é aplicado conjuntamente ao reboco, resultando em uma perfeita união com a superfície vertical.

Ao contrário de rodapés convencionais, o rodapé embutido não apresenta borda ou relevo em relação ao reboco, conferindo uma estética contínua à construção. Essa característica distintiva (ausência de uma diferença de nível com a parede) cria a ilusão de continuidade na estrutura.

No entanto, nem todos os tipos de pisos são adequados para a aplicação do rodapé embutido. É recomendado usar pisos frios, como porcelanato ou cerâmica, para otimizar a harmonia visual e garantir uma instalação eficiente.

Essa seleção criteriosa de materiais contribui não apenas para a estética coesa, mas também para a durabilidade e manutenção adequada do acabamento embutido.

Quanto custa o rodapé embutido?

Quanto custa o rodapé embutido
O custo do rodapé embutido varia conforme material escolhido, tamanho e instalação. Imagem: Canva.

O custo do rodapé embutido pode variar entre R$ 32,35 e R$ 72,00 por m2, dependendo de diversos fatores como o tipo de material escolhido, a marca, a região geográfica e a complexidade da instalação. Confira a tabela de preços:

Tipo de rodapé embutidoPreço/m2
Instalação de rodapé embutido de porcelanato ou cerâmicaR$ 32,35
Instalação de rodapé embutido de madeiraR$ 42,94
Instalação de rodapé embutido de mármore, granito ou graniliteR$ 72,00
Instalação de rodapé embutido de cimento queimadoR$ 58,00
Tabela de preços atualizada em 12/07/2024.

Para obter uma estimativa mais precisa, é recomendável entrar em contato com fornecedores locais, lojas especializadas em materiais de construção ou profissionais da área. Eles poderão fornecer orçamentos específicos com base nas suas necessidades, preferências e características do projeto em questão.

Vale a pena considerar não apenas o custo inicial do rodapé embutido, mas também fatores como durabilidade, manutenção e a estética que ele proporcionará ao ambiente, para tomar uma decisão informada sobre o investimento a ser realizado.

Quais são os principais tipos de rodapé embutido?

A seleção do rodapé embutido desempenha um papel crucial na estética do ambiente, oferecendo uma variedade de opções que abrangem materiais e estilos distintos. Desde os clássicos até opções modernas, cada tipo traz características únicas.

Abaixo, você encontra uma seleção concisa dos principais tipos de rodapé embutido, facilitando decisões informadas para criar ambientes visualmente impactantes e harmoniosos:

1. Rodapé embutido de Porcelanato

1. Rodapé embutido de Porcelanato
Elegância e durabilidade em rodapé de porcelanato, transformando seu ambiente com sofisticação contemporânea. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de porcelanato são uma escolha sofisticada e durável para aprimorar a estética de ambientes. Fabricado a partir de porcelanato, esse tipo de rodapé oferece resistência à umidade, facilidade de limpeza e uma variedade de opções de padrões e texturas.

Sua instalação integrada à parede proporciona uma transição suave, sem bordas ou relevos em relação ao reboco. Ideal para ambientes como salas de estar, cozinhas e banheiros, o rodapé de porcelanato combina beleza estética com funcionalidade, contribuindo para um design contemporâneo e elegante.

2. Rodapé embutido de Cerâmica

2. Rodapé embutido de Cerâmica
Estilo duradouro e resistência no rodapé de cerâmica, elevando o design de interiores com charme. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de cerâmica são uma opção prática e esteticamente agradável para a finalização de ambientes. Fabricado a partir de cerâmica, esse tipo de rodapé apresenta características como durabilidade, resistência à umidade e facilidade de manutenção.

Com uma variedade de estilos, padrões e cores disponíveis, o rodapé de cerâmica é versátil e pode ser utilizado em diferentes cômodos, incluindo salas de jantar, cozinhas e banheiros, proporcionando uma integração harmoniosa à decoração do ambiente.

3. Rodapé embutido de Madeira

3. Rodapé embutido de Madeira
Aconchego e beleza natural em rodapé de madeira, harmonizando o ambiente com elegância e sofisticação. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de madeira são uma escolha clássica e atemporal para agregar elegância aos ambientes. Fabricado a partir de diferentes tipos de madeira, como carvalho, mogno ou pinho, esse tipo de rodapé oferece uma estética natural e calorosa.

Além de proporcionar um toque sofisticado, o rodapé de madeira embutido também pode ser uma opção sustentável, dependendo da procedência da madeira utilizada. Ideal para salas de estar, quartos e escritórios, o rodapé de madeira embutido adiciona charme e durabilidade ao espaço.

4. Rodapé embutido de Mármore

4. Rodapé embutido de Mármore
Refinamento supremo e luxo definido em rodapé de mármore, elevando instantaneamente sua decoração para o extraordinário. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de mármore são uma escolha luxuosa e refinada para aprimorar a estética de ambientes sofisticados. Fabricado a partir de mármore, esse tipo de rodapé oferece uma combinação única de elegância e durabilidade.

O mármore proporciona uma variedade de padrões e cores, permitindo opções personalizadas para se adequar ao estilo do ambiente. Ideal para áreas como salas de estar, halls de entrada e espaços comerciais de prestígio, o rodapé de mármore embutido adiciona um toque de luxo e sofisticação ao design interior.

5. Rodapé embutido de Granito

5. Rodapé embutido de Granito
Elegância atemporal e resistência incomparável: descubra a sofisticação do rodapé de granito para seu espaço único. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de granito são uma opção robusta e elegante para aprimorar a estética de diversos ambientes. Fabricado a partir de granito, esse tipo de rodapé oferece durabilidade excepcional e uma aparência sofisticada.

Com uma ampla variedade de cores e padrões disponíveis, o granito permite uma personalização que se adapta a diferentes estilos de decoração. Recomendado para áreas de destaque, como halls de entrada, cozinhas e banheiros, o rodapé de granito embutido adiciona um toque de requinte e resistência aos espaços.

6. Rodapé embutido de Granilite

6. Rodapé embutido de Granilite
Estilo contemporâneo e durabilidade excepcional no rodapé de granilite, elevando o design de interiores com singularidade. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de granilite são uma escolha contemporânea e versátil para agregar estilo e resistência a diversos ambientes. Fabricado a partir de uma mistura de cimento, agregados minerais e pequenos fragmentos de pedra, o granilite oferece uma estética única e texturizada.

Seu uso como material para rodapés embutidos confere durabilidade, resistência e uma variedade de opções de cores e padrões. Próprio para espaços modernos, como salas de estar, cozinhas e áreas comerciais, o rodapé de granilite embutido proporciona um toque contemporâneo e duradouro à decoração.

7. Rodapé embutido de Cimento Queimado

7. Rodapé embutido de Cimento Queimado
Estilo industrial e modernidade definem o rodapé de cimento queimado, transformando seu espaço com personalidade única. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de cimento queimado são uma escolha moderna e estilizada para adicionar um toque industrial e contemporâneo aos ambientes. Fabricado a partir de uma mistura de cimento, areia e pigmentos, o cimento queimado proporciona uma superfície lisa e um visual minimalista.

Seu uso como material para rodapés cria uma transição suave e contínua, integrando-se à parede sem apresentar saliências em relação ao reboco. Comum em ambientes modernos, lofts e espaços comerciais, o rodapé de cimento queimado embutido confere um charme urbano e uma estética contemporânea à decoração, além de oferecer durabilidade e facilidade de manutenção.

8. Rodapé embutido de PVC

8. Rodapé embutido de PVC
Praticidade e versatilidade se encontram no rodapé de PVC, adicionando charme e eficiência ao ambiente. Imagem: Canva.

Os rodapés embutidos de PVC são uma opção prática e versátil para conferir um acabamento estético e funcional a diversos ambientes. Fabricado a partir de policloreto de vinila, o PVC é conhecido por sua resistência à umidade, durabilidade e facilidade de manutenção.

O rodapé de PVC em realidade é uma imitação do rodapé embutido, sendo instalado de forma a se integrar à parede, resultando em uma superfície contínua e sem saliências em relação ao reboco. Ideal para quem busca o visual, mas não quer investir em refazer todo o piso (reformas).

Disponível em uma variedade de cores e estilos, esse tipo de rodapé é uma escolha popular para ambientes como banheiros, cozinhas e áreas de serviço, proporcionando uma solução prática e esteticamente agradável para o acabamento de interiores.

É importante considerar as características específicas de cada tipo de material, como resistência, facilidade de manutenção, custo e estética, ao escolher o rodapé embutido mais adequado para o seu projeto.

Consultar um profissional da área e normas técnicas como a ABNT NBR 13753 pode fornecer orientações valiosas com base nas necessidades e no estilo do ambiente em questão.

Como instalar rodapé embutido: passo-a-passo simples

Instalar um rodapé embutido pode ser bastante trabalhoso e requerer um profissional qualificado na maioria dos casos. No entanto, se você tem alguma experiência com projetos do tipo “faça você mesmo”, pode seguir nosso tutorial:

Passo 1: preparação durante o reboco

Passo 1_ preparação durante o reboco
Reserve 10-15 cm na base da parede durante o reboco para instalar o rodapé embutido com precisão estética. Imagem: Canva.

Durante a fase de reboco, reserve um espaço de 10 a 15 cm na parte inferior da parede, destinado à fixação do rodapé embutido. Esse cuidado na preparação inicial é fundamental para garantir uma instalação precisa e esteticamente agradável.

Passo 2: escolha do modelo e tamanho adequados

Passo 2_ escolha do modelo e tamanho adequados
Instale rodapé embutido de 7 a 8 cm para um acabamento proporcional e harmonioso no ambiente. Imagem: Canva.

Para a instalação, escolha modelos de rodapé embutido com comprimento de 7 a 8 centímetros, garantindo um acabamento proporcional ao ambiente.

Passo 3: impermeabilização

Passo 3_ impermeabilização
Impermeabilize a área do alicerce e externo do rodapé embutido para maior durabilidade e resistência. Imagem: Canva.

Antes da fixação, realize a impermeabilização de toda a área do alicerce e do lado externo do rodapé embutido. Esse procedimento contribui para a durabilidade e resistência do acabamento.

Passo 4: aplicação da argamassa

Passo 4_ aplicação da argamassa
Ao fixar, aplique argamassa em toda a parte traseira do rodapé embutido para aderência sólida à parede. Imagem: Canva.

Durante a etapa de fixação, aplique a argamassa em toda a parte de trás do rodapé embutido, preenchendo completamente sua estrutura. Esse passo é crucial para garantir uma aderência sólida à parede.

Passo 5: utilização de espaçadores

Passo 5_ utilização de espaçadores
Use espaçadores ao fixar o rodapé, criando espaço para rejunte entre o chão e o rodapé. Imagem: Canva.

Antes de fixar o rodapé na parede, utilize espaçadores. Esses elementos servem como base, criando um espaço entre o chão e a parte inferior do rodapé. Esse espaço será posteriormente preenchido com rejunte.

Passo 6: finalização com rejunte

Passo 6: finalização com rejunte
Preencha o reboco acima dos rodapés para garantir transição suave e uniforme entre eles e a parede. Imagem: Canva.

Após a instalação de todos os rodapés no ambiente, prossiga com o preenchimento do reboco na parte superior, assegurando uma transição suave e uniforme entre o rodapé embutido e a parede.

Passo 7: proteção na etapa de pintura

Passo 7_ proteção na etapa de pintura
Proteja o rodapé com fita crepe na pintura para evitar manchas, assegurando um acabamento impecável na instalação. Imagem: Canva.

Na fase de pintura, utilize fita crepe sobre o rodapé embutido. Essa medida é essencial para evitar manchas indesejadas, preservando a estética do acabamento. Siga esses passos cuidadosamente para obter um resultado final impecável em sua instalação de rodapé embutido de porcelanato.

O rodapé embutido vale mesmo a pena?

O rodapé embutido é uma escolha inteligente para aqueles que buscam uma abordagem moderna e elegante no design de interiores. Suas vantagens estéticas e funcionais, juntamente com uma variedade de estilos disponíveis, fazem dele uma opção versátil para uma variedade de ambientes.

Ao considerar a integração do rodapé embutido em um projeto, é crucial equilibrar a estética desejada com as necessidades práticas do espaço. Com uma instalação profissional e cuidados adequados, o rodapé embutido pode se tornar um elemento duradouro que eleva a estética de qualquer ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *