Se você está pensando em comprar um terreno no Brasil, uma das primeiras perguntas que provavelmente vem à mente é: “Quanto custa um terreno?“. A resposta a essa pergunta pode variar significativamente dependendo de diversos fatores, incluindo a localização, o tamanho do terreno e o mercado imobiliário atual.

Neste post, vamos apresentar o preço médio dos terrenos no Brasil por metro quadrado, ensinar como calcular o valor de um terreno e apresentar alguns dos custos adicionais que os compradores potencialmente podem ter que arcar.

Quando custa um terreno? Preço por m2 no Brasil

Quando custa um terreno_ Preço por m2 no Brasil
Tabela FIPEZAP pode ser utilizada para inferir quanto custa um terreno. Imagem: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Antes de saber quanto custa um terreno, é preciso entender que preço médio dos terrenos no Brasil varia consideravelmente de uma região para outra. As áreas metropolitanas e as cidades mais desenvolvidas geralmente têm terrenos mais caros em comparação com áreas rurais ou menos desenvolvidas.

A localização específica dentro de uma cidade também desempenha um papel fundamental na definição de quanto custa um terreno. Não existe um índice nacional de preços de terreno, o que dificulta o processo de prospecção de preços para saber quando custa um terreno de fato.

No entanto é possível fazer uma inferência de quanto custa um terreno através do relatório mensal Fipe ZAP, que lista o preço dos imóveis por metro quadrado no Brasil, se utilizarmos como base uma média de 20% do valor total do imóvel dedicado ao terreno.

CapitalUFPreço médio do imóvel total (R$/m²)Preço médio do terreno inferido (R$/m²)
Média NacionalBRR$ 8.622,00R$ 1.724,40
São PauloSPR$ 10.575,00 R$ 2.115,00
Rio de JaneiroRJR$ 9.953,00R$ 1.990,60
Belo HorizonteMGR$ 8.147,00R$ 1.629,40
BrasíliaDFR$ 8.889,00R$ 1.777,80
SalvadorBAR$ 5.886,00R$ 1.177,20
FortalezaCER$ 7.133,00R$ 1.426,60
RecifePER$ 7.496,00R$ 1.499,20
Porto AlegreRSR$ 6.556,00R$ 1.311,20
CuritibaPRR$ 8.930,00R$ 1.786,00
FlorianópolisSCR$ 10.566,00R$ 2.113,20
VitóriaESR$ 10.806,00R$ 2.161,20
GoiâniaGOR$ 6.796,00R$ 1.359,20
João PessoaPBR$ 5.743,00R$ 1.148,60
Campo GrandeMSR$ 5.731,00R$ 1.146,20
MaceióALR$ 7.999,00R$ 1.599,80
ManausAMR$ 6.241,00R$ 1.248,20
Fonte: Índice FIPE ZAP Venda Residencial. Atualizado em 23/07/2024.

Para obter uma ideia geral do preço médio dos terrenos no Brasil, vamos considerar algumas médias por metro quadrado em diferentes regiões:

  • São Paulo (SP): São Paulo é uma das cidades mais caras do Brasil para comprar terrenos. O preço médio do metro quadrado pode variar de R$ 1.000 a R$ 6.000 ou mais, dependendo da localização e da infraestrutura disponível na área.
  • Rio de Janeiro (RJ): Assim como São Paulo, o Rio de Janeiro também possui terrenos com preços elevados. O preço médio do metro quadrado varia de R$ 800 a R$ 5.000, novamente dependendo da região.
  • Belo Horizonte (MG): Em Belo Horizonte, os terrenos são geralmente mais acessíveis em comparação com as duas maiores metrópoles do país. O preço médio do metro quadrado pode variar de R$ 500 a R$ 3.000.
  • Recife (PE): Recife, localizada no Nordeste do Brasil, oferece terrenos com preços mais acessíveis em comparação com as cidades do Sudeste. O preço médio do metro quadrado pode variar de R$ 300 a R$ 3.000.
  • Interior e áreas rurais: Em áreas mais afastadas das grandes cidades e em regiões rurais, é possível encontrar terrenos a preços muito mais baixos, muitas vezes abaixo de R$ 100 por metro quadrado.

Lembre-se de que esses são apenas valores médios e que os preços podem variar substancialmente mesmo dentro das cidades. O mercado imobiliário está sujeito a flutuações, então os preços que definem quanto custa um terreno podem mudar ao longo do tempo.

Como calcular o valor de um Terreno

Como calcular o valor de um Terreno
Multiplique a área do terreno em metros quadrados pelo preço médio do metro quadrado na região.

Calcular quanto custa um terreno não é uma tarefa simples, mas pode ser feita seguindo algumas etapas. Por isso, criamos esta calculadora que vai te ajudar a estimar quanto custa um terreno na sua região ou na região onde você deseja comprar/investir:

Calculadora de Preço de Terreno por Metro Quadrado







Utilize plataformas de classificados online e pesquisa em imobiliárias da sua região para obter uma média do preço de um terreno por metro quadrado na sua região. Assim, ao utilizar nossa calculadora você terá um resultado ainda mais preciso na hora de saber quanto custa um terreno.

Como funciona o cálculo de preços do terreno por m2

Calcular o metro quadrado de um terreno é uma tarefa fundamental para determinar seu tamanho e, consequentemente, seu valor. O metro quadrado (m²) é uma unidade de medida de área que representa a área de um quadrado com um metro de lado.

Para calcular o metro quadrado de um terreno, siga estas etapas:

Passo 1: medir o terreno

A primeira etapa é medir as dimensões do terreno. Se o terreno for retangular, você pode medir o comprimento e a largura. Se o terreno for irregular, você pode dividi-lo em formas geométricas mais simples, como retângulos ou triângulos, e medir cada uma delas separadamente.

Passo 2: calcule a área de cada forma

Para calcular a área de cada forma geométrica, use a fórmula apropriada:

Retângulo: Área = Comprimento x Largura
Triângulo: Área = (Base x Altura) / 2
Círculo: Área = π x Raio²

Lembre-se de que as unidades de medida devem ser consistentes. Se as dimensões do terreno estiverem em metros, a área resultante será em metros quadrados.

Passo 3: some as áreas

Se você dividiu o terreno em várias formas geométricas, some as áreas de todas elas para obter a área total do terreno.

Calculando as medidas de um terreno regular

Suponha que você tenha um terreno retangular com 20 metros de comprimento e 10 metros de largura. Para calcular o metro quadrado desse terreno:

Área = Comprimento x Largura
Área = 20 m x 10 m
Área = 200 m²

Portanto, o terreno retangular tem uma área de 200 metros quadrados.

Calculando as medidas de um terreno irregular

Agora, imagine que você tenha um terreno com uma forma irregular, como mostrado na planta abaixo:

Calculando as medidas de um terreno irregular
Divida o terreno em formas geométricas simples, meça cada parte e some as áreas para obter a medida total.

Você pode dividir esse terreno em duas formas geométricas: um retângulo e um triângulo.

Área do Retângulo (A1): Comprimento = 30 metros, Largura = 10 metros
Área = Comprimento x Largura
Área = 30 m x 10 m
Área = 300 m²

Área do Triângulo (A2): Base = 20 metros, Altura = 30 metros
Área = (Base x Altura) / 2
Área = (20 m x 30 m) / 2
Área = 300 m²

Agora, some as áreas das duas formas geométricas para obter a área total do terreno:

Área Total = A1 + A2
Área Total = 300 m² + 300 m²
Área Total = 600 m²

Portanto, o terreno irregular tem uma área total de 600 metros quadrados.

Lembre-se de que esses são exemplos simples. Terrenos mais complexos podem exigir uma divisão em formas geométricas menores para calcular a área com precisão. A contratação de um profissional, como um topógrafo, pode ser recomendável para terrenos especialmente desafiadores ou para obter medidas precisas antes de saber quanto custa um terreno.

Como definir quanto custa um terreno

Como definir quanto custa um terreno
Considere localização, tamanho, infraestrutura, demanda, características e regulamentos locais para determinar o valor do terreno de forma precisa.

Quanto custa um terreno é determinado por uma série de fatores, incluindo a sua localização geográfica, infraestrutura disponível na região, tamanho, topografia, zoneamento e regulamentos locais, bem como as condições atuais do mercado imobiliário.

Terrenos em áreas urbanas densamente povoadas ou com acesso a serviços públicos e com potencial de desenvolvimento tendem a ter preços mais elevados. Fatores como a valorização futura da região e a demanda por terrenos na área também desempenham um papel fundamental na definição de quanto custa um terreno.

1. Determine a área do terreno

O primeiro passo é medir a área do terreno em metros quadrados (m²). Isso pode ser feito com a ajuda de um profissional, como um topógrafo, ou usando ferramentas de medição disponíveis online, como o Google Earth. Utilize nossa calculadora para obter um valor aproximado.

Terrenos que possuem dimensões reduzidas ou apresentam proporções desequilibradas tendem a ter seu valor de mercado depreciado. Isso ocorre devido às dificuldades que surgem na fase de construção.

Ao considerar quanto custa um terreno, é comum que as pessoas visualizem projetos de construção para o local. Quanto mais desafiador for adaptar esses projetos às características do terreno, menor será o interesse dos compradores e, por consequência, menor será o valor atribuído ao terreno.

2. Pesquise preços na região

Pesquise os preços de terrenos semelhantes na mesma região. Isso lhe dará uma ideia do valor de mercado na área específica em que você está interessado.

Geralmente, o preço de um terreno tende a acompanhar a tendência dos preços de outros terrenos na mesma região. Isso significa que um terreno localizado em um bairro ou área de alta valorização tende a refletir o valor predominante nessa região.

Essa é uma abordagem comum para determinar o preço de um terreno. Por exemplo, em minha cidade, terrenos situados em condomínios fechados costumam ser mais caros, possivelmente devido à alta demanda por esse tipo de moradia na região.

3. Considere a localização do bairro

A localização é um dos fatores mais importantes que afetam o valor de um terreno. Terrenos em áreas urbanas, próximos a serviços públicos, escolas, hospitais e vias de transporte tendem a ser mais caros do que terrenos em áreas remotas.

Há bairros considerados de alta valorização, nos quais os imóveis tendem a ser mais caros, enquanto em outros, o oposto é verdadeiro. A determinação dessa valorização pode ser tanto subjetiva quanto objetiva, dependendo dos critérios envolvidos.

Em geral, a avaliação leva em conta o contexto local e, em certa medida, os critérios mencionados nos tópicos anteriores auxiliam na compreensão dessa dinâmica.

4. Avalie a Infraestrutura

Verifique se o terreno possui infraestrutura básica, como água, eletricidade, esgoto e acesso a estradas pavimentadas. Terrenos que já têm infraestrutura tendem a ser mais caros, pois economizam o custo de instalação desses serviços.

A própria rua e suas características também têm influência direta no valor por metro quadrado.

5. Considere restrições e zoneamento

Verifique se há restrições de zoneamento ou regulamentos que afetam o uso do terreno. Alguns terrenos podem ter limitações quanto ao tipo de construção permitida, o que pode afetar seu valor.

Terrenos com acentuado desnível (declive e aclive) costumam ter um preço por metro quadrado significativamente reduzido, especialmente quando a inclinação é na direção do fundo do terreno. O grau de desnível de um terreno influencia diretamente os custos necessários para nivelá-lo a fim de possibilitar a construção, e, em geral, quanto menor o desnível, melhor.

É verdade que alguns arquitetos exploram o desnível do terreno ao projetar casas, transformando-o a favor do projeto arquitetônico. Entretanto, existem casos em que essa abordagem não é viável, especialmente quando o terreno apresenta uma inclinação acentuada em direção ao fundo.

6. Leve em consideração a valorização futura

Considere se o terreno tem potencial de valorização no futuro devido a projetos de desenvolvimento, melhorias na infraestrutura ou mudanças na área circundante.

7. Avalie se o terreno é novo ou de terceiros

É importante observar que os cálculos para determinar quanto custa um terreno com base no preço por metro quadrado fazem mais sentido em relação aos terrenos novos, particularmente aqueles vendidos por loteadoras.

Nestes casos, geralmente existe um valor fixo por metro quadrado, e o cálculo é direto, bastando multiplicar a área do terreno pelo preço por metro quadrado para encontrar o valor final. Assim, trata-se de uma avaliação objetiva e uma matemática simples.

Por outro lado, quando se trata de terrenos que estão nas mãos de terceiros, esse método de cálculo pode não ser tão aplicável. Com o passar do tempo, a referência do preço por metro quadrado pode desaparecer, e cada indivíduo tende a determinar o valor de seu terreno com base em diversas variáveis, como as características específicas do terreno, o potencial da localização e outros fatores.

Assim, a definição de preço torna-se altamente subjetiva, e não é incomum encontrar terrenos com preços muito elevados simplesmente porque o proprietário acredita que seu valor é justificado, independente de critérios objetivos.

8. Consulte um avaliador imobiliário

Para uma avaliação precisa, é aconselhável consultar um avaliador imobiliário profissional. Eles têm experiência em determinar o valor de propriedades e podem levar em consideração todos os fatores relevantes.

Custos adicionais ao comprar um terreno

Custos adicionais ao comprar um terreno
Taxas de registro, impostos de transferência, avaliações, estudos de solo, licenças e custos de infraestrutura adicional.

Além do preço de compra do terreno, os compradores devem estar cientes de outros custos associados à aquisição de um terreno. Alguns dos custos adicionais incluem:

Impostos e Taxas
  • Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI): este imposto é pago à prefeitura municipal e varia de acordo com o valor do terreno;
  • Taxas de cartório: custos relacionados ao registro da compra no cartório de registro de imóveis.
Custos de Avaliação

Se você optar por obter uma avaliação profissional do terreno, precisará pagar pelos serviços de um avaliador imobiliário.

Custos de Financiamento

Se você financiar a compra do terreno, haverá custos associados ao empréstimo, incluindo juros e taxas de processamento.

Custos de Infraestrutura

Se o terreno não tiver infraestrutura básica, como água e eletricidade, você precisará arcar com os custos de instalação desses serviços.

Custos de Manutenção

Dependendo do estado do terreno, pode ser necessário realizar limpeza, nivelamento e outras melhorias antes de construir, o que envolve custos adicionais.

Outros custos pouco mencionados

Além dos custos que apresentamos acima, como impostos, taxas de cartório e infraestrutura básica, existem alguns custos adicionais relacionados à compra de um terreno que frequentemente passam despercebidos.

Um deles é o custo de estudos geotécnicos e sondagens, que são essenciais para avaliar a estabilidade do solo e determinar se são necessárias medidas de reforço antes da construção. A obtenção de licenças e autorizações para a construção, que podem variar dependendo das regulamentações locais, também pode gerar despesas adicionais.

Manutenção do terreno antes da construção, como limpeza e nivelamento, é outro custo muitas vezes subestimado. Portanto, ao planejar a compra de um terreno, é importante considerar não apenas os custos visíveis, mas também esses custos adicionais que podem surgir durante o processo de construção.

Quanto custa um terreno hoje?

Quanto custa um terreno hoje
Pesquise preços de terrenos comparáveis na região, considere tamanho, localização e demanda atual para determinar o custo.

Saber quanto custa um terreno no Brasil varia amplamente de acordo com a localização, o tamanho e a infraestrutura disponível. Calcular o valor de um terreno envolve considerar todos esses fatores, juntamente com os custos adicionais associados à compra.

É importante fazer uma pesquisa completa e, se necessário, consultar um profissional para garantir que você esteja tomando uma decisão informada a quanto custa um terreno e ao processo de compra.

Lembre-se também de que o mercado imobiliário está sempre em evolução, portanto, manter-se atualizado com as tendências é fundamental para fazer um investimento sólido e saber quanto custa um terreno na ponta da língua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *