Piso de concreto: o que é? Conheça os preços, vantagens, tipos e dicas

O piso de concreto é um dos mais populares em casas, sobrados, apartamentos, salões, indústrias e também em ambientes externos. É uma opção prática e versátil para a maioria dos cômodos, sem possuir restrições de uso. 

Se você está em dúvida sobre qual piso usar na sua construção, vale a pena conhecer mais a fundo esse modelo. Neste conteúdo vamos apresentar o que é, as vantagens, como é feita a instalação e o valor do piso de concreto. 

O que é o piso de concreto? 

O piso de concreto, conhecido também como piso industrial ou piso de alto desempenho, é uma tendência entre as alternativas disponíveis no mercado por suas versatilidade, durabilidade e variedade de acabamentos.  

A escolha deste modelo acompanha a cultura norte-americana, em que é comum usar o piso de concreto em ambientes internos e externos. A sua aplicação em indústrias, mercados, postos de gasolina, residências e outros estabelecimentos é bastante vista. 

A estrutura de concreto é feita a partir da mistura de cimento e outros materiais que dão sustentação e firmeza ao piso. Em outro tópico, detalharemos mais o processo de instalação do piso de concreto. 

Mas antes de nos aprofundarmos mais nas vantagens deste tipo de piso, é interessante conhecer também o conceito formal do termo. De acordo com ABNT NBR 12655:2015, a definição de concreto é:

Concreto de cimento Portland

material formado pela mistura homogênea de cimento, agregados miúdo e graúdo e água, com ou sem a incorporação de componentes minoritários (aditivos químicos, pigmentos, metacaulim,sílica ativa e outros materiais pozolânicos), que desenvolve suas propriedades pelo endurecimento da pasta de cimento (cimento e água). Para os efeitos desta Norma, o termo “concreto” se refere sempre a “concreto de cimento Portland”

 Quais as vantagens do piso de concreto?

Quais as vantagens do piso de concreto

Não é à toa que o piso de concreto tornou-se tão respeitado nos projetos, os seus benefícios para a obra são muitos. Além do bom custo-benefício, há outros pontos positivos. Conheça as vantagens do piso de concreto na construção civil

  • Resistência: o piso de concreto é muito durável e resistente. Prova disso, é sua utilização em ambientes com grande fluxo de pessoas, como mercados e shoppings, e por onde passam veículos pesados, como nas indústrias;
  • Versatilidade: o piso de concreto permite diversos modelos de revestimentos, o que dá muita versatilidade para pensar os ambientes. Ao combinar com a decoração e a iluminação, ele também é capaz de causar diferentes percepções, como a de amplitude;
  • Baixa manutenção: a manutenção do piso de concreto é muito baixa e dificilmente necessária. A conservação da funcionalidade e beleza está a cargo principalmente da limpeza, que também é um processo simples;
  • Fácil instalação: o piso de concreto é um dos tipos mais fáceis de instalar. Independente do modelo escolhido, o processo dificilmente é afetado por fatores externos;
  • Fácil de combinar: as cores neutras e o design simples fazem com que o piso de concreto seja bem simples de combinar com móveis e paredes de diferentes tonalidades. 

Quais são os tipos de piso de concreto? 

Existem oito tipos de piso de concreto mais comuns na construção civil. Cada modelo é indicado para um tipo de espaço. Ou seja, ao escolher o piso de concreto, você terá uma cobertura pensada especialmente para a área em questão. Bastante seguro, não é?

Conheça os oito principais tipos de piso de concreto: 

Concreto convencional 

Concreto convencional 

O concreto convencional é o mais usado em obras. Ele pode ser aplicado diretamente no chão ou em fôrmas para lajes e  pisos. A massa é feita em uma máquina para que haja a mistura correta de todo o material e em seguida deve ser aplicada no local em questão. 

Como o nome diz, ele é convencional por levar a mistura padrão de água, cimento, areia e brita, sem aditivos. É o tipo de piso preferido por quem busca um piso de concreto para garagem. 

Concreto bombeável

Concreto bombeável

O concreto bombeável é uma variação mais fluida do concreto convencional. E por essa característica, sua aplicação por meio de bombas e caminhões betoneiras se torna viável.A tubulação pode oscilar de 3 a 5,5 polegadas de diâmetro, indo do equipamento aplicador à aplicação final.

Concreto armado

Concreto armado

O piso de concreto armado é o mais tradicional e usado em grandes projetos, onde haverá a circulação de muitas pessoas, como por exemplo, galpões e indústrias. Também é a opção mais indicada para obras públicas (pontes, passarelas, viadutos, barragens, entre outros). 

A estrutura do piso de concreto armado é formada por uma massa de concreto e uma estruturas armadas com ferros que reforçam ainda mais o material e aumentam a sua durabilidade. 

Mas apesar da simplicidade de montagem e elaboração dos materiais, o piso de concreto armado exige estudos do local e uma análise preliminar do local, que deve ser feita por um especialista. 

Concreto polido

Concreto polido

O piso de concreto polido é indicado para ambientes internos. Não há restrições de utilização em residenciais. Inclusive, suas características, tornam-o uma ótima opção para essa finalidade, pois é antiderrapante, brilhante, durável e econômico.

É um modelo que dá um toque industrial, mas ao mesmo tempo sofisticado ao ambiente. Sua coloração acinzentada combina perfeitamente com todos os tipos de decoração, desde a moderna até a clássica. 

E mesmo com um acabamento de dar inveja, o piso de concreto polido não necessita de muita manutenção. Sendo, além de tudo, prático. 

O aspecto brilhoso é resultado da aplicação de um endurecedor químico que adensa o concreto poroso e, em seguida, polindo para dar o brilho e a suavidade desejados. Para isso, é usado uma série de ferramentas progressivamente finas (semelhante ao processo de lixamento de madeira), o concreto pode ser lixado até a gramatura de 80, 150 ou até 300.

Concreto intertravado

Concreto intertravado

Já o piso de concreto intertravado é mais visto em obras públicas e ambientes externos, como calçadas, entradas de residências e condomínios. 

Diferentemente dos outros tipos de piso de concreto, o intertravado é pré-fabricado e apenas encaixado no espaço em questão. Os modelos variam, podendo ter diferentes formas e cores. 

O piso de concreto intertravado é comum em muitas cidades do Brasil. Geralmente em praças e como parelelepipedo. 

Então, caso esteja procurando um piso de concreto para jardim ou um piso de concreto para calçada, o concreto intertravado é a melhor opção. 

Concreto queimado

Concreto queimado

O piso de concreto queimado, também conhecido como cimento queimado, é uma tendência que tem ganhado mais espaço nas decorações de interiores atualmente. Essa opção dá um ar de rusticidade e elegância ao ambiente. Mas para ter o resultado esperado, é necessário que o acabamento seja impecável.

O piso de cimento queimado é feito com a queima do cimento em pó sobre a argamassa ainda fresca. Para o visual branco, troca-se o cimento convencional pelo cimento branco estrutural e a areia de massa pelo pó de mármore.

Concreto rolado

Concreto rolado

O concreto rolado é aplicado principalmente em pisos de estacionamentos e barragens. Sua aplicação é feita com a compactação via rolos compressores, o que diminui o custo com cimento e mão de obra.

Apesar da economia, o piso de cimento rolado não tem um bom acabamento. Isso faz com que seja mais usado como sub-base para  os concretos que apresentam melhor aparência.

Concreto de Alto Desempenho

Concreto de Alto Desempenho

O piso de Concreto de Alto Desempenho (CAD) é utilizado em obras que demandam elevada resistência e durabilidade. Ele é feito a partir da adição de produtos especiais que diminuem os índices de porosidade e permeabilidade da superfície. O que torna a estrutura mais resistente a cloretos, sulfatos, gás carbônico e maresia.

Qual o valor do m² do piso de concreto? 

O valor do m² do piso de concreto depende bastante do tipo e do local de instalação. Muitos fatores influenciam no preço da instalação até o acabamento da superfície. Geralmente o custo varia de R$ 40,00 a R$ 150,00 o m². 

Contudo,  é indicado que você fale com um especialista e monte um orçamento dos materiais necessários para a execução do projeto. E a partir disso, realizar uma pesquisa, comparando os preços. 

Como é feita a instalação do piso de concreto? 

O processo de instalação do piso de cimento varia um pouco de acordo com tipo. E vale lembrar que é importante ser executado por um profissional. Mas geralmente é feito baseado nestas instruções: 

1 – Compactação do solo: a primeira etapa para a instalação do piso de cimento é observar o terreno e realizar um estudo de área, para garantir a segurança dos próximos passos;

2 – Preparação da sub-base: após a análise, começa o processo de preparação da sub-base para o recebimento do piso de concreto. O material utilizado depende do que foi indicado pelo especialista, os mais usados são as pedras ou o solo cimento. Tudo depende do ambiente e do que o piso precisará suportar. 

3 – Instalação da barreira de estanqueidade: a barreira de estanqueidade serve para evitar que a umidade do solo passe para a superfície. Além da instalação da barreira de estanqueidade, é colocada uma lona para permitir o movimento do piso na sub-base; 

4 – Concretagem: a concretagem do ambiente é feita de acordo com o tipo de piso de concreto escolhido. Contudo, independente do modelo, é um passo que necessita da mão de obra de um profissional; 

5- Nivelamento do piso: o nivelamento do piso é executado seguindo as especificações do projeto, podendo ser reto ou inclinado. A planicidade também é um detalhe importante para que não haja falhas; 

6 – Cura do piso: feito o nivelamento é preciso esperar o processo de cura do piso de concreto, que costuma ser feito com manta de feltro ou polipropileno. Outra opção é a cura química, porém alguns especialistas não indicam e preferem o método tradicional; 

7 – Acabamento: o último passo é realizar o acabamento da superfície com as máquinas acabadoras de superfície, os equipamentos deixarão o piso o acabamento escolhido no início do obra, com maior atrito, rugoso, lixado, jateado, entre outros. Depois disso, pode-se colocar a base. 

Como limpar o piso de concreto?

A limpeza do piso de concreto é bem simples e barata. A higienização não requer produtos caros e você mesmo pode fazer. Para realizá-la, irá precisar apenas de água e sabão. A forma de aplicar (com vassoura, pano ou outro instrumento) fica à sua escolha. 

A cada 5 meses também é recomendado a aplicação de cera líquida ou verniz para dar brilho à superfície. Isso garante que o piso esteja sempre com boa aparência. 

Outra dica é evitar derramar produtos abrasivos, mas caso ocorra, a limpeza da área deve ocorrer na mesma hora. 

Como calcular a quantidade de concreto para o piso?

traço de concreto de fundação para casas de madeira

É sempre bom contar com um especialista no momento de calcular os materiais para a obra. Mas se você está curioso para saber o quanto de concreto vai gastar para o piso, vamos te ensinar um cálculo que te dará um embasamento.

 O cálculo de volume de concreto é feito em metros cúbicos (m³) e para volumes planos, como o piso, se usa a largura multiplicada pelo comprimento e altura. Ou seja, se a laje irá ter 15m de largura, 10m de comprimento e 10cm de altura,a soma fica da seguinte forma:

V = 15,00 x 10,00 x 0,10 = 15m³

O que significa FCK?

A sigla FCK (do inglês, Feature Compression Know), em português significa Resistência Característica do Concreto à Compressão, um conceito importante para calcular com precisão a medida de material com relação à estrutura que será utilizada.

O FCK do concreto é definido pela ABNT NBR 6118:2014, como sendo a resistência característica do concreto à compressão. O que o torna indispensável em qualquer tipo de projeto arquitetônico.

Um dado interessante é que o cimento é um dos materiais que mais evoluiu, oferecendo opções com FCK’s altíssimo. Ainda de acordo com a ABNT,  os concretos estruturais são classificados em dois grupos de acordo com o FCK:

FCK ABNT NBR 6118_2014

E além desta classificação, a NBR 6118:2014 fala sobre as  recomendações para utilização das classes de resistência de acordo com as classes de agressividade ambiental (CAA):

CAA ABNT NBR 6118_2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.