jardim

Jardim: conheça diversos tipos e aprenda a criar e decorar o seu

Um belo jardim tem o poder de transformar o ambiente e deixar seu lar ainda mais aconchegante e gostoso de viver. Independente de seus tamanhos e formatos, o contato com a natureza e o cuidado com as plantas trazem uma oportunidade de desconectar da vida corrida e se conectar com você mesmo outra vez.

A gente sabe que não é todo mundo que tem o luxo de contar com um espaço para um jardim como em uma casa de madeira. Porém, mesmo em espaços pequenos como apartamentos e até mesmo tiny houses é possível construir belos jardins e aproveitar tudo de melhor que eles têm para oferecer.

Neste post, vamos te mostrar tudo sobre jardim. Quais são seus benefícios, como construí-los e decorá-los e também mostrar em detalhes os principais tipos de jardins para você se inspirar e fazer igual. Vamos aprender mais sobre os jardins então? Vem com a gente!

Quais os benefícios de um jardim em casa?

Ter um jardim em casa traz inúmeros benefícios. Desde aspectos positivos relacionados ao bem estar das pessoas que vivem na casa, passando por um aspecto estético com a decoração do ambiente e chegando a benefícios relacionados à capacidade de filtragem do ar das plantas, a lista é enorme.

No entanto, é possível listar os principais deles para mostrar o quão bom é ter um jardim em nossas casas:

  • Melhora a qualidade de vida no ambiente
    Um dos aspectos positivos mais comuns dos jardins é a melhora na qualidade de vida que ele traz para as pessoas da casa que desfrutam do ambiente. Sendo um espaço com muito verde e geralmente com boa luminosidade e circulação de ar, o jardim se torna uma espécie de refúgio das telas de computador e ambientes fechados tão comuns especialmente nessa era do home office.
  • Ajuda a aliviar o estresse
    Outro benefício do jardim é ajudar a aliviar o estresse. Seja como um espaço de descompressão depois de um dia pesado no trabalho, seja como parte da rotina de cuidado desse espaço uma oportunidade para esquecer e aliviar os problemas do dia-a-dia, os jardins ajudam a aliviar a ansiedade que muitos sentem devido à rotina de trabalho ou cuidado diário da casa.
  • Melhora a qualidade do ar
    Como muitos sabem, as plantas têm a capacidade de renovar o ar nos ambientes. Em seu processo de criação de clorofila diário, as plantas absorver a luz do sol e transformam o dióxido de carbono em oxigênio e água em glicose. Isso faz com que elas atuam como uma espécie de purificador de ar natural, precisando para “funcionar” apenas luz do sol e água na medida certa.
  • Tem poder terapêutico
    O jardim também pode ter um poder terapêutico por oferecer uma rotina alternativa às rotinas mais carregadas de problemas como a do trabalho, por exemplo. Ao cuidar das plantas diariamente, você também está cuidando de si mesmo, já que tem a oportunidade de desconectar do frenesi diário e conectar-se com suas plantas e aprimorar seus sentido com todas as cores, gostos e cheiros das plantas.
  • Auxilia na criação de hábitos saudáveis
    Um jardim também pode auxiliar na criação de hábitos saudáveis. Eles podem ser hábitos simples como fazer uma pausa a cada duas ou três horas para descontrair, tomar um sol e aumentar a carga de vitamina D no corpo; ou hábitos que terão um impacto positivo ainda maior na sua saúde, como um espaço para praticar yoga e fazer exercícios.
  • Melhora a alimentação
    Os jardins também podem ajudar a melhorar sua alimentação. Um jardim não necessariamente precisa conter apenas plantas ornamentais. Muito pelo contrário, verduras, legumes e árvores frutíferas são muito bem vindas nos jardins e podem ajudar a trazer todo dia um alimento fresquinho para a mesa. Você pode começar com pequenas ervas e temperos que crescem até no beiral da janela e com o tempo ir expandindo com legumes e verduras.
  • Valoriza o imóvel
    O jardim traz benefícios não somente para quem vive na casa no âmbito da saúde e bem estar pessoal. Um bom jardim também ajuda a valorizar o imóvel, já que eles são muito buscados quando os imóveis estão à venda — especialmente quando os compradores são famílias com filhos pequenos ou idosos.

Como fazer um jardim?

Mas afinal, como fazer um jardim em casa? Tudo vai depender do seu espaço e do seu objetivo. Um jardim pode ser simplesmente um espaço na sacada ou em um corredor externo onde você pode colocar vasos com suas plantas favoritas, ou pode ser um projeto de paisagismo super completo.

Até mesmo se você tiver apenas paredes disponíveis no seu imóvel ainda é possível construir um belo jardim vertical e aproveitar todos os benefícios que eles podem oferecer. Em seguida, vamos mostrar diferentes tipos de jardim em detalhes para você saber como fazer um jardim de diversos estilos e se inspirar para construir o seu.

Como decorar um jardim?

A decoração de um jardim tem tudo a ver com a decoração geral do ambiente e também com seus gostos pessoais. Por exemplo, em um chalé de madeira é comum encontrar plantas em jardineiras suspensas nos beirais das janelas e na sacada. Em outros tipos de imóvel isso pode ser diferente.

Por isso, abaixo vamos mostrar como decorar cada tipo de jardim de maneira a incorporar seu estilo próprio e também agregar elementos do projeto arquitetônico do seu imóvel no projeto do jardim.

28 tipos de jardim

Agora chegou a hora de conhecer em detalhes os 28 principais tipos de jardim para você se inspirar e incorporar no seu jardim de casa. Além de explicarmos um pouco sobre cada jardim, também mostraremos as plantas, objetos e acessórios mais comuns em cada um deles. Confira!

Navegação rápida pelos tipos de jardim:

1. Jardim Tropical

O jardim tropical é um tipo de jardim muito apropriado ao clima brasileiro. Isso porque ele é composto basicamente por plantas nativas do Brasil e também de outras regiões com clima tropical e subtropical semelhantes.

A ideia do jardim tropical é criar um ambiente que simula uma flores tropical, ainda intocado pelo homem, e ganhou muita projeção com os trabalhos do artista plástico e paisagista brasileiro Roberto Burle Marx.

Como decorar um jardim Tropical

Para decorar um jardim tropical é preciso apostar em diferentes plantas de cores vivas e vegetações com tamanhos e texturas diferentes. As folhas e seus formatos únicos contrastam umas com as outras e a introdução de água corrente ou pequenos lagos dão a impressão de que se está de fato numa parte da mata atlântica.

Plantas comuns nos jardins tropicais

  • Palmeiras;
  • Bromélias;
  • Orquídeas;
  • Helicônias;
  • Samambaias.

2. Jardim Japonês (Oriental)

O jardim japonês é um dos tipos de jardins mais conhecidos mundialmente. Um dos mais antigos e tradicionais estilos de construção de jardins da humanidade, o jardim japonês tem uma série de traços culturais embutidos em seu planejamento é considerado como uma espécie de refúgio espiritual.

No Japão, o paisagismo é considerado uma arte fina e conta com diversos mestres na criação de jardins orientais que são admirados não só dentro do país, mas também fora dele. O objetivo do jardim japonês é expressar a harmonia e a essência da natureza mesmo em um espaço limitado, criando um ambiente natural de contemplação e meditação.

Como decorar um jardim Japonês

Para decorar um jardim japonês é preciso utilizar elementos que propiciem a emulação do ambiente natural. Pequenas corredeiras, lagos e até cachoeiras são muito comuns nesses jardins. Outro elemento marcante é o uso de peixes ornamentais no jardim, que acrescentam vida ao ambiente a ajudam a completar o ciclo com as plantas.

Plantas e itens comuns nos jardins japoneses

  • Bonsais (geralmente adaptados ao clima brasileiro);
  • Azaléias;
  • Cerejeiras;
  • Íris;
  • Camélias;
  • Carpas;
  • Pedras;
  • Lanternas;
  • Pontes.

3. Jardim Francês (clássico)

O jardim francês, também conhecido como jardim formal ou clássico é um tipo de jardim mais rígido e contigo. Esse jardim busca a simetria do ambiente, apostando nas formas geométricas dos elementos e criando espaços monumentais.

Nesse tipo de jardim é comum encontrar caminhos de pedra cercados ou guiados por jardins. Esses jardins contam com arbustos podados em forma de escultura, estátuas, vasos com plantas e flores diversas e muitas gramíneas que criam a impressão de um tapete verde.

Como decorar um jardim Francês

Para decorar um jardim francês é preciso garantir que haverão espaços simétricos no ambiente. Ou seja, se houve um canteiro à esquerda é preciso também existir um canteiro do mesmo tamanho e forma à direita. Utilize peças de decoração em pedra como estátuas e vasos ornamentados (cadeiras e bancos de aço ou pedra também são bem vindos).

Outro aspecto fundamental para decorar um jardim francês é a topiaria (técnica de poda de plantas para transformá-las em esculturas), que vai trazer um estilo único ao jardim e que pode ser renovada com o tempo.

Plantas e itens comuns nos jardins franceses

  • Coníferas em geral (pinheiros, pinhos, etc.);
  • Acalifas;
  • Flores em arbusto;
  • Estátuas;
  • Vasos ornamentados.

4. Jardim Inglês

O jardim inglês, ao contrário do anterior, não busca a simetria. A ideia aqui é criar um ambiente orgânico e fluído, cheio de caminhos pavimentados que levam a uma diversidade de cores e tipos de plantas.

Nesse tipo de jardim árvores, arbustos e flores são mais valorizados e geralmente são combinados com elementos como gazebos, coretos, pequenas cabanas de madeira e outros elementos que ajudam a compor o visual rústico como se estivéssemos dentro de uma floresta inglêsa.

Como decorar um jardim Inglês

Para decorar um jardim inglês é preciso garantir a criação de um caminho sinuoso e que vai levar a pessoa que passa por ele a diversas plantas de cores, tamanhos e espécies diferentes. Ao longo do caminho também é preciso posicionar os elementos como móveis de madeira antigos, chalés, e outros para surpreender quem passa pelo caminho.

Plantas comuns nos jardins ingleses

  • Esporas-bravas;
  • Roseiras;
  • Peônias;
  • Malvas-rosa;
  • Lavandas;
  • Glicínias;
  • Dedaleiras.

5. Jardim Vertical

O jardim vertical é o tipo de jardim ideal para espaços pequenos ou onde simplesmente não é possível utilizar o chão para construir jardins. Ele dá a oportunidade de utilizar paredes, grades e muros como espaço para cultivar plantas ornamentais ou alimentícias com facilidade.

Como decorar um jardim Vertical

Para decorar um jardim vertical você pode usar pallets, grades de madeira, vasos horizontais e até mesmo canos de PVC para suspender na parede e realizar o plantio. O ideal é posicioná-los de forma que a água e os nutrientes de um escorra para o outro, aproveitando o máximo da irrigação e das chuvas.

Plantas comuns nos jardins verticais

  • Alface;
  • Samambaias;
  • Roseiras;
  • Maracujá;
  • Rúcula;
  • Alecrim;
  • Manjericão;
  • Hortelã.

6. Jardim de Inverno

O jardim de inverno nada mais é que uma espécie de jardim interno na casa que faz uso de um poço de luz ou uma claraboia para trazer tanto luz natural quando ventilação para o ambiente. O que o torna um jardim é justamente as plantas colocadas neles, geralmente dispostas em grandes vasos ou em canteiros de pedra para evitar a poeira.

Como decorar um jardim de inverno

Para decorar um jardim de inverno utilize plantas em vasos que tenham tamanho médio e não se espalhem muito para não prejudicar a difusão de luz no ambiente. Trepadeiras e plantas suspensas na parede são bem vindas também. Também é comum encontrar pequenas fontes de água no centro dos jardins de inverno.

Plantas comuns nos jardins de inverno

  • Samambaias;
  • Orquídeas;
  • Bromélias;
  • Espadas de São Jorge;
  • Palmeiras Leque;
  • Jiboias.

7. Jardim Árido

O jardim árido é uma espécie de jardim voltado para decoração de regiões mais secas e de clima árido. Utilizando em sua maioria plantas xerófitas (adaptadas às condições secas), esse tipo de jardim consegue trazer beleza com plantas robustas e resistentes que não precisam de muitos cuidados ou água.

Como decorar um jardim Árido

Para decorar um jardim árido é preciso criar um ambiente com excelente drenagem de água, já que as plantas xerófitas podem padecer se receberem água em excesso. O uso de pedras e argila em bolinhas ajuda a criar esse ambiente e também dar o tom da decoração em tons terrosos.

Plantas comuns nos jardins áridos

  • Cactos;
  • Suculentas;
  • Patas de Elefante;
  • Cadeiras-de-Sogra;
  • Urumbetas;
  • Agaves-Dragão.

8. Jardim Sensorial

Os jardins sensoriais são um tipo de jardim voltado para a criação de um espaço sensorial onde podemos experimentar todos os sentidos:

  • Visão: plantas com cores vivas e de tamanhos diferentes;
  • Tato: plantas com texturas, folhas e formatos distintos;
  • Olfato: plantas aromáticas e flores perfumadas;
  • Paladar: plantas comestíveis como frutas, verduras e legumes;
  • Audição: plantas que atraiam animais como pássaros, abelhas e outros.

Esse tipo de jardim é um dos mais completos pois pode contar com uma variedade imensa de plantas. Eles são especialmente criados para quem tem necessidades especiais e também idosos, pois promovem uma experiência sensorial intensa e gratificante.

Como decorar um jardim Sensorial

Para decorar um jardim sensorial abuse das cores, cheiros e sabores. Traga variedade não somente nos tipos de plantas utilizadas, mas também nos objetos como vasos que podem ser pintados em cores vibrantes e terem formatos distintos um dos outros.

Plantas comuns nos jardins sensoriais

  • Jasmins;
  • Alecrins;
  • Orquídeas;
  • Tomilhos;
  • Cidreiras;
  • Arrudas;
  • Gerânios;
  • Lavandas;
  • Gardênias;
  • Manjericão;
  • Hortelãs.

9. Jardim no Telhado Verde

Outra opção de jardim interessante é o telhado verde. Esse tipo de jardim tem a grande vantagem de não precisar de espaço no solo e tampouco nas paredes, pois é construído sobre a cobertura das casas. No entanto, é preciso um projeto especializado para construir esse tipo de telhado.

Como decorar um jardim no Telhado Verde

Para decorar um jardim no telhado verde prefira plantas baixas e leves. É possível ter inclusive árvores frutíferas no telhado, mas ele precisa estar preparado para isso e a árvore não pode ter um tamanho muito grande pois as raízes não suportarão seu peso. Um jardim com gramíneas e horta é o ideal.

Plantas comuns nos jardins no telhado verde

  • Estrelinha dourada;
  • Mosquitinho;
  • Russelia;
  • Rosinha do sol;
  • Alho social;
  • Capim azul;
  • Grama amendoim;
  • Grama esmeralda.

10. Jardim Simples

Como o próprio nome já diz, o jardim simples preza mais por criar um espaço verde do que se preocupar em utilizar as plantas ou itens de decoração mais caros e especiais. Nesse tipo de jardim, vale a pena apostar em plantas perenes que não exigem muito cuidado e também hortaliças que oferecem um retorno interessante.

Como decorar um jardim Simples

Para decorar esse jardim utilize o que você tem a mão. Vasos velhos (inclusive os quebrados), tipos de madeira que você tem jogado pelo quintal, móveis de pallet quebrados, etc. podem servir para abrigar ou escorar plantas. Esses itens também dão um charme especial, pois cada um tem uma história.

Plantas comuns nos jardins simples

  • Espada de São Jorge;
  • Tilandsia;
  • Hibisco;
  • Jiboia;
  • Pata-de-Elefante;
  • Violeta;
  • Aglaonema;
  • Rúcula;
  • Manjericão;
  • Cebolinha;
  • Hortelã.

11. Jardim de Borboletas

O jardim de borboletas, ao contrário de muitos outros, tem sua beleza principal não somente nas plantas mas também nos insetos que elas atraem: as borboletas. Geralmente bem colorido e formado em sua maioria por plantas com flores, esse jardim é lindo e pode atrair tipos de borboletas diferentes todos os anos.

Como decorar um jardim de Borboletas

O segredo para decorar um jardim de borboletas é apostar em plantas que fazem a polinização pelas flores. Isso atrairá muitas borboletas e também outros insetos como as abelhas, deixando seu jardim cheio de vida e vibrante.

Plantas comuns nos jardins de borboletas

  • Margaridas;
  • Alfazema;
  • Maracujá;
  • Girassol;
  • Funcho.

12. Jardim de Caixotes

Outro jardim que faz bom uso da reciclagem e até mesmo das madeiras de demolição é o jardim de caixotes. Eles podem ser construídos com caixas de feira ou até mesmo caixas feitas com tábuas de madeira sob medida, instalados elevados sobre o solo e também de forma vertical.

Como decorar um jardim de Caixotes

Decorar um jardim de caixotes de madeira tem tudo a ver com soltar a imaginação. Você pode utilizar eles em sua cor natural ou até mesmo pintá-los todos coloridos. Dentro é possível colocar vasos plásticos, já que eles estarão ocultos atrás das ripas que formam os caixotes.

Plantas comuns nos jardins de caixotes

  • Cebolinha;
  • Alecrim;
  • Salsa;
  • Manjericão;
  • Hortelã;
  • Orégano;
  • Pimenta malagueta;
  • Crassula Capitella;
  • Dinheiro em Penca.

13. Jardim de frutas e vegetais (horta)

Um outro jardim muito interessante é o de frutas e vegetais, mais conhecido como horta. Uma hortinha no quintal de casa pode fornecer alimentos fresquinhos, um espaço para descanso e ainda a oportunidade de aliviar o estresse cuidado das plantinhas variadas.

Como decorar um jardim de frutas e vegetais

O objetivo principal desse tipo de jardim não é obter um resultado visual coeso como os demais que apresentamos até então, mas sim proporciona um espaço vivo com uma variedade de plantas capazes de se ajudar no crescimento e cuidado com o jardim.

Plantas comuns nos jardins de frutas e vegetais

  • Alho;
  • Cebola;
  • Cebolinha;
  • Alface;
  • Rúcula;
  • Batata doce;
  • Abacaxi;
  • Acerola;
  • Abóbora.

14. Jardim Orgânico

O jardim orgânico pode ser composto por inúmeras plantas, especialmente as mais adaptadas ao clima da sua região e que tenha certa resistência natural a pragas e insetos. Isso porque nessa modalidade de jardim não é possível utilizar nenhum tipo de produto não orgânico, desde inseticidas a adubos e fertilizantes fabricados ou enriquecidos quimicamente.

Como decorar um jardim Orgânico

Para decorar um jardim orgânico primeiro é preciso pensar de forma pragmática, posicionando próximas plantas que oferecem benefícios mútuos umas as outras. Isso vai ajudar a manter o jardim saudável e permitir a utilização apenas de suplementos orgânicos e naturais.

Plantas comuns nos jardins orgânicos

  • Capim limão;
  • Alho-poró;
  • Cebolinha;
  • Gengibre;
  • Cebola;
  • Alho;
  • Batata doce;
  • Rúcula;
  • Mandioca.

15. Jardim Aquático

O jardim aquático e é bem interessante, mas não necessariamente fica submerso de baixo do mar: na verdade, esse tipo de jardim se concentra em cultivar plantas aquáticas — tanto aquelas que ficam submersas, quanto as que ficam sobre a superfície da água.

Como decorar um jardim Aquático

Para decorar um jardim aquático é preciso replicar o ambiente onde as plantas aquáticas costumam crescer, tanto as condições de luz e sombra quanto os animais e insetos que fazem parte do habitat para ajudar a manter o ciclo de vida dessas plantas saudável e seguro.

Plantas comuns nos jardins aquáticos

  • Vitória régia;
  • Ninfeia;
  • Inhame roxo;
  • Alface d’água;
  • Singônio.

16. Jardim de Flores

Como o próprio nome já diz, o jardim de flores é composto somente (ou majoritariamente) por tipos de plantas que possuem flores. Essas flores podem ser perenes ou sazonais, dependendo das espécies que mais se adaptam ao clima da sua região.

Como decorar um jardim de Flores

Para decorar um jardim de flores aposte em itens como vasos de diferentes cores e tamanhos e os pergolados de madeira. Esses itens permitem quebrar um pouco a monotonia das plantas muito parecidas, além de proporcionar um espaço para as flores trepadeiras crescerem livres no caso dos pergolados.

Plantas comuns nos jardins de flores

  • Orquídeas;
  • Antúrios;
  • Lírios da Paz;
  • Roseiras;
  • Kalanchoe:
  • Tilandsia;
  • Bromélia;
  • Flor-de-cerca;
  • Bungavílias.

17. Jardim Indoor

O jardim indoor é aquele que fica dentro de casa, podendo ser em pequenos espaços no canto de um cômodo ou até mesmo sobre móveis como aparadores, prateleiras, armários e mesas. Esse tipo de jardim é para quem ama plantas, mas não tem absolutamente nenhum espaço para elas.

Como decorar um jardim Indoor

Para decorar um jardim indoor basta utilizar pequenos vasos decorativos, peças antigas que podem ser transformadas em vasos de decoração e também terrários. Essa combinação vai garantir uma decoração coringa que combina com quase todos os ambientes.

Plantas comuns nos jardins indoor

  • Violetas;
  • Cyclamen;
  • Suculentas;
  • Jade;
  • Fitônia;
  • Cactos;
  • Comigo-ninguém-pode;
  • Bambu da sorte;
  • Dinheiro em penca.

18. Jardim Comunitário

Um dos tipos de jardim mais legais, o jardim comunitário é aquele que você divide a responsabilidade e os frutos com a comunidade. Geralmente são construídos em terrenos baldios da vizinhança como forma de evitar aparecimento de animais peçonhentos e ainda valorizar o bairro.

Como decorar um jardim Comunitário

Para decorar um jardim comunitário basta ser criativo, reaproveitando materiais como pallets e barris ou até mesmo materiais que foram jogados fora para construir vasos e canteiros. Esse tipo de jardim também é muito bom para plantas que exigem um cuidado especial, já que a rotação de pessoas permite um olhar mais atento.

Plantas comuns nos jardins comunitários

  • Morango;
  • Abobrinha;
  • Amora;
  • Tomate;
  • Pimentão;
  • Berinjela;
  • Vagem;
  • Cebola;
  • Cenoura.

19. Jardim Estufa

Em muitas regiões do país o clima frio do inverno ou até mesmo a quantidade de pragas e insetos pode inviabilizar a construção de jardins. Por isso, existe também o jardim estufa, um espaço fechado que garante a temperatura correta às plantas e também protege contra insetos e pragas.

Como decorar um jardim Estufa

Decorar um jardim estufa é muito simples. É possível aproveitar elementos da própria estrutura (feitos de madeira e vidro ou madeira e plástico) como base, pintando postes e vigas nas cores desejadas.

Também é legal construir uma espécie de bancada na estufa, assim as plantas ficam dispostas em forma de escada e ajudam na circulação de água e nutrientes.

Plantas comuns nos jardins em estufas

  • Qualquer planta, desde que não sejam árvores muito altas que impossibilitem a construção do espaço.

20. Jardim Botânico

O jardim botânico é um tipo de jardim voltado a cultivar uma grande variedade de espécies de plantas, independente da região ou de seu habitat natural.

Muito comuns em espaços públicos dedicados à preservação e exposição de espécies raras ou à beira da extinção, eles também podem ser replicados domesticamente mas exigem muito cuidado e tempo investido.

Como decorar um jardim Botânico

Os jardins botânicos costumam ser decorados por tema, sendo que cada espaço ou área concentra espécies de determinada região. Nesse sentido, a decoração pode acompanhar com objetos de decoração que remetam ao país ou cultura da planta cultivada.

Plantas comuns nos jardins botânicos

  • Infinitas plantas.

21. Jardim de Suculentas

O jardim de suculentas dedica-se a cultivar apenas plantas dessa espécie única. Diferente do jardim árido, que incorpora as suculentas entre suas espécies por conta de sua resistência e pouca necessidade de água, o jardim de suculentas aposta nelas como peças centrais.

Como decorar um jardim de Suculentas

Para decorar um jardim de suculentas aposte na variedade de espécies, que conta com formas e cores diferentes. Também é possível utilizar vasos ornamentados para complementar a decoração e montar algumas suculentas na vertical em espaços menores.

Plantas comuns nos jardins de suculentas

  • Rabo de Burro;
  • Bola de neve mexicana;
  • Haworthia Fasciata;
  • Portulacaria Afra;
  • Aloe Cymbiformis;
  • Cacto Macarrão.

22. Jardim com Deck

O jardim com deck nada mais é que uma forma de aproveitar o espaço do jardim criando uma espécie de passarela com o deck, ou até mesmo construir um deck para suspender os vasos de plantas.

Utilizando o deck de madeira para construir a passarela evita-se que as pessoas pisem nas plantas ou que seja necessário construir caminhos permanentes de concreto ou pedras.

Como decorar um jardim com Deck

Para decorar um jardim com deck é possível combinar diversos estilos. O mais comum é o rústico, já que o tema da madeira combina bem com esse tipo de jardim. É preciso escolher uma madeira adequada para o deck, sendo Ipê uma das mais resistentes.

Plantas comuns nos jardins com decks

  • Diversas plantas.

23. Jardim de Pneus Usados

Outro jardim que aposta na reciclagem e reaproveitamento de materiais que iriam para o lixo é o jardim de pneus usados. Esses pneus sem serventia podem ser preenchidos com terra e transformados em belos e resistentes canteiros.

Como decorar um jardim de Pneus Usados

Para decorar os jardins de pneus usados muita gente gosta de pintá-los de branco. Eles também podem ser utilizados para a criação de um caminho de carros entre ás árvores, com os pneus fornecendo o canteiro e também uma superfície contra impactos.

Plantas comuns nos jardins de pneus usados

  • Plantas diversas.

24. Jardim de Bambu

O jardim de bambu é muito tradicional na cultura japonesa e conta com grandes áreas plantadas dessa espécie. Eles costuma ser plantados de maneira a formar um caminho que se fecha no alto, devido à altura e o peso dos bambus, conferindo um visual incrível.

Como decorar um jardim de Bambu

Não tem muita decoração para fazer nos jardins de bambus, já que sua beleza natural é o destaque desse tipo de jardim. No entanto, costuma-se criar as passarelas e decks do bambu proveniente do jardim para completar o tema.

Plantas comuns nos jardins de bambus

  • Bambu Mossô;
  • Bambu Cana da Índia;
  • Bambu Preto;
  • Bambu Fargesia Robusta;
  • Bambu Fargesia Rufa;
  • Bambu Taquaruçu.

25. Jardim de Fadas

O jardim de fadas não se concentra nas plantas em si, mas sim no tema da decoração: os contos de fadas. Esses jardins geralmente tem tamanho de miniatura e utilizam objetos de decoração como duendes e fadas feitos de concreto ou argila.

Como decorar um jardim de Fadas

Para decorar esse tipo de jardim, escolha seus personagens de contos de fadas preferidos, alguns animais de pedra ou cimento e preencha com plantas pequenas como gramíneas e pequenas ervas.

Plantas comuns nos jardins de fadas

  • Peónia;
  • Azaléas;
  • Rododendros;
  • Grama de trigo.

26. Jardim de Sebes

Os jardins de sebes servem como decoração e proteção. Constituídos para formar uma barreira natural, esse jardim utiliza plantas capazes de fornecer privacidade e segurança devido à espessura das folhagens e da sua altura.

Como decorar um jardim de Sebes

Os jardins de sebes podem ser decorados de poucas formas, sendo elas a decoração dos canteiros (seja pintando ou ornamentando) ou realizado a poda das sebes para terem formas específicas.

Plantas comuns nos jardins de sebes

  • Loureiro;
  • Folhado;
  • Loendro;
  • Murta;
  • Alecrim;
  • Sempre-noiva;
  • Pingo de ouro;
  • Medronheiro.

27. Jardim Ornamental

O jardim ornamental é um tipo de jardim voltado apenas para oferecer beleza e uma estética imbatível. É improvável encontrar plantas frutíferas, legumes e verduras nesses tipos de jardim a não ser que essas plantas tenham também um apelo visual interessante.

Como decorar um jardim Ornamental

A decoração dos jardins ornamentais costuma se concentrar em temas, sendo que regiões específicas do jardim podem conter apenas plantas com a mesma cor ou tom, sendo que outras possuem o mesmo tamanho e folhagens parecidas.

Plantas comuns nos jardins ornamental

  • Diversas plantas.

28. Jardim de Permacultura

O jardim de permacultura é de longe um dos mais interessantes. Esse tipo de abordagem tentar criar um ciclo infinito para manter o jardim vivo por muitos anos. Para isso, são combinados plantas e animais que fornecem benefícios mútuos entre eles.

Como decorar um jardim de Permacultura

A maneira mais comum de decorar um jardim de permacultura é criar um ciclo de irrigação que envolva a criação de peixes. Enquanto as plantas ajudam a oxigenar e alimentar os peixes, os detritos dos peixes viram nutrientes para as plantas que também filtram a água para ser reaproveitada novamente nos tanques.

Plantas comuns nos jardins de permacultura

  • Ingá;
  • Bambu;
  • Guandu;
  • Tamarindo;
  • Amora;
  • Pitanga;
  • Baru;
  • Tucumã;
  • Angico;
  • Urucum.

Quanto custa um jardim?

Um jardim ornamental simples pode custar de R$72,00/m² a R$160,00/m² para ser construído por profissionais. Mas você pode sempre construir seu próprio jardim, só irá levar mais tempo e aprendizado pelo caminho.

Outros tipos de jardins como as hortas e o de permacultura oferecem ainda benefícios adicionais como a produção de alimentos e a possibilidade de sempre expandir as culturas.

Opções de jardim barato

A opção de jardim mais barata é a construída no estilo “faça você mesmo”. Nela você pode reaproveitar materiais como vasos quebrados e pallets velhos para construir um jardim incrível e cheio de história.

O ideal para esse tipo de jardim barato é construí-lo aos poucos, dando tempo para o aprendizado e mitigando problemas e até mesmo desistências causadas pela falta de experiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *