tinta para madeira

Tinta para madeira: esmalte, acrílica, látex ou laca. Qual escolher?

Todo o processo de construção ou reforma de um projeto com madeira passa pela etapa de pintura e acabamento. Seja esse projeto grande como uma casa de madeira inteira, seja ele um pequeno hobby de marcenaria como um sofá de pallet, é essencial escolher a tinta para madeira correta.

A tinta certa para cada tipo de madeira e seus diferentes usos (interno ou externo) garantirá que a aplicação terá uma longa vida útil, sem perder a cor e nem descascar no processo. Essas, aliás, são as principais frustrações de quem já pintou um móvel ou construção de madeira com a tinta errada: ela começa a descascar com o tempo.

Por isso, neste post vamos lhe ajudar a escolher a melhor tinta para madeira para seu projeto. Vamos passar pelos principais tipos utilizados, mostrar suas aplicações, acabamentos e também dar dicas de durabilidade e métodos de aplicação. Vamos começar?

Principais tipos de tinta para madeira

Existem inúmeras tintas para madeira, inclusive algumas que não são necessariamente voltadas para a madeira mas que podem ser aplicadas em algumas ocasiões — as chamadas tintas de uso geral. Abaixo, mostraremos as principais tintas recomendadas para uso em madeiras:

Esmalte sintético para madeira

A tinta esmalte é o produto mais recomendado para se aplicar em madeiras. Isso porque ela cria uma película de proteção na superfície da peça (totalmente impermeável), trazendo mais durabilidade e resistência contra os elementos como sol, chuva e até mesmo pragas e insetos.

Esse tipo de tinta para madeira é de fácil aplicação, podendo ser realizada com pincel, trincha, rolo ou pistola de tinta.

Existem duas composições da tinta esmalte:

  • Esmalte sintético
    Tinta constituída através do uso de solventes químicos sintéticos. Tem alta durabilidade e cheiro forte durante a aplicação. Recomendada para ambientes externos.
  • Esmalte à base de água
    Tinta constituída através do uso de água, sem elementos químicos sintéticos. Tem boa durabilidade e é ecologicamente correta. Sem cheiro na aplicação, recomendada para ambientes internos.
tinta esmalte para madeira

Tinta acrílica para madeira

A tinta acrílica é uma tinta para madeira também impermeável, mas por utilizar uma substância diferente na sua composição química: a resina acrílica.

Essa resina acrílica tem grande vantagem quando o assunto é durabilidade e acabamento. Sendo totalmente impermeável, ela também deixa a superfície com um acabamento mais fino por conta da camada de resina.

  • Tinta acrílica à base de água
    Tinta constituída através do uso de água, sem elementos químicos sintéticos. Tem boa durabilidade e é mais ecológica que as opções sintéticas. Pouco cheiro na aplicação, recomendada para ambientes internos.
tinta acrílica para madeira

Tinta látex (PVA) para madeira

A tinta látex é uma tinta à base de água para madeira bastante utilizada na pintura de pequenos móveis como prateleiras e também artesanato em madeira.

Menos durável que as outras opções anteriores, ela não é recomendada para usos externos já que possui baixa resistência à água, umidade e ao sol.

  • Tinta látex à base de água
    Tinta constituída através do uso de água, sem elementos químicos sintéticos. Tem baixa resistência e durabilidade quando comparada com outras tintas. Sem cheiro na aplicação, recomendada para ambientes internos.
tinta látex para madeira

Tinta laca (PU) para madeira

A tinta laca, também conhecida como tinta PU, é uma tinta muito comum na indústria automotiva (usada para pintar carros, metais, vidro, etc.) e também utilizada para pintar móveis.

Composta por uma resina vegetal combinada com diferentes produtos sintéticos, essa tinta oferece um acabamento que deixa a superfície lisa e suave devido à resina.

O resultado do seu uso também é conhecido como laqueamento, que pode apresentar acabamentos fosco, brilhante, metalizado e perolizado.

  • Tinta Laca (ou tinta PU)
    Tinta constituída através do uso de solventes químicos sintéticos aliados a resinas naturais. Tem alta durabilidade e cheiro forte durante a aplicação. Recomendada para ambientes externos e internos.
tinta laca para madeira

Qual é a tinta para madeira mais usada?

A tinta para madeira mais usada atualmente acaba sendo a tinta esmalte, tanto em sua variante à base de água quanto sintética. Essa tinta oferece um grande leque de aplicações e boa proteção, poder isso você pode encontrar desde móveis até casas de madeira pintadas com esse tipo de tinta.

No entanto, isso só mostra como ela é comum. Cada contexto de aplicação requer um tipo de tinta diferente. O mais válido é analisar o seu objetivo com a pintura: durabilidade? qualidade no acabamento? combinação com outros elementos da decoração? São essas perguntas que lhe ajudarão a definir a tinta para madeira certa.

Quais os tipos de acabamento das tintas para madeira?

Além dos tipos de tinta para madeira específicos para usos externos e internos, também é preciso escolher dentre os tipos de acabamento que essas tintas dão à madeira. Existem vários acabamentos possíveis, veja abaixo os 3 principais:

Tinta para madeira com acabamento fosco

tinta fosca

As tintas para madeira com acabamento fosco não possuem brilho algum, ou têm o brilho bastante reduzido.

Elas dão um acabamento único e são recomendadas para ocultar imperfeições na madeira, já que refletem pouco a luz deixam essas imperfeições menos visíveis.

  • Lavabilidade: média.

Tinta para madeira com acabamento acetinado

tinta acetinada

As tintas para madeira com acabamento acetinado tem um brilho suave e um toque aveludado.

Ficando entre o fosco e o brilhante na escala de brilho, as tintas acetinadas são recomendadas para superfícies regulares onde busca-se evitar muitos reflexos, obtendo um acabamento mais sutil na madeira.

  • Lavabilidade: boa.

Tinta para madeira com acabamento alto brilho

tinta alto brilho

As tintas para madeira com acabamento alto brilho são aquelas que refletem bastante a luz e deixam a superfície da madeira com acabamento brilhante.

O acabamento alto brilho acaba fazendo a peça de madeira se destacar no ambiente, então costuma ser aplicado a peças que precisam chamar a atenção.

  • Lavabilidade: boa.

Tintas para madeira com rolo, pincel, spray e pistola

Na hora de pintar com tinta para madeira, também é preciso escolher bem a ferramenta para o serviço já que ela irá influenciar diretamente na qualidade do acabamento e na dificuldade da aplicação. Separamos as principais ferramentas de aplicação de tintas para explicar melhor:

Rolo de pintura

O rolo de pintura é a maneira mais prática e rápida de pintar grandes superfícies deixando menos marcas. Aplicar tintas para madeira com o rolo é uma boa opção para longarinas e vigas, mas não é recomendado para peças pequenas ou para a pintura de quinas e formas geométricas complexas.

Pincel

O pincel é a ferramenta clássica da pintura e também a mais versátil. É possível pintar grandes superfícies com pincel, mas sua marca provavelmente aparecerá no resultado final. Por isso, é mais recomendado utilizar o pincel para aplicar a tinta de madeira em cantos e pequenos espaços onde outras opções não alcançam.

Spray

O spray tem as vantagens do rolo de pintura e do pincel combinadas. Ele pode ser utilizado tanto para pintar grandes superfícies, quanto pequenas quinas e cantos. As únicas desvantagens são a necessidade proteger o ambiente (já que o spray se espalha com facilidade) e o custo x benefício ruim para projetos maiores.

Pistola de pintura

A pistola de pintura é como se fosse um super spray. Ela tem as mesmas vantagens do spray, mas indo além na versatilidade e tamanho das aplicações. Pode ser utilizado para pintar grandes superfícies ou peças pequenas, tendo um grande leque de bicos que proporcionam boa cobertura e um acabamento mais refinado.

É preciso trabalhar com equipamentos especializados para utilizar a pistola de pintura, como compressores, cabines de pintura e máscaras especializadas.

Tintas para madeiras já pintadas ou com verniz

Para fazer a repintura de madeiras que já estão ou foram pintadas em algum momento é preciso ter alguns cuidados. O mesmo vale para as diversas cores de verniz, sendo preciso escolher uma tinta para madeira específica nesses casos.

Se a madeira já foi pintada, é recomendado utilizar uma variedade de tinta sintética (principalmente o esmalte sintético) já que ele oferecerá proteção adicional à madeira e não reagirá com as camadas de tinta ou verniz anteriores aplicadas na madeira como pode acontecer com as tintas à base de água.

Lixar antes de aplicar a primeira demão

Apesar de não ser necessário lixar a madeira antes de pintar no caso de uma madeira nova, para madeiras que já foram pintadas ou envernizadas é preciso lixar a superfície antes de aplicar a primeira demão de tinta.

Isso acontece pois, assim como no processo de como envernizar madeira, é preciso lixar a superfície e gerar abrasividade para aumentar a aderência da tinta à superfície. Tintas ou vernizes anteriores podem criar uma camada lisa, dificultando o processo de secagem e aderência da nova tinta.

Base de massa para tintas de madeira

Em alguns casos, como em restauração de cabanas de madeira, chalés de madeira e móveis antigos, às vezes é preciso utilizar uma camada de massa corrida na superfície da madeira antes de pintá-la. Isso acontece quando a superfície da peça está muito ruim ou quando a normalização com a lixa não é suficiente.

Esses casos são comuns especialmente quando se opta para pintar com tintas para madeira do tipo acrílica ou látex. No caso das outras tintas, não é recomendado aplicar massa corrida antes da pintura. Muitas vezes uma camada de tinta branca já ajuda na fixação das seguintes demãos e valoriza ainda mais a cor da tinta.

Escolha a tinta para madeira correta!

Bom, agora que você já sabe como escolher a tinta para madeira correta para seu projeto é só colocar a mão na massa e começar a pintar. Não se esqueça de seguir todas as nossas dicas para obter o resultado ideal desejado.

Ficou com alguma dúvida sobre a tinta para madeira que precisa escolher? Deixe pra gente nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *