Chalés de madeira e vidro: vantagens e mais 18 modelos para se inspirar

A cada dia novos materiais são empregados na construção de casas e outras estruturas. A combinação de diferentes matérias primas como a madeira, metal e vidro trazem um ar moderno ao ambiente e ainda proporcionam o aproveitamento de características naturais. É o que acontece com os chalés de madeira e vidro.

Adotados por diferentes escolas arquitetônicas, esses dois materiais ganham destaque no estilo clássico de construção vindo desde os chalés suíços. Neste post, exploramos um pouco mais sobre os chalés de madeira e vidro, suas vantagens e desvantagens e também as melhores inspirações para construir.

Bora sentir um gostinho desses chalés incríveis?

O que é um chalé de madeira e vidro?

Um chalé de madeira e vidro é uma construção que emprega esses dois materiais de forma conjunta e harmoniosa. Em uma construção de madeira tradicional, a madeira é responsável por cerca de 85% do imóvel enquanto outros materiais como o próprio vidro, o metal o concreto compõem o restante da estrutura.

Nos chalés de madeira e vidro essa proporção cresce um pouco para o vidro e ele passa a ser empregado de maneiras distintas, como em grandes fachadas envidraçadas, telhados de vidro, claraboias, etc. A ideia é conectar o exterior (geralmente em locais em meio à natureza) ao chalé por dentro, formando um ambiente incrível.

Quanto custa um chalé de madeira e vidro?

Um chalé de madeira e vidro pode custar entre R$20.000,00 e R$120.000,00, dependendo do projeto. Esse tipo de construção de madeira dificilmente suporta a pré-fabricação devido à alta personalização do projeto, sendo que grandes áreas envidraçadas demandam estudo do local da obra por conta da incidência de luz.

Isso, como você deve imaginar, pode encarecer o projeto. Mas nada impede que uma casa de madeira convencional seja remodelada ou adaptada para receber painéis de vidro e transformar a arquitetura e o ambiente. Outras soluções similares são as cabanas de madeira e vidro e ainda as casas de madeira e vidro.

18 modelos de chalé de madeira e vidro

O melhor dos chalés de madeira e vidro é que existem inúmeros projetos de cair o queixo para se inspirar e começar a projetar seu modelo de chalé favorito. Abaixo selecionamos os nossos favoritos e trazemos um pouquinho de explicação das influências, estilos e materiais utilizados no projeto arquitetônico:

Este chalé utiliza a madeira e o vidro de forma extensiva na fachada como uma maneira de trazer mais luz, circulação de ar e contato com o exterior.

Esse chalé é tão alto que poderia ser um sobrado de madeira. Por isso mesmo, a grande fachada de vidro acaba sendo necessária para levar iluminação e circulação de ar para todos os cômodos.

Chalés e casas de madeira rústicas também podem triar proveito de grandes áreas de vidro para modernizar a construção.

Os chalés de madeira clássicos costumam utilizar muito vidro na fachada, ainda que não seja uma chapa de vidro ininterrupta. Isso acontece porque os chalés dificilmente contam com outras janelas e fontes de luz.

Construções grandes como o projeto de chalé com 86 m² podem ganhar muito com grandes painéis de vidro tanto na fachada quanto nos fundos.

Este chalé levou o conceito de combinar a madeira e o vidro ao extremo, mantendo apenas a estrutura principal do chalé em madeira e revestindo toda a estrutura de vidro, utilizando-o como um tipo de telhado.

Mesmo este chalé que se assemelha a um celeiro consegue um visual moderno com essa grande fachada de vidro.

Este chalé ultra-moderno utiliza a madeira e o vidro combinados quase que de maneira orgânica. São formas difíceis de se produzir e construir, mas o trabalho e o investimento valem cada centavo.

Não é preciso dar formas arrojadas aos vidros e janelas para deixar um chalé de madeira e vidro atraente. Este chalé clássico aposta na quantidade de janelas para trazer luminosidade e muito estilo à construção.

Grandes peças de vidro como a utilizada neste projeto são incrivelmente difíceis de se produzir, mas o resultado final é de tirar o fôlego. Uma alternativa mais barata e fácil de ser trabalhada é o acrílico, mas sua durabilidade e resistência a riscos e arranhões é muito inferior a do vidro.

Também é possível utilizar formas geométricas simples, mas de tamanhos diferentes, na fachada de vidro do chalé para trazer mais estilo e originalidade sem precisar investir em projetos ou peças de vidro caras.

Combinar a madeira e o vidro utilizando esquadrias de aço ou alumínio também é uma boa alternativa. Esse tipo de aplicação valoriza o imóvel e também facilita o processo de modelagem, fabricação e instalação das peças.

Mais um exemplo de criatividade na fachada de vidro do chalé: apenas utilizando retângulos de tamanhos diferentes foi possível quebrar a monotonia das linhas retas.

Áreas cobertas com vidro não precisam se limitar à fachada. É possível até mesmo cercar a estrutura com esse tipo de material, como acontece com esse chalé diferente e também com esta cabana circular.

Peças de vidro pequenas são mais baratas e fáceis de serem encontradas. Por isso, pode valer a pena investir na criatividade e utilizar essas pequenas peças para formar uma grande fachada envidraçada.

Utilizar o vidro no teto em forma de claraboia ou até mesmo como um tipo de telha também é uma excelente alternativa. Além de iluminar o ambiente, também pode ser um grande atrativo para apreciar a noite e suas belezas.

Prós e contras dos chalés de madeira e vidro

Existem algumas vantagens e desvantagens associadas aos chalés de madeira e vidro. Seja em relação às dificuldades de construção, seja pela valorização quase que imediata do imóvel pronto que utiliza o vidro de maneira moderna e inteligente, é preciso ficar de olho em alguns pontos:

Vantagens

  • Estilo arquitetônico sem igual;
  • Conexão e visão da natureza exterior através de grandes áreas envidraçadas;
  • Economia de energia devido à alta incidência de luz solar, evitando a utilização de lâmpadas durante o dia;
  • Economia de energia com refrigeração da casa, já que as grandes áreas de vidro podem ser abertas para melhorar a circulação do ar;
  • Experiência única, seja seu objetivo morar nelas ou colocá-las para aluguel em plataformas como o Airbnb.

Desvantagens

  • Grandes áreas envidraçadas podem representar perigo para os pássaros em zonas de mata;
  • Em áreas sem vegetação, a incidência de sol pode esquentar muito o interior da construção;
  • Proteger áreas envidraçadas de crimes como furtos e roubos é mais difícil;
  • O custo elevado dos vidros de qualidade.

Vale a pena ter um chalé de madeira e vidro?

Sim, vale muito a pena ter um chalé de madeira e vidro especialmente se for numa localidade onde a natureza é exuberante. Se você pretende utilizar um chalé desses em um projeto de pousada pequeno, por exemplo, também pode ser um excelente atrativo para seus hóspedes.

Gostou dos chalés de madeira e vidro? Então deixe nos comentários quais dos modelos mostrados foram os seus favoritos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *