A porta é um dos acabamentos finais na execução da planta-baixa. Mas as suas dimensões acompanham o planejamento desde o projeto inicial. Portanto, logo no início dos trabalhos é comum surgir o questionamento “qual o tamanho de porta ideal?”.

O tamanho de porta é uma decisão muito importante, que impacta não só no design final, mas também na dinâmica do dia a dia. Pode até parecer supérfluo, mas imagine a dor de cabeça que dá comprar um sofá que não passa pela porta de entrada!

Portanto, assim como a maioria das decisões que envolvem a construção civil, a dimensão da abertura precisa ser bem pensada. 

Para entender melhor qual o tamanho recomendado para cada cômodo e conhecer algumas dicas de instalação, continue lendo esse conteúdo!

Qual é o tamanho de porta correto?

tamanho de porta

O primeiro ponto que precisamos esclarecer é que não existe um padrão universal de tamanho de porta. As medidas são variáveis de acordo com o modelo, material e, principalmente, com a aplicação. 

Por isso, a entrada, os dormitórios, o banheiro e a garagem tem dimensões diferentes, que respeitam e atendem as necessidades de cada espaço. Então, se você seguir as recomendações e indicações de cada uma, dificilmente terá problemas no momento de adicionar os itens maiores, como cama, sofá, entre outros.

O que é uma folha de porta? 

Antes de entrarmos na discussão sobre os tamanhos de porta, é interessante conhecermos os tipos deste item. Para isso, alguns conceitos são importantes para a compreensão, como o de folha de porta. 

Uma folha de porta nada mais é do que a própria porta em si. Pode parecer um pouco estranho esse conceito, tendo em vista que para isso a palavra “porta” daria conta. Mas ao conhecer os tipos de porta, ele fará mais sentido. Isso porque, alguns modelos têm mais de uma folha. 

Quais os principais tipos de porta?  

Conheça os modelos de porta mais utilizados atualmente, tanto para ambientes internos, quanto para externos:

  • Porta de abrir;
  • Porta de correr;
  • Porta basculante;
  • Porta pivotante;
  • Porta sanfonada;
  • Porta camarão;
  • Porta balcão;
  • Porta holandesa;
  • Porta bang bang (ou vai e vem);
  • Porta de rolo (ou de enrolar).

Porta de abrir

Porta de abrir

A porta de abrir é o modelo mais comum de abertura. Tem dobradiças verticais e precisa de um espaço livre para ser aberta, além de um espaço na parede para a instalação do batente.

O modelo de porta de abrir é indicado tanto para ambientes internos, quanto externos. 

Porta de correr

Porta de correr

A porta de correr é bem prática. O seu sistema de abertura é com trilhos em cima e embaixo, onde a estrutura desliza para o lado. Esse modelo é indicado para quem quer otimizar o ambiente ou tem um cômodo pequeno. 

Existem opções de porta de correr com uma ou duas folhas, dependendo do tamanho necessário e do design desejado. É importante destacar que para ela abrir totalmente é preciso que haja, pelo menos, o mesmo tamanho de vão de abertura para correr. 

É utilizada em ambientes internos.

Porta basculante

Porta basculante

A porta basculante funciona no mesmo sistema das janelas basculantes, abrindo para cima e para frente. Geralmente é utilizada na garagem e em armários.  

Porta pivotante

Porta pivotante

A porta pivotante é um modelo elegante que dispensa dobradiças, pois fica fixa no batente com 2 pivôs e faz movimentos giratórios.

Costuma ser adicionada em entradas de projetos de luxo devido ao grau de imponência que proporciona. 

Porta sanfonada

Porta sanfonada

Alto explicativa, a porta sanfonada lembra bastante o instrumento musical sanfona. É ideal para ambientes internos em que o objetivo é economizar espaço e custo. 

Porta camarão

Porta camarão

Muito semelhante a porta sanfonada, a porta camarão se diferencia pela sua quantidade de dobradiças, que é menor (geralmente são 3). Além disso, a qualidade é melhor, pois suas folhas são mais espessas e a opção de materiais é maior.

A sua indicação de aplicação também é a mesma do modelo sanfonado. 

Porta balcão

Porta balcão

A porta balcão é composta por duas folhas com ventilação, que são instaladas do lado de fora, e duas folhas do lado de dentro. Alguns modelos podem apresentar mais folhas, podendo chegar a 6.

É aplicada principalmente em sacadas, terraços ou varandas.

Porta holandesa

Porta holandesa

A porta holandesa não é muito vista no Brasil, porém é funcional para quem tem crianças e pets. Isso porque, ela permite a circulação do ar na parte superior, com a privacidade da parte inferior. 

Porta bang bang (porta vai e vem)

Porta bang bang

A porta bang bang é originária dos filmes de faroeste. Como o próprio nome insinua, é o formato vai e vem. Esse modelo não tem fechadura e é utilizado em cozinhas, bares e áreas de lazer. Ela é formada por duas folhas.

Porta de rolo

Porta de rolo

A porta de rolo funciona exatamente como o nome sugere, “enrolando”. É característica de garagens e comércio. São ótimas opções para quem quer ocupar o mínimo espaço possível. 

Qual o tipo de porta mais barato?

Como mencionamos, o tipo de porta mais barata para ambientes internos é a porta sanfonada. A maioria delas são feitas de PVC, o que as tornam ideais para qualquer tipo de cômodo, já que não apresentam nenhuma deterioração ao serem submetidas a umidade ou outra alteração de temperatura. 

Qual o nome da porta normal?

A porta considerada “normal” é a  de giro ou tradicional. São as portas onde a base da abertura é fixada no batente com o uso de uma dobradiça e assim permite-se o seu fechamento e abertura. Ou seja, aquele modelo em que você empurra para abrir e puxa para fechar. Esse tipo de porta é muito usado em banheiros, dormitórios, cozinha ou sala.

Contudo, existem muitos outros modelos que valem a pena conhecer e entender se não fazem mais sentido para o seu projeto do que esse. 

De quais materiais são feitas as portas?

Confira os principais materiais que são feitas as portas:

Porta de Madeira

Porta de Madeira

A porta de madeira pode ser sólida ou maciça, semi-sólida/sarrafeada (com pedaços de madeira intercalados) ou colméia (com uma malha de folhas de papel kraft ou miolo intercaladas). 

Para as áreas externas e banheiro, o recomendado é que se use a porta sólida, por sua maior resistência. 

Os tipos de madeira são eucalipto, pinus, curupixá, angelim, jequitibá, entre outros.

Porta de Vidro

Porta de Vidro

Para quem busca um design diferente e prático, as portas de vidro são excelentes. Os vidros mais utilizados são o comum, o temperado e o laminado. Por não oferecer tanta privacidade aos moradores, o ideal é que esse tipo de porta seja usada em áreas de socialização.

Porta de Aço 

Porta de Aço 

As portas de aço são as mais em conta. Mas mesmo sendo simples e baratas, ainda têm vantagens, pois o  principal elemento utilizado em sua fabricação é o ferro, que oferece resistência e durabilidade.

Porta de Alumínio

Porta de Alumínio

Quem busca uma abertura para as áreas externas, como lavanderia ou entradas, as portas de alumínio são as indicadas. Por ser feita de um material mais leve, sua instalação é mais fácil.

Caso você queira uma alternativa mais personalizada, é possível incluir maçanetas de formatos variados.

Porta de PVC

Porta de PVC

O PVC é utilizado em vários tipos de portas sanfonadas e tem cores variadas. Uma das vantagens do material é que ele oferece isolamento térmico para os ambientes, além de ter bastante durabilidade.

Dimensões de portas

Como vimos, as dimensões de portas dependem de muitos fatores: aplicação, modelo, espaço disponível, entre outros. 

Por isso, é importante entender bem o ambiente antes de comprar.

O tamanho mínimo é de 60cm, mas o recomendado é que sempre que possível, adicione 10cm a mais. Quando trata-se da construção de uma casa, a viabilidade para criar é maior. Esses centímetros a mais farão a diferença na hora de escolher o modelo e tipo, desta forma, você não acaba refém do espaço disponível. 

Qual o tamanho de porta ideal para cada cômodo?

Confira as dimensões indicadas para cada cômodo:

Tamanho de porta para banheiro:

O tamanho de porta para banheiro geralmente é de 60 ou 70 cm. Mas é necessário ter um olhar atento, pois essas dimensões são as menores que existem. Portanto, podem causar problemas de acesso para muitas pessoas, como por exemplo aqueles que usam cadeira de rodas. 

Tamanho de porta para quarto:

A medida padrão brasileira para o tamanho de porta para quarto é de 80cm. Do mesmo jeito, é importante estar atento ao fator mencionado no tópico acima, de que o tamanho pode ser pequeno para pessoas que têm dificuldade de acesso. Portanto, havendo necessidade, na construção da sua casa, nada impede de colocar portas mais largas.

Tamanho de porta para entrada:

O tamanho de porta para entrada recomendado é de 90cm a 1 metro. A dimensão maior deve-se por uma questão funcional, para os móveis passarem com facilidade, mas também estética. Portas maiores tendem a ser mais elegantes e imponentes, principalmente se o projeto já tiver essa finalidade. 

Tamanho de porta para garagem:

O tamanho de porta recomendado para garagem são os modelos que possuem mais de um metro. Justamente por se tratar de uma abertura em que passarão carros, motos ou bicicletas. Portanto, especialmente neste cômodo, não economize no tamanho. 

Medidas fora do padrão

Mas caso nenhum desses modelos atenda a sua necessidade, ou o seu projeto combine com outro design, há também as opções de personalização. Neste formato você pode escolher o tamanho que quiser, podendo ser mais alta ou larga. AÍ não existe nenhuma restrição, mas claro que sempre vale o bom senso de entender as necessidade de todos.

Apesar de não ser tão comum, afinal é muito mais rápido e prático adquirir uma porta já pronta, a opção sob medida existe e não é tão difícil de conseguir. Com a vantagem de promover um tamanho e acabamento bem específico, de acordo com o seu gosto, em alguns casos também vem um investimento um pouco mais elevado. 

Mas claro que não é porque dá para fazer, que é recomendado. O ideal é ter um especialista lhe orientando em cada passo. Afinal, uma porta de entrada grande com o pé-direito alto, fica elegante, mas uma porta de entrada grande com um tamanho padrão de estrutura, pode ficar estranho. 

Qual a altura da porta? 

A altura padrão da folha da porta é de 2,10m. Nas lojas é bastante provável que você encontre apenas com essa altura. 

Caso resolva fazer sob medida, essa altura pode ser utilizada como mínima, tendo em vista que ambientes com pé direito alto combinam melhor com acabamentos mais altos. Isso trará mais elegância ao projeto. 

O que mais é necessário levar em consideração?

Deixar alguns centímetros a mais não é indicado somente para quem ainda não decidiu o modelo, esse espaço “sobrando” é essencial para o processo de instalação, que não conta apenas com a largura da abertura. 

É necessário estar atento também:

  • Aos elementos extras de abertura, como as partições por exemplo, que irão interferir durante a instalação;
  • A utilização do revestimento para paredes ou armações de gesso acartonado no momento da instalação;
  • A necessidade de uma partição de gesso acartonado que possa ser recriada;
  • Material de parede;
  • Espessura da parede;
  • Largura da carcaça.

Então, como calcular a medida de uma porta?

Existem algumas formas de calcular os parâmetros ideias previamente. Uma das maneiras mais simples e rápidas é a seguinte:

Pegue a largura da porta e, em seguida, adicione a espessura da caixa, multiplicada por dois. Para os cálculos resultantes precisa adicionar mais 4 cm (os parâmetros das lacunas para instalação e costuras). Quando a altura é calculada, você precisa adicionar adicionalmente uma espessura de caixa a ela.

Caso não tenha limite,  a espessura será adicionada uma vez e, se estiver presente, será adicionada duas vezes.

Contudo, há situações em que você precisa pegar uma caixa que precisa montar em uma abertura usada anteriormente. Nestes casos, prossiga assim:

  • Elimine os componentes desnecessários nos pontos de medição, removendo a caixa anterior e a guarnição;
  • Coloque em ordem a parede principal. Deixe-a sem nenhuma irregularidade; 
  • Meça as dimensões pelo menos em dois pontos diferentes da abertura, especialmente se for angular;
  • Estude a real utilidade da abertura, principalmente quando a mesma está inclinada ou muito estreita;
  • Teste a dureza das superfícies em ordem. Se verificar necessário, fortaleça-os.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *