A profissão de arquiteto em Portugal é uma das carreiras mais reconhecidas e desafiadoras dentro do setor criativo e técnico. Além da paixão pela criação e design, muitos aspirantes a arquitetos querem saber quanto ganha um arquiteto em Portugal.

Se você é um arquiteto tentando entrar no mercado de trabalho em Portugal (seja como imigrante ou nativo), nós preparamos um guia bastante abrangente que responde não apenas quanto ganha um arquiteto em Portugal, mas também traz dados sobre o mercado de trabalho e progressão de carreira no país europeu. Confira!

Quanto ganha um arquiteto em Portugal: salário médio

Quanto ganha um arquiteto em Portugal_ salário médio
Arquiteto júnior: € 1,250 a € 1,667. Arquiteto sénior: € 2,000 a € 3,542, ou mais.

De modo geral, a média salarial de um arquiteto júnior situa-se entre € 1,250 a € 1,667 por mês, enquanto um arquiteto sénior ou com grande experiência pode receber entre € 2,000 a € 3,542 por mês, ou até mais, dependendo do contexto.

O salário de um arquiteto em Portugal pode variar significativamente de acordo com diversos fatores, incluindo localização, nível de experiência, setor de atuação e tipo de empregador. Veja nossa tabela com os principais salários para saber quanto ganha um arquiteto em Portugal:

Nível de Experiência do ArquitetoSalário Médio (mensal)
Quanto ganha um arquiteto júnior em Portugal? € 1,250 a € 1,667
Quanto ganha um arquiteto pleno em Portugal? € 1,667 a € 2,000
Quanto ganha um arquiteto sénior em Portugal?€ 2,000 a € 3,542
Tabela de salários de arquiteto atualizada em 12/07/2024.

Como a experiência afeta quanto ganha um arquiteto em Portugal

O nível de experiência é um dos fatores determinantes nos salários dos arquitetos em Portugal. Recém-formados ou arquitetos com pouca experiência tendem a receber menos do que aqueles que acumularam anos de prática e especialização.

  • Arquiteto Júnior: geralmente, um recém-formado ou alguém com até dois anos de experiência pode esperar um salário inicial que varia entre os € 1,250 e € 1,667 por mês, dependendo do local de trabalho e da empresa contratante;
  • Arquiteto Sénior: com mais de cinco anos de experiência, um arquiteto sénior pode alcançar salários de € 2,000 e € 3,542 por mês ou mais, especialmente se possuir habilidades especializadas em áreas como restauro, urbanismo ou arquitetura sustentável.

Localização e diferenças regionais nos salários de arquitetos

Localização e diferenças regionais nos salários de arquitetos
Salários variam por localização. Lisboa e Porto pagam mais, até 15% acima de áreas rurais.

Os salários também variam de acordo com a localização geográfica em Portugal. Lisboa e Porto, como principais centros urbanos e econômicos do país, tendem a oferecer salários mais altos em comparação com áreas mais rurais.

Por exemplo, um arquiteto em Lisboa pode receber até 15% a mais do que alguém com habilidades semelhantes em uma cidade de menor porte.

Setores de atuação e especializações de carreira em Portugal

Os arquitetos podem atuar em diversos setores, como arquitetura residencial, comercial, industrial, design de interiores, planeamento urbano, entre outros. A especialização em áreas específicas pode influenciar os ganhos financeiros. Por exemplo:

  • Arquitetura e design de interiores
  • Aqui o arquiteto é responsável por assegurar o conforto, segurança e apelo visual dos interiores dos edifícios. Os arquitetos e designers de interiores lidam com desde a conformidade dos pavimentos aos padrões até renovar cozinhas.
  • Arquitetura residencial
  • Como arquiteto residencial, deve utilizar softwares de design e perícia artística para remodelar áreas residenciais, incluindo casas, torres e estruturas. Desenvolve planos, e pode gerir orçamentos de construção.
  • Arquitetura comercial
  • Como arquiteto comercial, deve desenhar uma variedade de estruturas para empresas, como edifícios governamentais, escolas, hotéis, pontes, museus e arranha-céus, além de projetos residenciais e públicos.
  • Arquitetura de paisagismo
  • Responsáveis por criar desde campi universitários até jardins públicos, priorizando a segurança. Esta responsabilidade exige mais design do que um arranha-céus, exigindo conhecimento de plantas, caminhos e até disposição de bancos e sanitários.
  • Arquitetura e urbanismo
  • Assim como os arquitetos paisagistas, o arquiteto de design urbano é responsável por projetos em larga escala. A diferença está no foco em bairros, desenhando blocos paisagísticos para atingir uma estética desejada. O profissional considera estruturas específicas e decide onde posicionar elementos de acordo com cada projeto.
  • Arquitetura ecológica
  • Arquitetos de design ecológico criam planos considerando o impacto no ecossistema, priorizando práticas ambientalmente corretas. Seja conservação de energia ou gestão hídrica, aplicam as melhores práticas para resultados seguros e desejáveis ao cliente e ao ambiente. É o campo arquitetônico com maior probabilidade de crescimento, à medida que soluções eco-friendly se tornam mais desejáveis através da arquitetura sustentável.
  • Arquitetura industrial
  • O arquiteto industrial cria espaços que atendam às operações comerciais específicas. É necessário considerar as distintas necessidades de diferentes negócios. O arquiteto industrial precisa compreender profundamente essas instalações para atender às especificações mais rigorosas.
  • Trabalhos complementares de arquitetura
  • O inspetor de edifícios é um consultor especializado em projetos imobiliários e de construção. Suas responsabilidades podem variar de pequenas reparos a remodelações completas de megaestruturas.
  • Um técnico de arquitetura usa suas habilidades técnicas para auxiliar arquitetos no design de edifícios, focando principalmente em alterações e remodelações.
  • Os inspetores de desenvolvimento orientam e planejam projetos, auxiliando os clientes a tomar decisões estratégicas em seus investimentos.
  • Os gestores de projetos de construção supervisionam o processo de construção do início ao fim, colaborando com supervisores e construtores para assegurar a conclusão segura e dentro do orçamento.

Quanto ganha um arquiteto freelancer em Portugal?

Além do trabalho em empresas e escritórios de arquitetura, muitos profissionais optam por trabalhar de forma independente, oferecendo serviços de consultoria ou atuando como freelancers.

Nesses casos, os ganhos podem variar consideravelmente, dependendo do número de projetos, clientes e reputação do profissional. Assim, para saber quanto ganha um arquiteto em Portugal trabalhando como freelancer ou consultor, basta aplicar o preço por hora: € 10.26.

Arquitetos formados no Brasil podem trabalhar em Portugal?

Arquitetos formados no Brasil podem trabalhar em Portugal
Acordo permite a profissionais de Portugal e Brasil migrarem livremente para exercer suas profissões.

A resposta é sim. A arquitetura é uma das profissões beneficiadas por acordo de reconhecimento de formação em ambos países e que possibilita o trabalho regulamentado no país lusitano.

Um acordo de reciprocidade, firmado em 16 de março de 2023, permite que profissionais formados no Brasil e em Portugal possam exercer livremente suas profissões ao migrarem entre os países, tornando útil saber quanto ganha um arquiteto em Portugal.

O acordo foi alcançado durante o 9º Fórum Internacional de Patrimônio Arquitetônico Brasil-Portugal 2023, realizado na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Maranhão, com discussões sobre “Diversidade em Diálogos Permanentes”.

Esta iniciativa se insere no Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta entre Portugal e o Brasil, ratificado pela Assembleia da República em 2000. Anteriormente, havia um acordo similar entre a Ordem dos Arquitectos (OA) de Portugal e o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) do Brasil, cuja vigência terminou em 2018 e não foi renovada.

Em julho de 2022, foi estabelecido um memorando de entendimento entre as instituições para a criação de um novo acordo, culminando na assinatura deste em 16 de março. A Ordem dos Arquitectos de Portugal expressou satisfação com a conquista.

Os profissionais interessados em trabalhar devem ter seus diplomas reconhecidos conforme a legislação dos respectivos países, o que implica a revalidação do diploma obtido no Brasil (influenciando diretamente quanto ganha um arquiteto em Portugal) pela legislação brasileira ou o reconhecimento do diploma português pelas leis portuguesas.

Este acordo também permite o registro temporário para a prestação de serviços de arquitetura em cada país, mediante apresentação de termos de responsabilidade conjunta com profissionais inscritos nas instituições onde os serviços serão prestados.

Procedimentos, incluindo prazos, para instrução dos processos de candidatura são estabelecidos para os beneficiários. Este acordo entrou em vigor em 1º de julho de 2023, com duração prevista de 5 anos.

Afinal, quanto ganha um arquiteto em Portugal?

Os salários dos arquitetos em Portugal são influenciados por diversos fatores, incluindo nível de experiência, localização geográfica, setor de atuação e tipo de empregador. Por isso, para saber quanto ganha um arquiteto em Portugal primeiro é preciso entender como você se posiociona em relação à experiência.

Enquanto os salários iniciais para arquitetos júnior podem começar em torno de € 1,250 a € 1,667 por mês, profissionais com vasta experiência e especializações podem receber significativamente mais, alcançando até € 3,542 ou mais mensalmente.

A flexibilidade e diversidade da profissão oferecem oportunidades para um crescimento contínuo tanto em termos de conhecimento quanto financeiramente, assim, saber quanto ganha um arquiteto em Portugal é só o começo para engatar uma carreira promissora no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *