O renomado artista alemão Thomas Schütte deixou sua marca no Campus Vitra, localizado em Weil am Rhein, ao acrescentar uma pitoresca cabana de troncos com um telhado assimétrico coberto de telhas.

O design desta encantadora construção, batizada de Blockhaus de Schütte, é inspirado em um dos 20 modelos arquitetônicos em pequena escala que o artista exibiu na galeria Konrad Fischer, em Düsseldorf, no ano de 2016.

Cabana foi de uma miniatura ao tamanho real

imagem carregada
Imagem disponível.

O interessante é que a ideia de trazer essa cabana para o campus da Vitra surgiu após uma visita do presidente emérito da empresa, Rolf Fehlbaum, à exposição de Schütte. Fehlbaum ficou intrigado com o modelo mais peculiar e torto que viu e decidiu que queria uma versão maior desta cabana única para a sede da Vitra, que tem um estilo de campus.

Segundo Schütte, o motivo por trás desse projeto único não estava completamente claro, mas parecia ser uma questão de instinto, uma vontade de fazer algo inesperado no contexto do Campus Vitra.

imagem carregada
Imagem disponível.

A cabana, de formato hexagonal, encontra-se em um campo gramado, a uma curta distância do Vitra Haus, um edifício projetado por Herzog & de Meuron. Sua estrutura é composta por troncos de pinho nórdico não tratados, que se entrelaçam nos cantos e adquirirão uma pátina de tons de cinza à medida que envelhecem com o tempo.

O telhado, com sua inclinação irregular, é feito de madeira compensada e revestido com telhas de zinco de titânio, criando um contraste cativante em relação ao restante da estrutura construída principalmente com materiais naturais.

Espaço para relaxar e contemplar

imagem carregada
Imagem disponível.

Embora não tenha sido definido um uso específico para essa construção, seu interior oferece um espaço onde os visitantes podem relaxar, com dois bancos de madeira e uma fonte de água de argila cozida.

A adição do Blockhaus de Thomas Schütte ao Campus Vitra faz companhia a outros edifícios notáveis projetados por arquitetos e artistas de renome, como Zaha Hadid e Tadao Ando. Esse novo elemento arquitetônico traz um toque de autenticidade e surpresa à paisagem já repleta de obras impressionantes do campus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *